Otto Feuerschuette
Otto Feuerschuette

Médico, natural de Tubarão/SC. Prefeito na cidade natal, Deputado Constituinte de 1928 e Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, no século XX. Por mais de 50 anos exerceu a medicina de forma humanitária.

Informações Gerais

Nome completo
Otto Frederico Feuerschuette
Filiação
Frederico Henrique Feuerschutte e Joana Feuerschutte
Nascimento
09/04/1881
Local de nascimento
Tubarão/SC
Falecimento
21/08/1971
Local de falecimento
Tubarão/SC
Formação
Medicina
Profissão
Médico
Partido
Partido Republicano Catarinense (PRC)

Otto Feuerschuette

Nasceu em 9 de abril de 1881, em Tubarão/SC. Filho de Frederico Henrique Feuerschuette e de Joana Feuerschuette. Seus pais eram imigrantes alemães que chegaram ao Brasil em 1870. O pai, Frederico, foi Vereador em Tubarão/SC.

Em São Leopoldo/RS, Otto estudou no Ginásio Nossa Senhora da Conceição, de 1896 a 1901. Graduou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, no ano de 1908. Por alguns meses, clinicou no Bairro do Meier, no Rio de Janeiro/RJ.

Retornou para Tubarão, onde atuou como: cirurgião e clínico (primeiro médico do Hospital Nossa Senhora da Conceição, tendo iniciado em 1909); membro da Comissão Diretora do Partido Republicano Catarinense e do Clube Aldo Luz (1921).

Casou quatro vezes: a 1ª, com Carlota Rosa Feuerschuette (tiveram os filhos: Rui César Feuerschuette, Elsa Rosa (casada com Serafim Enoss Bertaso), Ilsa Rosa F. L. Ribas, Henrique Otto, Túlio Frederico, Léo Max (médico, cirurgião-geral), Alsa Rosa F. Bueno e Olsa Rosa); a 2ª, com Ida Wendhausen Ávila (união sem filhos); a 3ª, com Irma Ghizzo, tendo por descendência Irmoto José Feuerschuette (médico, professor, Prefeito de Tubarão de 1973 a 1976 e de 1993 a 1996, e autor do livro biográfico Dr. Otto: o Sacerdote da Medicina) e Otirma Maria; e a 4ª, com Verônica Kuhnen (também não deixaram filhos).

Superintendente Municipal de Tubarão (atual cargo de Prefeito), eleito em 12 de novembro de 1922, reeleito em 1926 e em 1930. Assumiu a função no dia 1º de janeiro de 1923 e ficou até 4 de outubro de 1930, impedido pela Revolução de 1930, foi substituído por Silvino Moreira.

Deputado Estadual eleito à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, com 20.185 votos, o terceiro mais votado, integrou a 14ª Legislatura (1928-1930) e foi  Deputado Constituinte de 1928.  

Com o movimento político de 1930, o Poder Legislativo foi dissolvido nas três esferas (Federal, Estadual e Municipal), então, Otto passou a se dedicar à agricultura e à pecuária em sua fazenda, tendo ainda dirigido o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, de 1935 a 1954.

Exerceu a profissão por mais de 50 anos, até se aposentar em 1960, e “foi, segundo a opinião pública, o médico mais popular de Tubarão. Médico humanitário, para ele o paciente era preferencial, independente de quem fosse e se pudesse ou não pagar honorários. Quem o conheceu diz que pagava do próprio bolso as receitas que prescrevia para os pobres” (VIEIRA, 2016).

Faleceu em 21 de agosto de 1971, em Tubarão/SC.

Homenagens e Condecorações

  • Colégio Estadual Dr. Otto Feuerschuette, Centro, Capivari de Baixo/SC.
  • Rua Dr. Otto Feuerschuette, Vila Moema, Tubarão/SC.
  • Herma (Busto) de Otto Feuerschuette, Praça 7 de setembro, Centro, Tubarão/SC.
  • Patrono do Curso de Medicina da UNISUL, campus - Tubarão, em 12 de setembro de 2014.
  • Medalha de Mérito Acadêmico, do Curso de Medicina da UNISUL, campus - Tubarão.
  • Patrono da Cadeira número 50, da Academia de Medicina do Estado de Santa Catarina.

Mandatos

Referências

Partido Republicano Catharinense. República: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 20 nov. 1927. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzYzODI=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

CORREIOS/CEP. Busca "Otto Feuerschuette". Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzYzNjI=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

FEUERSCHUETTE, José Irmoto. Dr. Otto: o Sacerdote da Medicina. Palhoça: Editora Unisul, 2014. 247 p.

FROTSCHER, Méri. Da Celebração da Etnicidade Teuto-Brasileira à Afirmação da Brasilidade: Ações e discursos das elites locais na esfera pública de Blumenau (1929-1950). 2003. 269 f. Tese (Doutorado) - Curso de História, Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzQwNzA=>. Acesso em: 9 mai. 2017.

HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO. Linha do Tempo - 1909. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzYzOTg=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

JL NEWS . Unisul homenageia Dr. Otto Frederico Feuerschuette. 2012. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzY0MjQ=>. Acesso em: 17 jul. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

VIEIRA, Roberto Luiz dos Santos. Otto Frederico Feuerschuette. 2016. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzY0MTE=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Otto Feuerschuette. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/773-Otto_Feuerschuette>. Acesso em: 17 de setembro de 2019.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina