Júlio César
Júlio César

Advogado, natural de Itajaí/SC. Vereador e Prefeito na terra natal, Deputado Estadual e Presidente no Parlamento Catarinense, século XX. Secretário de Estado da Cultura, Esporte e Turismo de Santa Catarina.

Informações Gerais

Filiação
Anibal César e Cândida dos Santos César
Nascimento
19/12/1931
Local de nascimento
Itajaí/SC
Falecimento
06/05/2013
Local de falecimento
Florianópolis/SC
Formação
Direito
Profissão
Advogado
Partido
Aliança Renovadora Nacional (ARENA) e Partido Democrático Social (PDS)

Júlio César

Nasceu em 19 de dezembro de 1931, em Itajaí/SC. Filho de Anibal César e de Cândida dos Santos César.

Estudou no Grupo Escolar Floriano Peixoto, em Itajaí, e no Colégio Catarinense, em Florianópolis/SC. Cursou Contabilidade no Colégio Santo Antônio, em Blumenau/SC, e na Associação Brasileira de Ensino, no Rio de Janeiro/RJ. No ano de 1967, bacharelou-se em Direito, em Curitiba/PR.

Casou com Guiomar Ribas César, com quem teve os filhos Isabele, Júlio e Júlio César Filho.

Exerceu diversas atividades e funções:

  • Auxiliar do Banco Indústria e Comércio de Santa Catarina (INCO), em Blumenau, em 1949;
  • Funcionário do Instituto Nacional do Pinho (hoje Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal), no Rio de Janeiro, em 1951;
  • Diretor da Empresa Madeireira A. Cesar & Cia., em Itajaí;
  • Implantou a Casa da Armação, empresa de móveis e eletrodomésticos que se encontra até hoje em atividade, tendo com proprietário seu irmão Aníbal César Filho;
  • Primeiro Tabelião da Comarca de Itajaí, no período de 1959 a 1961;
  • Inspetor de Serrarias do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal, em 1961;
  • Chefe de Operação da Fábrica de Papel e Celulosa Lutcher, em Guarapuava/PR, no ano de 1962;
  • Reassumiu o 1° Tabelionato da Comarca de Itajaí, em 1964.

Em Itajaí, foi Vereador, eleito pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA), para o período de 1966 a 1969, e Presidente da Câmara em 1967. Assumiu como Prefeito interino na ausência do Vice-Prefeito, em agosto de 1967. 

Eleito Prefeito Municipal de Itajaí, pela ARENA, exerceu as funções de 1969 a 1973. 

Elegeu-se Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina para as seguintes legislaturas:

  • Legislatura (1975-1979), eleito com 12.171 votos, pela ARENA. Foi Vice-Presidente do Diretório Regional de seu partido, em 1978;
  • Legislatura (1979-1983), concorreu pela  ARENA, obteve 18.264 votos. Licenciou-se do mandato para exercer o cargo de Secretário de Estado da Cultura, Esporte e Turismo de Santa Catarina;
  • 10ª Legislatura (1983-1987), eleito pelo Partido Democrático Social (PDS) com 18.643 votos, foi Presidente da Assembleia Legislativa em 1983 e 1984.

Após a atuação parlamentar, voltou a exercer a profissão de advogado. 

Faleceu em 6 de maio de 2013, em Florianópolis/SC.

Homenagens e condecorações

  • Medalha da Inconfidência, outorgada pelo Governo de Minas Gerais.
  • Rua Júlio César, em Chapecó/SC.

Mandatos

Referências

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

CORREIOS/CEP. busca "Julio César". Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjY0MjI=>. Acesso em: 2 jun. 2017.

PEREIRA, Moacir. Presidentes: O Legislativo na República. Florianópolis: Editora Insular, 2013. 192 p.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Júlio César. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/588-Julio_Cesar>. Acesso em: 24 de junho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina