Carmen Zanotto
Carmen Zanotto

Enfermeira, natural de Lages/SC. Vereadora na terra natal e Deputada Federal representando os catarinenses, no século XXI. Primeira mulher Secretária de Estado da Saúde em Santa Catarina.

Informações Gerais

Nome completo
Carmen Emília Bonfá Zanotto
Filiação
Lessio Zanotto e Olinda Bonfá Zanotto
Website
http://carmenzanotto.com.br
Nascimento
06/10/1962
Local de nascimento
Lages/SC
Formação
Enfermagem (FEAUC)
Partido
PDT, 1991-2005; PPS, 2006; CIDADANIA, 2019.

Carmen Zanotto

Carmen Zanotto é lageana, graduada em Enfermagem e Obstetrícia, pela Faculdade Alto Uruguai Catarinense. Tem especializações em Administração Hospitalar na Faculdade São Camilo/SP, em Saúde Pública UNAEP/SP, em Recursos Humanos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Principais atividades

Entre os anos de 1986 a 1992 – Trabalhou como enfermeira no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, chegando ao cargo de Diretora de Enfermagem.

De 1986 a 2004 – Foi professora do SENAC nos cursos de Auxiliar e Técnico de Enfermagem.

Em 1990 – Ingressou, por concurso público, como enfermeira no Hospital Geral e Maternidade Tereza Ramos, ocupando posteriormente, o cargo de Diretora Administrativa.

Entre os anos de 1993 e 2000 –  Foi Secretária Municipal de Saúde de Lages.

Em 2001 – Foi eleita Vereadora em Lages.

2002 a 2003 – Professora da UNIPLAC no curso de Enfermagem.

2003 a 2010 - Nomeada Secretária Adjunta de Estado da Saúde, ocupando por várias vezes o cargo de Secretária de Estado da Saúde, sendo a primeira mulher a ocupar a pasta no Estado.

2010 – Concorreu ao cargo de Deputada Federal, como suplente assumiu no período de 2011 a 2014.

2014 – Concorreu à reeleição ao cargo de Deputada Federal sendo eleita titular. Cargo que exerce atualmente. Seu mandato é pautado pela ética, pelo comprometimento e a garantia do cumprimento dos direitos aos cidadãos.

Participação em Comissões na Câmara dos Deputados

• Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher;

• Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência;

• Comissão de Seguridade Social e Família;

• Subcomissão Especial para debater os efeitos da operação Lava Jato na economia e no índice de emprego do Brasil;

• Subcomissão Permanente da Saúde - Relatora;

• Coordenadoria dos Direitos da Mulher;

• Secretaria da Mulher.

Participação em Frente Parlamentar na Câmara dos Deputados

Frente Parlamentar de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer - Presidente.

Frente Parlamentar Mista pela Causa do Diabetes - Presidente.

Frente Parlamentar Mista da Primeira Infância - Vice-Presidente.

Principais projetos apresentados

• Lei 12.732/2012, conhecida como “Lei dos 60 Dias” que garantiu aos pacientes com neoplasia maligna início ao tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS) no prazo de até 60 dias, contados a partir do diagnóstico em laudo patológico ou em prazo menor, conforme a necessidade terapêutica do caso registrada em prontuário único.

• Projeto de Lei PL (8470/207) que determina o registro compulsório dos casos de câncer em todo o território nacional. A matéria foi aprovada no Senado Federal e aguarda a sanção presidencial.

• Projeto de Lei para dispor sobre ações do Outubro Rosa – Campanha Outubro Rosa - onde serão realizadas anualmente, durante o mês de outubro, atividades para a conscientização sobre o câncer de mama.

• Decreto Legislativo 177/2017 que retoma a obrigatoriedade, já prevista em lei, de o Sistema Único de Saúde pagar mamografia a todas as mulheres, a partir dos 40 anos, como exame de rotina.

• PL 6575/16 que torna obrigatória a coleta de dados e informações sobre autismo nos censos demográficos do IBGE realizados a partir de 2020. A medida altera o Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015).

• PL 155/15 que reconhece aos Pacientes Renais os mesmos direitos das pessoas com deficiência, em especial para hemodiálise/diálise peritoneal.

Premiação

A Deputada Federal Carmen Zanotto (PPS-SC) ficou entre melhores do Parlamento brasileiro em 2017, de acordo com a avaliação do portal Congresso Em Foco. A atuação da parlamentar em defesa da saúde pública recebeu o reconhecimento dos jurados do Prêmio Congresso Em Foco. Ela ficou entre os cinco parlamentares que mais defendem a Seguridade Social.

A Deputada Carmen Zanotto ainda está entre os 150 deputados mais influentes do Congresso, segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP).

*Texto enviado pela assessoria da Deputada, em 18/06/2018.

 Atualizações

Nas eleições de 2018, Carmen Zanotto foi eleita Deputada Federal por Santa Catarina, pelo PPS, com 84.692 votos, e tomou posse à 56ª Legislatura (2019-2023). Em 2019, passou para o Partido CIDADANIA, que é o novo nome do PPS.

Atividades na Câmara dos Deputados - 56ª Legislatura

Participação em Comissões Permanentes:

  • Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa - CIDOSO: 3º Vice-Presidente, desde 27/03/2019;
  • Seguridade Social e Família - CSSF: Titular, desde 11/03/2019;
  • Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa - CIDOSO: Titular, desde 20/03/2019.

Mandatos

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Carmen Zanotto. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/944-Carmen_Zanotto>. Acesso em: 14 de agosto de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina