Redemocratização

O fim da ditadura foi marcado pela retomada das liberdades democráticas, pela reorganização da sociedade civil, assim como pela realização de eleições livres em todos os níveis de governo. Uma assembleia constituinte escreveu, com participação popular, a Constituição Estadual de 1989. Parlamentos e executivos adotaram medidas de transparência e controle públicos. Os catarinenses, atentos ao que ocorria no país, não ficaram de braços cruzados: pelo contrário, mobilizações no estado, tanto na campanha das "Diretas já", quanto no impeachment de Fernando Collor, levaram milhares de pessoas às ruas para lutarem por mudanças. Além disso, a organização sindical e associativa no estado cresceu, junto com a luta por direitos trabalhistas.

Destaques

Constituinte de Santa Catarina

1988 - 1989

04/09/1988 - Após a validação da nova Constituição Federal, começa a disputa pelo posto de presidente da Constituinte de Sana Catarina. Quatro...


A democracia renasce no Brasil

1979

Em dezembro de 1979, o regime civil-militar modificou a legislação partidária e eleitoral e restabeleceu o pluripartidarismo. A Arena, que...


Memória Política de Santa Catarina