Angela Amin
Angela Amin

Professora e funcionária pública, natural de Indaial/SC. Deputada Federal representando os catarinenses e Vereadora e Prefeita em Florianópolis/SC, no final do século XX e início do XXI. Primeira mulher a se eleger Prefeita de Florianópolis, premiada pela ONU, com o Programa Capital Criança.

Informações Gerais

Nome completo
Angela Regina Heinzen Amin Helou
Filiação
Pedro João Heinzen e Petronila Marta Schimitt Heinzen
Nascimento
20/12/1953
Local de nascimento
Indaial/SC
Formação
Doutorado
Profissão
Professora e funcionária pública
Partido
Partido Progressista (PP), Partido Progressista Reformador (PPR), Partido Progressista Brasileiro (PPB) e Partido Democrático Social (PDS)

Angela Amin

Vida pessoal e familiar

Nasceu em 20 de dezembro de 1953, em Indaial/SC. Filha da professora Petronila Marta Schimitt Heinzen e do Funcionário da Tecelagem e Malharia Indaial Pedro João Heinzen.

Realizou o ensino fundamental em sua cidade natal no Grupo Escolar Raulino Horn e o ginásio e normal (atual ensino médio) no Colégio Normal Sagrada Família, em Blumenau. Formou-se em Matemática pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde também fez Mestrado e Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento.

Começou a trabalhar em 1973, como secretária na antiga Escola Superior de Administração e Gerência (ESAG), hoje departamento da Universidade de Santa Catarina (UDESC), e foi funcionária da Companhia de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina (CODESC).

Em 1979, casou com Esperidião Amin, com quem tem três filhos: João Antonio, Maria e Joana. Seu esposo é um político catarinense, ocupante de vários cargos:  Prefeito de Florianópolis, Governador de Santa Catarina, Deputado Federal, Senador pelo mesmo Estado e candidato à Presidência da República, no ano de 1994. Seu filho, João Amin, foi Vereador e Vice-Prefeito de Florianópolis, e está no segundo mandato de Deputado Estadual na Assembleia Legislativa catarinense.

Como primeira-dama, Angela Amin envolveu-se em projetos sociais no território catarinense, foi coordenadora do projeto Pró-Criança e presidiu a Fundação de Assistência Social do Estado e a Liga de Apoio ao Desenvolvimento Social Catarinense (hoje Fundação Nova Vida).

Atuação Política

Pelo Partido Democrático Social (PDS), foi eleita Vereadora para a Câmara de Florianópolis, em 1988, com 7.771 votos, a maior votação da história do município, para mandato de 1989-1992. No Parlamento presidiu a Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, foi Vice-Presidente da Comissão de Preservação do Meio Ambiente e membro da Comissão de Saúde e Assistência Social. Renunciou ao mandato para assumir cargo Federal.

No pleito eleitoral de 1990, pelo PDS, candidatou-se à vaga de Deputada Federal por Santa Catarina, eleita com quase 130 mil votos - a maior votação no Estado, tomou posse à 49ª Legislatura (1991-1995). Durante o mandato foi Vice-Líder do PDS na Casa, no ano de 1991, presidiu a Comissão de Educação, Cultura e Desporto, relatoriou a Lei de Diretrizes e Base da Educação e integrou a CPI - Violência contra a Mulher.

Candidatou-se ao Governo de Santa Catarina em 1994, pelo Partido Progressista Reformador (PPR), alcançou 1.247.562 votos, porém não foi eleita.

No ano de 1996, pelo Partido Progressista Brasileiro (PPB), elegeu-se Prefeita de Florianópolis, a primeira mulher a ocupar tal cargo no município da Capital catarinense, para o período de 1997 a  2001. Pelo Partido Progressista (PP), reelegeu-se em 2000 para a mesma função, em primeiro turno, com mandato de 2001 a 2004.

Pelo PP, nas eleições de 2006, concorreu a uma das vagas à Câmara - novamente teve a maior votação catarinense, 174.511 votos, foi eleita e tomou posse como Deputada Federal à 53ª Legislatura (2007-2011).

Na Câmara, presidiu a Comissão de Desenvolvimento Urbano, relatoriou as Leis de Saneamento Básico e Mobilidade Urbana e foi 2ª Vice-Presidente da Comissão Especial de Parcelamento do Solo para Fins Urbanos. Integrou as Comissões Especiais de Preservação do Ambiente Urbano, Desaparecimento de Crianças e Adolescentes e coordenou o Fórum Parlamentar Catarinense.

Pelo PP, candidatou-se novamente ao Governo do Estado, em 2010, recebeu 857.698 votos, a segunda na ordem de votação.

Em 2016, mais uma vez disputou o cargo de Prefeita de Florianópolis, pelo mesmo partido, chegou ao segundo turno, mas não se elegeu por uma diferença de 0,5%.

No pleito eleitoral de 2018, pelo PP, concorreu a Deputada Federal por Santa Catarina, obteve 86.189 votos, foi eleita e tomou posse à 56ª Legislatura (2019-2023).

Conheça todas as proposições da Deputada apresentadas na Câmara dos Deputados no seguinte endereço: https://goo.gl/KogSNu

Desde 2011, Angela Amin ocupa a cadeira nº 12 da Academia de Letras de Biguaçu.

Condecorações (entre tantas recebidas)

  • Prêmio 100 Melhores Práticas do Mundo, conferido pela ONU, ao Programa Capital Criança - que visa à redução da mortalidade infantil.  
  • A melhor Prefeita das Capitais do Brasil, por seis anos consecutivos, pelo Instituto Datafolha.
  • Diversos projetos desenvolvidos e aperfeiçoados durante sua gestão municipal foram reconhecidos em âmbito nacional e internacional.

Atividades na Câmara dos Deputados

Participação em Comissões Permanentes:

  • Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática - CCTCI: 2a Vice-Presidente, desde 27/03/2019, e Titular, desde 12/03/2019;
  • Constituição e Justiça e de Cidadania - CCJC: Suplente, desde 12/03/2019.

Participação em Comissão Parlamentar de Inquérito:

CPI - Práticas Ilícitas no Âmbito do BNDES: Titular, desde 27/03/2019.

Imagens

Foto - Angela com seus pais e irmãos
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.
 
Foto - Casamento de Angela com Esperidião Amin
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação.

Mandatos

Referências

ACADEMIA DE LETRAS DE BIGUAÇU. Acadêmicos. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjMzOTc=>. Acesso em: 27 fev. 2018.

AMIN, Angela. Perfil Facebook. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM0MzY=>. Acesso em: 27 fev. 2018.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Biografia - Angela Amin. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM0MTA=>. Acesso em: 27 fev. 2018.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Proposições - Angela Amin. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM0MjM=>. Acesso em: 27 fev. 2018.

Câmara Municipal de Florianópolis. Legislaturas. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTIzMjI=>. Acesso em: 26 fev. 2018.

ELEIÇÕES E POLÍTICA. Eleições Gerais 2010 - SANTA CATARINA - SC. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM0NDk=>. Acesso em: 27 fev. 2018.

GASPERINI, Emerson. menina tímida de Indaial que virou Angela Amin, candidata a prefeita de Florianópolis. 2016. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM0NzU=>. Acesso em: 27 fev. 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

THOMÉ, Leonardo. Eleições 2018: Saiba quem são os deputados federais eleitos por SC. 2018. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM0ODg=>. Acesso em: 12 jan. 2019.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. Resultados das Eleições 1994 - 2º turno - Santa Catarina - governador. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM0NjI=>. Acesso em: 27 fev. 2018.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Angela Amin. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1061-Angela_Amin>. Acesso em: 03 de agosto de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina