Estevão Brocardo de Matos
Estevão Brocardo de Matos

Militar, natural de Pernambuco/PE. Conselheiro Geral e Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, no século XIX.

Informações Gerais

Ano nascimento
1780
Local de nascimento
Pernambuco/PE
Falecimento
21/02/1845
Local de falecimento
Desterro/SC
Formação
Militar
Profissão
Militar

Estevão Brocardo de Matos

Nasceu em 1780, na Província de Pernambuco/PE.

Casou1 a primeira vez com Maurícia Cândida de Carvalho. A segunda união foi com Felizarda Amália da Costa (filha de Raulino da Costa Freire e de Luisa Vitória de Albuquerque), tiveram duas filhas: Anna Bernardina (casada com o Brigadeiro Joaquim José de Morais e Abreu - vereador, deputado, juiz de paz e vice-presidente da Província de São Paulo) e Maria Amália (casada com o João Pinto da Luz, comerciante e Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina; tio do Governador Hercílio Luz e do Marechal Francisco Carlos da Luz, Deputado Geral de Santa Catarina).

Estevão Brocardo de Matos foi o primeiro Contador Real da Junta da Fazenda, da Província de Santa Catarina, nomeado dia 19 de abril de 1817, e aposentado em 1832.

Alcançou a sétima colocação, com 10 votos, na eleição para Senador pela Província catarinense, ocorrida em primeiro de agosto de 1824, contra 55 votos de João Antônio Rodrigues de Carvalho.

Na eleição de 2 de agosto de 1824, para Deputado Geral pela Província de Santa Catarina, obteve apenas um voto e foi o décimo primeiro colocado na ordem de votação.

Membro do Conselho Geral da Província catarinense, como suplente convocado para a Legislatura (1824-1828), participou da sessão extraordinária deliberativa, realizada em 23 de agosto de 1828, para que a Freguesia de São José (hoje cidade de São José/SC) formasse um colégio eleitoral abrangendo a freguesia de Nossa Senhora do Rosário da Enseada (atual Enseada de Brito, em Palhoça/SC).

Como membro do Conselho de Governo (1828), associado à Presidência da Província, Brocardo elaborava parecer para o Presidente, que acompanhava os relatórios para o Imperador sobre a situação em Santa Catarina, conforme Piazza.

Na votação para o Conselho Geral da Província catarinense, à Legislatura (1829-1832), assumiu como Conselheiro, tendo recebido 35 votos, o sexto colocado entre os 14 eleitos.

Candidato por Santa Catarina a Deputado à Assembleia Geral Legislativa do Império (1830-1833), ficou na suplência.

Gratuitamente, ofereceu farinha de guerra à Esquadra Imperial no ano de 1930.

Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina em três Legislaturas: (1835-1837); na (1838-1839) e na(1840-1841), tendo sido suplente nas duas primeiras.

Juiz de Órfãos e Ausentes em Desterro/SC (hoje Florianópolis), entre 1839 e 1841.

Atuou ainda como Major de Ordenanças e na Tesouraria Geral, durante seis anos e meio.

Faleceu no dia 21 de fevereiro de 1845, em Desterro/SC.

Imagem - Cópia da Carta Mensal No 22 - Estevão Brocardo de Matos

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Colégio Brasileiro de Genealogia.

1 Há registro de ter casado três vezes, sendo a primeira esposa, Angélica Nunes, natural de Pernambuco. Com ela teria tido a filha Vicência Angélica de Mattos (nascida em Porto Alegre/RS), que casou com José Lopes da Cunha Mello (de Recife/PE), segundo dados do Colégio Brasileiro de Genealogia.

Mandatos

Referências

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

COLÉGIO BRASILEIRO DE GENEALOGIA (Rio de Janeiro). Estevão Brocardo de Matos. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjkyMA==>. Acesso em: 19 out. 2016.

CONTEÚDO ABERTO. IN: WIKIPÉDIA: A ENCICLOPÉDIA LIVRE. "Estevão brocardo de Matos". Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjkzMw==>. Acesso em: 19 out. 2016.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

RICHA, Lênio Luiz. Genealogia Brasileira - Estado de São Paulo - Os Títulos Perdidos. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjk0Ng==>. Acesso em: 19 out. 2016.

STOETERAU, Lígia De Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Estevão Brocardo de Matos. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/255-Estevao_Brocardo_de_Matos>. Acesso em: 16 de julho de 2019.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina