Francisco Antônio Cardoso
Francisco Antônio Cardoso

Militar e funcionário público. Vereador em Desterro/SC e Conselheiro Geral da Província de Santa Catarina, por duas vezes, no século XIX.

Informações Gerais

Ano nascimento
1766
Falecimento
28/08/1858
Local de falecimento
Desterro/SC
Formação
Militar
Profissão
Militar e Funcionário Público

Francisco Antônio Cardoso

Nasceu por volta de 1766.

Foi um militar que chegou ao posto de Major da Cavalaria e Capitão da 2a Cia. do Batalhão da Guarda Nacional da Vila de Imperatriz, no Ceará/CE. Francisco casou com Eufrásia Cândida e tiveram filhos.

Em Desterro/SC (hoje Florianópolis) atuou mais de uma vez como Vereador da Câmara Municipal, Ouvidor (cargo equivalente ao atual Corregedor), Juiz de Paz e Tesoureiro da Fazenda da Província de Santa Catarina, aposentando-se em 1845.

Iniciou na política em 23 de agosto de 1828, quando integrou a junta de Sargentos que prestou assessoria ao Presidente da Província Brigadeiro Francisco de Albuquerque Melo nas deliberações sobre a emancipação política da Freguesia de São José, tornando-a um colégio eleitoral autônomo (PIAZZA, 1994. p. 12). Ainda em novembro do mesmo ano foi eleito membro efetivo do Conselho da Presidência da Província.

Em novembro de 1828, concorreu na eleição para o Conselho Geral da Província, posteriormente substituído pela Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, em 1834. Obteve trinta e sete votos no pleito, elegeu-se para a Legislatura (1829-1832) e assumiu como Conselheiro, em 3 de maio de 1830.

Concorreu à reeleição e foi eleito com vinte e sete votos, para compor a Legislatura (1833-1834) do mesmo Conselho.

Com mais de 90 anos de idade, faleceu a 28 de agosto de 1858, em Desterro.

Imagem - Recorte de jornal da época com notícia de seu falecimento
Fonte: Argos da Província.

Mandatos

Referências

EDITAES: Cópia do alistamento dos eleitores federais de conformidade com a lei n. 35 de 28 de janeiro de 1892 . República. Florianópolis - SC, 7 jun. 1896. p.2-3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDEwNw==>. Acesso em: 12 set. 2017.

Interior: CAMARA DOS SRS. DEPUTADOS. Diário do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro - RJ, 3 out. 1843. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDE3Ng==>. Acesso em: 12 set. 2017.

Ministério da Fazenda: Expediente do dia 07 de Dezembro de 1839. Correio Official. Rio de Janeiro - RJ, 2 jan. 1840. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDA4NA==>. Acesso em: 12 dez. 2017.

Necrologia. Os Argos: da província de Santa Catharina. Desterro - SC, 31 ago. 1858. p.4, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDE1Mw==>. Acesso em: 12 set. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Francisco Antônio Cardoso. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/280-Francisco_Antonio_Cardoso>. Acesso em: 18 de setembro de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina