José Mauricio dos Santos
José Mauricio dos Santos

Comerciante, militar, juiz de paz, subdelegado de polícia, delegado literário, agente do fisco e encarregado das obras públicas. Prefeito de Jaguaruna/SC e Deputado Estadual no Parlamento Catarinense, século XX.

Informações Gerais

Local de nascimento
Santa Catarina/SC
Profissão
Comerciante, militar, Juiz de Paz, Subdelegado de Polícia, Delegado Literário, Agente do Fisco e Encarregado das Obras Públicas
Partido
Partido Republicano Catarinense (PRC)

José Mauricio dos Santos

Nasceu no Estado de Santa Catarina. Em 4 de junho de 1903, casou com Branca da Costa Santos e deixaram descendentes. A família de sua esposa e a dele eram influentes na região de Laguna/SC e cercanias.

José seguiu a carreira militar e chegou ao posto de Tenente-Coronel. Também exerceu as funções de Juiz de Paz, Subdelegado de Polícia, Delegado Literário, Conselheiro, Intendente e Superintendente Municipal (atual cargo de Prefeito), Agente Municipal do Fisco (até 1889) e Encarregado das Obras Públicas.

Com frequência realizava viagens à Capital catarinense, para negócios ou encontros com correligionários do Partido Republicano, destacando-se como chefe local.

Em exaltação à República Juliana1, ofereceu um sobrado de sua propriedade, à Rua Coronel Gustavo Richard, em Laguna, para sediar o Club 22 de Julho, no qual desempenhou a função de Diretor-Presidente.

Auxiliou no processo para desmembrar Jaguaruna de Tubarão/SC e, em 6 de janeiro de 1891, o governador Gustavo Richard assinou decreto que instituiu o município de Jaguaruna/SC, passando José a ser o Presidente do Conselho de Intendência Municipal. Em 1895, substituiu Aquino Santos no cargo de 1º Secretário-Geral do Conselho local.

Eleito três vezes Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, exerceu os seguintes mandatos: naLegislatura (1901-1903), tomou posse como o mais votado, recebeu 6.680 votos nas eleições, participou da Comissão de Higiene Pública e Cadeias, no ano de 1902; na Legislatura (1904-1906); e na Legislatura (1910-1912), nesta foi eleito para ocupar vaga aberta em razão da renúncia de dois deputados (Eugênio Luís Müller e José Johanny).

Homenagem

Escola de Educação Básica Coronel José Mauricio dos Santos, Caputera, Laguna/SC. 


1 Foi efêmera, mas de relevância histórica, ver sobre nas referências: COSTA, 2006.

Mandatos

Referências

A Convenção. O Dia: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 1 abr. 1902. p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI2MDE=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

Apuração Geral. O Dia: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 5 jan. 1901. p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI1NTU=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

Colectores e Escrivães. Conservador. Desterro, 31 ago. 1889. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI0OTY=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

Comissões Permanentes. O Dia: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 3 set. 1902. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI2MjQ=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

Delegados Literários. Conservador. Desterro, 1 ago. 1889. p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI0MzQ=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

Exonerações. A Regeneração: Orgam do Partido Liberal. Desterro, 3 jul. 1889. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI0MTE=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

MENSAGEM APRESENTADA AO CONGRESSO REPRESENTATIVO, EM 23 DE JULHO DE 1911, PELO GOVERNADOR VIDAL JOSÉ DE OLIVEIRA RAMOS: 1910. Florianópolis: Typ. D'o Dia, 1911. 93 p. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzIyNDk=>. Acesso em: 15 ago. 2017.

Secretaria do Interior. O Dia: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 19 jan. 1901. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI1Nzg=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

Telegramma. O Dia: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 5 jun. 1903. p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI2NjA=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

COSTA, Gustavo Marangoni. Entre contrabando e ambigüidades: Outros aspectos da Republica Juliana - Laguna/SC - 1836 - 1845. 2006. 167 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de História, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTUwMjM=>. Acesso em: 22 jun. 2018.

ESCOL.AS. Eeb Cel Jose Mauricio dos Santos. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzIzNjg=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

PREFEITURA DE JAGUARUNA. Criação do Município. 2017. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzI2NDA=>. Acesso em: 30 mai. 2017.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia José Mauricio dos Santos. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/571-Jose_Mauricio_dos_Santos>. Acesso em: 29 de novembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina