Milton Sander
Milton Sander

Advogado, natural de Chapecó/SC. Prefeito na terra natal e Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, final do século XX e início do XXI. Secretário de Governo de Santa Catarina.

Informações Gerais

Filiação
Leopoldo Sander e Paula Sander
Nascimento
30/04/1943
Local de nascimento
Chapecó/SC
Falecimento
31/12/2018
Local de falecimento
Chapecó/SC
Formação
Direito
Profissão
Advogado
Partido
Aliança Renovadora Nacional (ARENA), Partido Social Democrático (PDS), Partido Progressista Reformador (PPR), Partido Progressista Brasileiro (PPB)
Base Eleitoral
Oeste

Milton Sander

Nasceu em 30 de abril de 1943, em Chapecó/SC. Filho de Leopoldo Sander e de Paula Sander.

Na terra natal realizou os estudos primários, hoje Ensino Fundamental I, no Colégio Bom Pastor, e o ginásio, atual Ensino Fundamental II, no Colégio São Francisco. Em Porto Alegre/RS, concluiu o colegial (Ensino Médio) e a graduação em Direito.

Advogado, especialista em direito civil e tributário, atuou nos cargos de: Procurador Jurídico da Prefeitura de Chapecó; Assessor Jurídico da Secretaria de Negócios do Oeste e Assessor Jurídico do Plano de Metas do Governo de Santa Catarina (PLAMEG).

Casou com Lerides Maria Menta Sander, com quem teve Gustavo Vicente.

Duas vezes foi Prefeito eleito de Chapecó: de 1977 a 1983, pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA), e de 1989 a 1993, pelo Partido Social Democrático (PDS). São destaques de sua administração municipal: muitas vias asfaltadas, construção do Aeroporto Serafim Bertaso, da Rodoviária e do Hospital Regional do Oeste, reforma e ampliação do Estádio Índio Condá e a instalação da estátua O Desbravador.

Em 1980, foi membro, fundador e primeiro Presidente da Federação Catarinense dos Municípios (FECAM). 

De 1983 a 1986, exerceu o cargo de Secretário de Governo de Santa Catarina, em Brasília/DF. 

Em 1994, disputou eleição para o cargo de Vice-Governador de Santa Catarina, pelo Partido Progressista Reformador (PPR), na chapa encabeçada por Ângela Amin. Com 1.247.562 votos, ficaram na segunda colocação no pleito.

Nas eleições de 1998, pelo Partido Progressista Brasileiro (PPB), elegeu-se Deputado Estadual à Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, com 28.884 votos, e participou da 14ª Legislatura (1999-2003). No mandato, liderou a bancada do partido (2001-2002) e integrou as seguintes Comissões Permanentes:

  • Relacionamento Institucional, Comunicação, Relações Internacionais e do MERCOSUL (1º Presidente da Comissão);
  • Agricultura, Cooperativismo, Ciência, Tecnologia e Economia;
  • Educação, Cultura e Desporto;
  • Finanças e Tributação;
  • Turismo e Economia.

No Legislativo catarinense, o Deputado Milton Sander apresentou diversas proposições que poderão ser verificadas no endereço a seguir: https://goo.gl/QGvcu1

Concorreu a uma das vagas de Deputado Estadual ao mesmo Parlamento, nas eleições de 2002 e 2006, ficou na posição de Suplente em ambas as disputas e não foi convocado. 

Respondeu como Diretor Regional da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN), entre 2005 e 2010.

Foi Secretário Parlamentar da Presidência da Assembleia Legislativa, em 2013 e 2014.

Faleceu no dia 31 de dezembro de 2018, em Chapecó/SC.

Homenagens

  • Recebeu em 2016, durante a Assembleia Geral de Prefeitos da FECAM, o Diploma de Mérito Municipalista, por sua dedicação em prol dos municípios de Santa Catarina e do Brasil.
  • Medalha de Honra do Centenário de Chapecó, por sua contribuição com o desenvolvimento do município, em 2017.
  • Rodovia Milton Sander, SC-160, entre os municípios de Chapecó e São Carlos. Denominada por unanimidade da Assembleia catarinense, em 2019.

Imagens

Assinatura do Deputado Milton Sander
Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina - 1945 a 2018.
 
Foto - Deputado Milton Sander recebendo o Diploma de Mérito Municipalista, 2016
Fonte: Reprodução/FECAM.
 
Foto - Deputado recebendo a Medalha de Honra do Centenário de Chapecó, em 2017
Foto: Reprodução/Prefeitura de Chapecó.

Mandatos

Referências

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO SERRANA. Fecam consegue mérito municipalista a Milton Sander e Paulo Ziulkoski. 2016. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjEwMzM=>. Acesso em: 11 set. 2018.

DIARIO DO IGUAÇU. Ex-prefeito de Chapecó, Milton Sander, faz avaliação no centenário da cidade. 2017. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjEwNzI=>. Acesso em: 11 set. 2018.

DIARIO DO IGUAÇU. Milton Sander quer vaga no Parlasul. 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjEwNTk=>. Acesso em: 11 set. 2018.

PREFEITURA DE CHAPECÓ. Emoção e Homenagem na Efapi. 2017. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjEwNDY=>. Acesso em: 11 set. 2018.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Galeria Parlamentar 14ª Legislatura. 2014. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjEwOTg=>. Acesso em: 11 set. 2018.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: nº 5.046. 2002. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjEwODU=>. Acesso em: 11 set. 2018.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Milton Sander. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/710-Milton_Sander>. Acesso em: 29 de junho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina