Alfredo Campos
Alfredo Campos

Funcionário público, natural de Florianópolis/SC. Prefeito e vereador em Blumenau/SC, Deputado Constituinte de 1947 e Deputado Estadual no Parlamento Catarinense, século XX.

Informações Gerais

Nascimento
07/10/1897
Local de nascimento
Florianópolis/SC
Falecimento
26/11/1984
Local de falecimento
Blumenau/SC
Profissão
Escrivão
Partido
PSD (Partido Social Democrático)

Alfredo Campos

Nasceu no dia 7 de outubro de 1897, em Florianópolis/SC. Teve quatro filhos: Iolanda, Valdir, Edi e Dulcinéia. Sua esposa era filha de Emílio Jacobsen, morador de Lontras/SC.

Alfredo concluiu os estudos secundários no Colégio Catarinense.

Em 1916, trabalhou no Tesouro do Estado de Santa Catarina e foi Escrivão da Coletoria de Canoinhas/SC.

Transferiu-se para Blumenau/SC, em 1919, local em que participou da fundação da agremiação de futebol Brasil Sport Club (BEC), na função de Tesoureiro.

Em Indaial/SC, foi Coletor Estadual, Escrivão, Tabelião de Notas, Secretário Geral e Diretor da Empresa Força e Luz de Santa Catarina, atual Centrais Elétricas de Santa Catarina (CELESC), empresa em que se aposentou enquanto era Administrador Regional - Blumenau.

Durante o Estado Novo, exerceu a Vereança e assumiu a Prefeitura de Blumenau, de 22 de janeiro de 1944 a 13 de novembro de 1945. Sua administração continuou as obras do hospital municipal, realizou a obra de proteção do talude da Rua das Minas Gerais, implantou o sistema de abastecimento de água, ampliou escolas e inaugurou o centro de saúde.

Deputado eleito à Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (ALESC), com 2.304 votos, pelo Partido Social Democrático (PSD), integrou a  Assembleia Constituinte de 1947, sendo 2o Secretário, e a Legislatura (1947-1951).

Foi o primeiro Presidente da Liga Blumenauense de Futebol, em 1941.

Na área da filatelia (estudar ou  colecionar selos postais e materiais relacionados a eles) participou da fundação da Associação Filatélica de Santa Catarina, do Clube Filatélico de Blumenau, da Federação Filatélica e Numismática de Santa Catarina e do Clube Filatélico de São José.

Faleceu em 26 de novembro de 1984, em Blumenau/SC, sendo sepultado em Florianópolis/SC.

Homenagem

Homenageado pela Assembleia Legislativa catarinense, em 1999, in memoriam, pelas legislaturas exercidas.

Mandatos

Imagens
Referências

ARQUIVO DE BLUMENAU. Arquivo histórico José Ferreira da Silva. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzQ3MzQ=>. Acesso em: 13 set. 2018.

MATIOLA, Osmar. Capítulo 6: A administração Pública em Blumenau após a Revolução de 1930. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzQ3NDc=>. Acesso em: 13 set. 2018.

MEMORIA DO BEC. Primeiro campeão da Liga Blumenauense. 2012. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzQ3NjA=>. Acesso em: 13 set. 2018.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

PINTO, Paulo Roberto. JB News: Informativo Nr. 1161. 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzQ3NzM=>. Acesso em: 13 set. 2018.

PREFEITURA DE BLUMENAU. Galeria Ex-Prefeitos. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzQwODM=>. Acesso em: 5 mai. 2017.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. . Diário da Assembleia: nº 4.683. 1999. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzUwMTY=>. Acesso em: 18 set. 2018.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Alfredo Campos. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/42-Alfredo_Campos>. Acesso em: 26 de novembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina