Ricarte de Freitas
Ricarte de Freitas

Advogado, promotor público e juiz de direito. Deputado Estadual no Parlamento Catarinense, século XX.

Informações Gerais

Formação
Direito
Profissão
Advogado, promotor público e juiz de direito
Partido
União Democrática Nacional (UDN)

Ricarte de Freitas

Concluiu o curso ginasial em 1927, no Colégio Catarinense, em Florianópolis/SC. Bacharelou-se em Direito.

Casado com Iracy Anjos de Freitas, pai de Ricarte de Freitas Júnior (Deputado na Assembleia Legislativa do Estado do Mato Grosso, de 1992 e 1999, e Deputado Federal pelo mesmo Estado, de 1999 a 2011).

Exerceu o cargo de Promotor Público em Santa Catarina nas Comarcas de: São Joaquim (1932); Biguaçu (1933); Araranguá (1934) e Tubarão (1935).

Foi Orador do Clube de Regatas Aldo Luz e do Lyra Tênis Clube (1936), ambos localizados em Florianópolis.

Desempenhou a função de Juiz de Direito nas Comarcas de: Campos Novos (1934); Biguaçu (1936); Caçador (1937); Concórdia (1937) e Ibirama (1939) - todos municípios catarinenses.

Nas eleições de 1947, disputou vaga de Deputado à Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (ALESC), pela União Democrática Nacional (UDN), recebeu 2.105 votos, foi o 13º na ordem de votação de seu partido, estava eleito e tomou posse. Porém, poucos dias depois, seu diploma foi invalidado após anulação de urnas, mas com a recontagem de votos, ficou com 2.159 votos, passou a segundo Suplente, foi convocado pela Assembleia e participou da Legislatura (1947-1951).

Integrou o Diretório Estadual da UDN em Santa Catarina (1949).

Homenagem

Recebeu homenagem da Assembleia Legislativa catarinense, em 1999, pela legislatura exercida. 

Mandatos

Referências

Exames: Physica e Cimica. Republica: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 11 dez. 1926. n. 61, p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzY2NDg=>. Acesso em: 15 dez. 2017.

Notas Desportivas: Club de Regatas Aldo Luz. A Noticia. Joinville, 20 set. 1936. n. 2394, p.8, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzY2MDI=>. Acesso em: 15 dez. 2017.

O Juizado de Direito de Campos Novos. O Estado. Florianópolis, 8 mai. 1934. n. 6184, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzY2MjU=>. Acesso em: 15 dez. 2017.

Apesar dos recursos interpostos. O Estado: O mais antigo diário de Santa Catarina. Florianópolis, 26 mar. 1947. n. 9987, p. 1. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTM1NTc=>. Acesso em: 9 set. 2019.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

Assembléia Legislativa Estadual. O Estado. Florianópolis, 15 abr. 1947. n. 10002, p. 5. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTM1ODA=>. Acesso em: 9 set. 2019.

LAUS, Sônia Pereira. A UDN em Santa Catarina (1945 - 1960). 1985. 336 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de História, , Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1985. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzE4Nw==>. Acesso em: 15 mai. 2018.

MATO GROSSO. Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso. Ricarte de Freitas assume Secretaria de Comunicação da AL. 2016. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzY2NjQ=>. Acesso em: 1 out. 2018.

Na Assembléia Legislativa. O Estado. Florianópolis, 16 set. 1948. n. 10345, p. 1. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTM2MDM=>. Acesso em: 9 set. 2019.

Notas e Noticias. Correio do Povo. Jaraguá do Sul, 3 abr. 1949. n. 1535, p. 1. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTM2MjY=>. Acesso em: 9 set. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: Nº 4.683. 1999. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzY2Nzc=>. Acesso em: 1 out. 2018.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Tribunal Regional Eleitoral: União Democrática Nacional. O Estado: O mais antigo diário de Santa Catharina. Florianópolis, 20 mar. 1947. n. 9982, p. 4. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTM1MzQ=>. Acesso em: 9 set. 2019.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Ricarte de Freitas. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/833-Ricarte_de_Freitas>. Acesso em: 29 de junho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina