Hermelino Jorge de Linhares
Hermelino Jorge de Linhares

Professor e jornalista, natural de São Francisco do Sul/SC. Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, por três vezes, no século XIX.

Informações Gerais

Filiação
Jacinto José Lopes e Francisca Rosa de Paula
Ano nascimento
1842
Local de nascimento
São Francisco do Sul/SC
Falecimento
05/12/1880
Profissão
Professor e jornalista
Partido
Partido Conservador

Hermelino Jorge de Linhares

Nasceu em 1842, em São Francisco do Sul/SC. Filho de Jacinto José Lopes e Francisca Rosa de Paula. Casou com Maria Adelaide Jacques Linhares e tiveram muitos filhos.

Iniciou a vida profissional como praticante na Administração dos Correios, passou a tabelião, estudou, foi jornalista e professor público.

Eleito Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, exerceu três mandatos e participou das seguintes Legislaturas: 20ª Legislatura (1874-1875), era tabelião, eleito com 102 votos nas eleições ocorridas em 1º de dezembro de 1873, foi escolhido entre os parlamentares o 2º Secretário da Mesa Diretora da Casa para o biênio; 21ª Legislatura (1876-1877); foi destacado para ser 1º Secretário para os dois anos, porém, renunciou à função1 em 4 de abril de 1876; e 22ª Legislatura (1878-1879), eleito com 140 votos.

Durante dois mandatos parlamentares, dirigiu uma escola com aulas noturnas em São Francisco do Sul (1874), totalmente gratuitas para os menos favorecidos, lecionou disciplina de instrução primária, sendo também professor outro colega deputado, Francisco Xavier Caldeira; e foi Escrivão de Órfãos de Desterro (1876).

Depois das funções no parlamento, passou a se dedicar mais ao jornalismo, com experiência por ter dirigido o jornal “O Conservador”, fundou seu próprio jornal, “O Progresso”, em Desterro/SC (atual Florianópolis), no ano de 1880, tendo o poeta catarinense Cruz e Sousa, como assíduo colaborador.

Faleceu 5 de dezembro de 1880, depois de longo período enfermo.


1Para assumir o posto de Oficial-Maior da Assembleia que, segundo Piazza (1984), tratava de “trabalhos administrativos”. Foi nomeado em 18 de abril, empossado em 6 de maio, permanecendo no cargo até início de 1879.

Mandatos

Referências

ITAJAHY. República. Florianópolis, 25 mai. 1895. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTc3NDQ=>. Acesso em: 27 set. 2017.

Reunião da Assembléa Provincial. O Despertador. Desterro, 24 mar. 1874. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTc3NzM=>. Acesso em: 27 set. 2017.

Secretaria do Governo: Expediente do 22 de setembro de 1874. O Conservador: Jornal Politico, Noticioso e Commercial. Desterro, 25 nov. 1874. Parte Official, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTc3OTY=>. Acesso em: 27 set. 2017.

JORNAL DO COMÉRCIO. Desterro, 8 dez. 1880. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTc3NTM=>. Acesso em: 27 set. 2017.

ALVES, Uelington Farias. Cruz e Sousa: Dante negro do Brasil. Florianópolis: Pallas Editora, 2015. 416 p.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Hermelino Jorge de Linhares. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/380-Hermelino_Jorge_de_Linhares>. Acesso em: 20 de janeiro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2020)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2020)

Memória Política de Santa Catarina