Paulo Penso
Paulo Penso

Dentista, natural de Montenegro/RS. Vereador e Prefeito em Videira/SC e Deputado Estadual no Parlamento Catarinense, século XX. Preso político durante a ditadura militar.

Informações Gerais

Nome completo
Paulo Fioravante Penso
Filiação
David Penso e Santa Hermínia Rombaldi Penso
Nascimento
29/06/1909
Local de nascimento
Montenegro/RS
Falecimento
27/05/1976
Local de falecimento
Porto União/SC
Profissão
Dentista
Partido
Partido Social Democrático (PSD), Partido Democrata Cristão (PDC) e Aliança Renovadora Nacional (ARENA)

Paulo Penso

Nasceu em 29 de junho de 1909, em Montenegro/RS. Filho de David Penso e de Santa Hermínia Rombaldi Penso. Casou com Helena Zini Penso e tiveram filhos. 

Dentista prático, licenciado pelo Departamento de Saúde Pública de Santa Catarina, em 1933.

Residiu nos municípios catarinenses de Iomerê e Videira, neste último fundou o Partido Democrata Cristão (PDC), foi duas vezes Vereador, uma pelo Partido Social Democrático (PSD) e outra, pelo PDC. 

Candidatou-se a uma das vagas de Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, pelo PDC, obteve 1.686 votos, ficou Suplente e foi convocado à Legislatura (1963-1967). 

Foi um dos 580 presos políticos em Santa Catarina, em 16 de maio de 1964, durante a Ditadura Militar (1964-1985). 

Foi Prefeito Municipal de Videira, eleito pela Aliança Renovadora Nacional (ARENA), e exerceu mandato de 31 de janeiro de 1970 a 30 de janeiro de 1973.

Exerceu ainda as funções de Juiz de Paz e, a partir de 1972, Presidente (o primeiro) da Fundação Educacional Empresarial do Alto Vale do Rio do Peixe (FEMARP), atual Fundação Universidade do Oeste de Santa Catarina (FUNOESC).

Faleceu em 27 de maio de 1976, em Porto União/SC.

Homenagens

  • Escola de Educação Básica Municipal Prefeito Paulo Fioravante Penso, Videira.
  • Rua Paulo Fioravante Penso, São Francisco, Videira.
  • Recebeu da Assembleia Legislativa catarinense, in memoriam, em 1999, pela legislatura exercida.

Mandatos

Referências

Dentistas práticos. O Estado. Florianópolis, 18 nov. 1933. p.8, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjQwNDA=>. Acesso em: 13 nov. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

BARIVIERA, João Luiz. Ensino superior de Videira completa 40 anos de atuação. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjQwOTU=>. Acesso em: 13 nov. 2017.

ESCOL.AS. Eebm Pref Paulo Fioravante Penso. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjQwNTY=>. Acesso em: 13 nov. 2017.

FAED. Universidade do Estado de Santa Catarina. Relação de Presos Políticos de Santa Catarina durante o Regime Militar. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjQxMDg=>. Acesso em: 13 nov. 2017.

GUIA MAIS. busca "Paulo Fioravante Penso. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjQwNjk=>. Acesso em: 13 nov. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIDEIRA. Prefeitos. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjQwODI=>. Acesso em: 13 nov. 2017.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: n° 4.683. 1999. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzE3MQ==>. Acesso em: 15 mai. 2018.

SANTIAGO, Emerson. Regime Militar. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjA4Mjc=>. Acesso em: 10 mar. 2018.

SOUZA, Antonio Carlos de. Proposta de um Sistema de Custos para uma Instituição de Ensino Superior: o caso da UNOESC do Campus de Videira. 2000. 106 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Administração, Departamento de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2000. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjQwMjA=>. Acesso em: 13 nov. 2017.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Paulo Penso. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/781-Paulo_Penso>. Acesso em: 06 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina