Dante de Patta
Dante de Patta

Advogado e servidor público, natural de Porto Alegre/RS. Vereador em Orleans/SC e Deputado Estadual no Parlamento Catarinense, século XX.

Informações Gerais

Nome completo
Dante Heróico Fortunato de Patta
Filiação
Miguel de Patta e Hercília de Patta
Nascimento
17/06/1927
Local de nascimento
Porto Alegre/RS
Formação
Direito
Profissão
Advogado e servidor público
Partido
União Democrática Nacional (UDN)

Dante de Patta

Nasceu em 17 de junho de 1927, em Porto Alegre/RS. Filho de Miguel de Patta e de Hercília de Patta. Seus pais eram primos, casaram-se em 1911. O pai era médico italiano que migrou com a esposa para o Brasil em 1920. 

Dante formou-se em Direito. Casou com Albertina Mendes de Patta, com quem teve filhos. 

Pelo Partido da União Democrática Nacional (UDN), foi eleito Vereador à Câmara Municipal de Orleans/SC e exerceu mandato de dezembro de 1947 a janeiro de 1951.

Ainda em 1951, elegeu-se para o Conselho Deliberativo da UDN.

No ano de 1963, candidatou-se ao cargo de Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, recebeu 2.624 votos, ficou Suplente, foi convocado, tomou posse à Legislatura (1963-1967) e exerceu a função.

Requereu e conseguiu autorização do Conselho Nacional do Petróleo, em 1944, para explorar jazidas de Petróleo na Região de Orleans. 

Foi Conselheiro Geral do Estado em Santa Catarina, cargo transformado em Procurador Geral do Estado.

Em 1982, concorreu a Deputado Federal, pelo PTB, mas não foi eleito.

Homenagens

  • Rua Dante de Patta, Ingleses, Florianópolis/SC.
  • Recebeu da Assembleia Legislativa catarinense, em 1999, pela legislatura exercida.

Mandatos

Referências

A Convenção da UDN. Correio do Povo. Jaraguá do Sul, 25 mar. 1951. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM1NzM=>. Acesso em: 28 ago. 2017.

Conselho Nacional de Petróleo. Diário de Notícias. Rio de Janeiro, 23 dez. 1944. p.7, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM1OTY=>. Acesso em: 28 ago. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

CEP. Rua Dante de Patta, Ingleses, Florianópolis/SC. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM1NTM=>. Acesso em: 28 ago. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: n° 4.683. 1999. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzE3MQ==>. Acesso em: 15 mai. 2018.

SANTA CATARINA. Tribunal de Justiça. Mandado de Segurança: MS 621021 SC 1988.062102-1 - Inteiro Teor. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM2MTI=>. Acesso em: 28 ago. 2017.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Dante de Patta. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/199-Dante_de_Patta>. Acesso em: 01 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina