Legislativo / Deputado Geral / Legislaturas

Visualização

2ª Legislatura

03/05/1830 - 06/10/1833

Legislatura é o período durante o qual os parlamentos exercem suas funções e para o qual foram eleitos. Durante o período imperial, as legislaturas da Câmara dos Deputados eram de quatro anos, mas as sessões legislativas duravam apenas quatro meses.

Com a primeira Constituição brasileira (outorgada em 25 de março de 1824, que vigorou até a República, em 1889), iniciou a história do parlamento no Brasil. Convocada a Assembleia Geral Legislativa (reunia representantes da Câmara dos Deputados e do Senado), realizou-se a primeira sessão preparatória da Assembleia em 29 de abril de 1826 e sua instalação em 6 de maio desse mesmo ano, funcionando no Rio de Janeiro.

Os representantes das províncias brasileiras na Câmara eram denominados “Deputados Gerais”, equivalente ao termo “Deputado Federal” dos dias atuais. Na época, o Decreto Imperial de 26 de março de 1824 determinou o número de 102 deputados na composição da Câmara dos Deputados, esse quantitativo vigorou até 1846.

Conforme a Constituição de 1824, as eleições eram realizadas indiretamente para escolha dos representantes à Câmara dos Deputados e ao Senado, em duas etapas: na primeira, eram qualificados os eleitores e; na segunda, os eleitores escolhidos elegiam os deputados e senadores. Somente os homens e com renda comprovada poderiam ser eleitores e candidatos. [Leia a matéria “O processo eleitoral no Brasil Império”, indicada nas referências].  

Três anos e meio após a proclamação da Independência, os parlamentares (deputados e senadores), participaram do processo legislativo brasileiro, regulamentaram os dispositivos constitucionais e criaram as instituições previstas na Carta outorgada.

Participaram dessa legislatura representando a Província de Santa Catarina os Deputados: Diogo Duarte Silva e Estevão Brocardo de Matos (Suplente).

Ao final do texto, acesse as biografias.

ACONTECIMENTOS

Brasil

Comandado por:

  • Dom Pedro I (1822-1831), o Imperador - período considerado como 1º Reinado;
  • Regência Trina Provisória - formada por: Marquês de Caravelas, Senador Vergueiro e Francisco de Lima e Silva (de 7 de abril a 17 de junho de 1831) - período Regencial;
  •  Regência Trina Permanente - composta por: Francisco de Lima e Silva, Marquês de Monte Alegre e João Bráulio Muniz (de 17 de junho de 1831 a 12 de outubro de 1835).

1830 - Instalação dos Correios.

21/11/1830 - Falecimento do liberal Líbero Badaró (jornalista, político e médico italiano radicado no Brasil), vítima de um atentado no dia anterior, em São Paulo/SP.

1830 - Instituído o Código Criminal Brasileiro.

13/03/1831 - Noite das Garrafadas - conflito ocorrido no Rio de Janeiro/RJ, entre portugueses (apoiadores de Dom Pedro I) e brasileiros (opositores do Imperador).

1831 - Dom Pedro I abdicou ao trono brasileiro em favor de seu filho Pedro de Alcântara (Dom Pedro II), que estava com 14 anos de idade. Iniciou as Regências Trinas.

1831 - Criação da Guarda Nacional.

1831 - Primeiras medidas legais brasileiras de proibição ao tráfico de escravos.

1831-1840 - Período regencial durante a minoridade de Dom Pedro II.

1832 - Federação do Guanais, Revolta do Guanais ou Revolução Federalista - ocorrida na Bahia, de cunho separatista e republicano.

1832 - Criada a Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro.

12/02/1832 - Equador anexou as ilhas Galápagos ao seu território.

1832-1835 - Iniciou a Cabanada ou Guerra dos Cabanos - revolta popular ocorrida em Pernambuco e Alagoas, com o objetivo principal de restituir o poder do imperador Dom Pedro I, que havia abdicado em 1831.

09/05/1833 - Criação da Villa do Arraial de Feira de Sant’Anna, atual cidade de Feira de Santana, na Bahia.

Santa Catarina

A Província foi governada por Presidentes nomeados (por Carta Imperial):

  • Francisco de Albuquerque Melo (de 12 de março de 1825 a 14 de janeiro de 1830);
  • Miguel de Sousa Melo e Alvim (de 14 de janeiro de 1830 a 22 de abril de 1831);
  • Francisco Luís do Livramento - interino (de 22 de abril a 6 de agosto de 1831);
  • Feliciano Nunes Pires (de 6 de agosto de 1831 a 4 de novembro de 1835).

Mundo

1828-1834 - Guerra Civil Portuguesa - em 1829, a expedição comandada pelo Marechal Duque de Saldanha chegou à Praia da Vitória e encontrou a baía bloqueada pelos navios de guerra ingleses "Ranger" e "Nimrod", que o obrigaram a se retirar, depois da troca de várias cartas entre os comandantes.

1830 - Revolução de 1830 na França, Revolução de Julho de 1830 ou as Três Gloriosas (porque ocorreu nos dias 27, 28 e 29 de julho de 1830) - movimento liberal e popular, liderado pela burguesia francesa, que destronou o rei Carlos X.

1830 - Invenção da máquina de costura por Philip Watt (Londres).

16/01/1833 - Falecimento de Paula de Bragança, Princesa do Brasil, nascida em 1822.

21/10/1833 - Nascimento de Alfred Nobel, inventor da dinamite e fundador dos Prêmios Nobel, faleceu em 1896.

REFERÊNCIAS

ANGELO, Vitor Amorim de. Noite das garrafadas - portugueses e brasileiros entram em conflito. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTcxNjU=>. Acesso em: 22 jun. 2019.  

BRASIL. Governo do Brasil. Constituição Política do Império do Brazil (de 25 de março de 1824). Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTY1NDA=>. Acesso em: 10 mar. 2018.

CÂMARA DOS DEPUTADOS. A História da Câmara dos Deputados: O Império do Brasil. 2007. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTgwNzk=>. Acesso em: 1 out. 2020.

CABRAL, Oswaldo Rodrigues. A História da Política em Santa Catarina durante o Império. Florianópolis: Editora da UFSC, 2004. 496 p.

CORRÊA, Carlos Humberto Pederneiras. Os Governantes de Santa Catarina de 1739 a 1982. Florianópolis: Editora da UFSC, 1983. 356 p.

FOLHA DE SÃO PAULO. História do Brasil: Os 500 anos do país em uma obra completa, ilustrada e atualizada. São Paulo: Publifolha, 1997. 320 p.

HISTORY. Assassinato de Libero Badaró aumenta pressão para saída de Dom Pedro I. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTcxNzg=>. Acesso em: 22 jun. 2019.  

MULTIRIO. A promulgação do Código Criminal de 1830 e sua importância histórica. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTcxOTE=>. Acesso em: 22 jun. 2019. 

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

RAMOS, Jefferson Evandro Machado. Cabanada - o que foi, resumo, causas. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTcxMjY=>. Acesso em: 22 jun. 2019. 

RAMOS, Jefferson Evandro Machado. Revolução de 1830 na França. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTcyMzA=>. Acesso em: 22 jun. 2019.  

SANTIAGO, Emerson. Federação do Guanais. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTcyMDQ=>. Acesso em: 22 jun. 2019.  

SILVA, Bruno Izaías da. Período regencial. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTcxMzk=>. Acesso em: 22 jun. 2019. 

SOUSA, Rainer Gonçalves. O processo eleitoral no Brasil Império. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTEzMjk=>. Acesso em: 21 nov. 2017.

SOUSA, Rainer Gonçalves. Fim do Primeiro Reinado. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTcyMTc=>. Acesso em: 22 jun. 2019. 

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP. Base Temporal: Século XIX. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTY4Mzc=>. Acesso em: 16 fev. 2020.

Biografias

Diogo Duarte Silva

Diogo Duarte Silva

Português radicado em Desterro/SC, defendeu a independência brasileira. Primeiro Constituinte catarinense na Assembleia Geral do Império e Conselheiro Geral da Província de Santa Catarina, no século XIX.

Estevão Brocardo de Matos <small>(Suplente)</small>

Estevão Brocardo de Matos (Suplente)

Militar, natural de Pernambuco/PE. Conselheiro Geral e Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, no século XIX.

Memória Política de Santa Catarina