Gustavo Salinger
Gustavo Salinger

Comerciante e Industrial, natural da Alemanha. Prefeito de Blumenau/SC e Deputado Constituinte de 1891, no Congresso Representativo de Santa Catarina, final do século XIX.

Informações Gerais

Nome completo
Gustav Salinger
Ano nascimento
1849
Local de nascimento
Alemanha
Falecimento
09/02/1920
Partido
Partido Republicano Catarinense (PRC) e Partido Federalista

Gustavo Salinger

Nasceu em 1849, na Alemanha. Chegou ao Brasil em 1876, fixando-se primeiro em Brusque/SC, depois, em Itajaí/SC, onde trabalhou no estabelecimento comercial de Wilhelm Asseburg, conhecido como Guilherme Asseburg.

Em 1881, tornou-se responsável pela filial da empresa de Asseburg em Blumenau/SC. Logo adquiriu seu próprio estabelecimento comercial e fundou um negócio de importação de mercadorias e exportação de produtos coloniais, como banha, manteiga e fumo, denominada de Gustav Salinger & Cia. Os negócios prosperaram e ele abriu filiais com o nome de Casa Salinger, sendo hoje uma das mais representativas edificações das primeiras décadas da Colônia Blumenau.

Naturalizado brasileiro em 1881, pode ocupar funções públicas em Blumenau: 2º Suplente da Subdelegacia da Vila de Blumenau (nomeado em 5 de janeiro de 1884); 1º Suplente na mesma subdelegacia (18 de novembro de 1885); Suplente de Juiz Municipal (1885) e titular em (1888); e Suplente de Juiz de Órfãos (1885-1887).

Presidiu a Câmara Municipal de Blumenau (1889-1890), que tinha funções executivas, semelhantes às de uma Prefeitura, nos dias atuais.

Integrou a Sociedade da Imigração (1887) e foi Cônsul da Alemanha em Blumenau, por 25 anos. Além de ter sido grande incentivador da Escola Nova e da Sociedade Teatral Frohsinn, ambas situadas em Blumenau.

Em 25 de outubro de 1887, recebeu da Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina a concessão, por 30 anos, para a construção de uma estrada de cargueiros ou rodagem entre Coritibanos e Blumenau, com área de 200 km, aproximadamente. Sem ônus para a Província, a obra permitiria o desenvolvimento da indústria do mate, com o aumento da extração e exportação do produto. Em 1890, tornou-se diretor da Companhia Construtora da Estrada Blumenau-Coritibanos (hoje Curitibanos).

Integrava o Partido Conservador e com a Proclamação da República (15 de novembro de 1889), passou para o Partido Federalista, sendo por este eleito Suplente de Deputado à Assembleia Constituinte de Santa Catarina (1891), com 2.249 votos, e, convocado, tomou posse à Legislatura (1891).

Sócio-fundador da Associação Comercial e Industrial de Blumenau (ACIB), em 1898, foi eleito o primeiro presidente da entidade (1898-1917).

Participou da construção privada da Usina Hidrelétrica do Salto Weissbach, em Blumenau, em 1915, no curso do Rio Itajaí-Açú, com os sócios: Paulo Zimmermann, Pedro Cristiano Feddersen e Carl Jensen, da empresa Eletricidade Salto, fundada em 1909.

Faleceu em 9 de fevereiro de 1920.

Homenagens

  • Prêmio "Gustav Salinger" - concedido pela Associação Comercial e Industrial de Blumenau aos empresários que se destacam.
  • Rua Gustavo Salinger, Itoupava Seca, Blumenau/SC.
  • Rua Gustavo Salinger, Salto, Blumenau/SC.

Imagens

Foto - Casa Salinger (1925)
Imagem - Empresa Gustav Salinger & Cia.
Fonte: Reprodução/ACIB.

Mandatos

Referências

Assembléa Provincial. Conservador. Desterro, 29 out. 1887. p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM4ODc=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Do secretario interino. O Despertador. Desterro, 16 mar. 1881. p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM3NDk=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Eleição de Deputados: Município de S. Francisco. Gazeta do Joinville. Joinville, 1 mar. 1891. Secção Livre, p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM3NzI=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Estatutos da Companhia da Estrada Blumenau - Coritibanos. República: Orgam Official. Desterro, 31 mar. 1890. p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM5Nzk=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Governo da Província. A Regeneração: Orgam Democrático. Desterro, 27 dez. 1884. Secção Official, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM4MTg=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Governo da Província. Conservador. Desterro, 23 fev. 1888. Parte Official, p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM5MTA=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Governo da Província. Conservador. Desterro, 26 nov. 1885. Parte Official, p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM4NDE=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Governo do Estado Federal de Santa Catharina. República: Orgam Official. Desterro, 22 abr. 1890. Parte Official, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzQwMDI=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Noticiário. Conservador. Desterro, 5 out. 1887. p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM4NjQ=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

O Arroz no Valle do Itajahi. O Dia: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 10 fev. 1916. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM5NTY=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Para a de Blumenau foram eleitos os Srs. [...]. Conservador. Desterro, 23 jan. 1889. p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM5MzM=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

S. Catharina na Exposição Nacional: A opinião da Imprensa do Rio de Janeiro. Gazeta do Joinville. Joinville, 1 ago. 1908. p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM3OTU=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

ACIB. Quem foi Gustav Salinger. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM3MTY=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

Centro de Memória. Constituições. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjU0MDc=>. Acesso em: 14 out. 2016.

CORREIOS/CEP. busca "Gustavo Salinger". Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM2Njc=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

PAULA, Simoni Mendes de. A utilização dos recursos energéticos no rio Itajaí-Açú (SC). Fronteiras: Revista Catarinense de História [on-line], Florianópolis, v. 1, n. 23, p.164-179, 6 dez. 2014. Semestral. ISSN 2238-9717. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM3MDM=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

PREFEITURA DE BLUMENAU. Memória Digital: Gustav Salinger. 2015. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM3Mjk=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa. Constituição de 1891. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjMzMjc=>. Acesso em: 23 nov. 2016.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TOMIO, Fabricio Ricardo de Limas. ORGANIZAÇÃO COLETIVA E REPRESENTAÇÃO DE INTERESSES DO EMPRESARIADO INDUSTRIAL TÊXTIL DE BLUMENAU-SC: A ATUAÇÃO DA ACIB E DO SINTEX EM UM ESPAÇO POLÍTICO-INSTITUCIONAL DEMOCRÁTICO. 1995. 241 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Sociologia Política, , Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1995. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzM2ODM=>. Acesso em: 4 dez. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Gustavo Salinger. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/358-Gustavo_Salinger>. Acesso em: 06 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina