Leopoldo Hoeschl
Leopoldo Hoeschl

Comerciante, natural de Bielo/Áustria-Hungria. Vereador em Blumenau/SC e Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, século XIX.

Informações Gerais

Nome completo
Leopold Ferdinand Hoeschl
Filiação
Carl Theodor Hoeschl e Antonie Marie N. Cejka
Nascimento
17/10/1850
Local de nascimento
Bielo/Áustria-Hungria
Falecimento
28/12/1933
Profissão
Comerciante
Partido
Partido Liberal

Leopoldo Hoeschl

Nasceu em 17 de outubro de 1850, em Bielo, Província de Galízia, no então Império Austro-Húngaro. Filho de Carl Theodor Hoeschl e de Antonie Marie N. Cejka.

Estudou na terra natal e frequentou a Escola Real Profissional da cidade. Na Polônia começou a trabalhar, em 1868. Neste ano, migrou com seus pais para o Brasil e fixou residência na Villa do Santíssimo Sacramento de Itajahy (atual Itajaí/SC). Trabalhou na lavoura e em engenho de serra, em Gaspar/SC, e na de firma Nicolau Malburg, em Itajaí, atuou no comércio (1871-1872). Mudou-se para Desterro/SC (atual Florianópolis), onde se naturalizou brasileiro. Depois, foi Mestre de Cabotagem e dedicou-se ao comércio costeiro.

Mudou para Blumenau/SC, exercendo a vereança na Câmara Municipal e sendo seu Vice-Presidente (1887-1889).

Leopoldo teve filhos, entre eles, Rodolfo Hoeschl, casado com Elsen Feddersen, filha de Pedro Cristiano Feddersen, pais de Arno  Pedro  Hoeschl (nascido em 1907), que foi Desembargador do Tribunal  de  Justiça  de  Santa  Catarina,  em  1952, além de outras funções exercidas.

Nas eleições de 1888, alistou-se como comerciante e residente em Blumenau, pelo Partido Liberal, recebeu 574 votos, foi eleito Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina e participou da 27ª Legislatura (1888-1889). Com o advento da Proclamação da República (15 de novembro de 1889), passou a integrar a Partido Republicano e, em 1899, foi membro da Executiva do Partido em Blumenau.

No ano de 1894, requereu terras públicas em Blumenau ao Governo da Província, sendo concedidas em 1896, ao valor de um (1) real por metro quadrado, com título de terra recebido em 1899.

Em Blumenau, foi Cônsul e Agente Consular do Império Austro-Húngaro (1904-1918), pagador-escriturário da Comissão de Estudos da Estrada de Ferro Santa Catarina (1913-1915) e tesoureiro da Câmara Municipal (1916-1927).

Faleceu em 28 de dezembro de 1933.

Homenagem

Rua Leopoldo Hoeschl, Bairro Progresso, Blumenau/SC.

Mandatos

Referências

Austria-Hungria (Império Reino). Almanak Laemmert: Administrativo, Mercantil e Industrial. Rio de Janeiro, 1 jan. 1931. p.778, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAxMDc=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

Blumenau: Partido Republicano. República: Orgam do Partido Republicano. Florianópolis, 10 jun. 1899. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAyOTQ=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

Blumenau: Partido Republicano. República: Orgam do Partido Republicano. Florianópolis, 7 jan. 1899. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAyNzE=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

Consórcio. República: Orgam do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 10 jul. 1902. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAzMTc=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

Eleição Provincial. Regeneração: Orgam do Partido Liberal. Desterro, 7 mar. 1888. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAyMDI=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

Governo do Estado. República. Florianópolis, 21 out. 1894. Parte Official, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAyMjU=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

Governo do Estado. República: Orgam do Partido Republicano Federal. Florianópolis, 2 mai. 1896. Parte Official, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAyNDg=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

CORREIOS/CEP. busca"Rua Leopoldo Hoeschl". Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAwMTI=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

HISTÓRIA DE BRUSQUE. Famílias Evangélicas de Confissão Lutherana, na Colônia Blumenau. 2018. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAxMzY=>. Acesso em: 24 ago. 2018.

NASCIMENTO, Antônio Roberto. Wigando Engelke, uma trajetória de vida entre Joinville e Blumenau. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAxMjM=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

PREFEITURA DE BLUMENAU. Leis Municipais: LEI Nº 697/55. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAzMzM=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SANTA CATARINA. Ata da 81ª sessão, em 9 de março de 2006. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzAwNDg=>. Acesso em: 7 jun. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Leopoldo Hoeschl . 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/608-Leopoldo_Hoeschl>. Acesso em: 24 de junho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina