Sandra Guidi
Sandra Guidi

Bióloga, pedagoga e professora, natural de Criciúma/SC. Senadora por Santa Catarina, no século XX. A segunda mulher catarinense a assumir vaga no Senado Federal.

Informações Gerais

Nome completo
Sandra Zanatta Guidi
Filiação
Alcino Zanatta e Eleonora Martins Zanatta
Nascimento
28/12/1948
Local de nascimento
Criciúma/SC
Formação
Ciências Biológicas e Pedagogia
Profissão
Bióloga, pedagoga e professora
Partido
Partido Democrático Social (PDS), Partido Popular Socialista (PPS) e Partido da Frente Liberal (PFL)
Base Eleitoral
Sul

Sandra Guidi

Nasceu em 28 de dezembro de 1948, em Criciúma/SC. Filha do comerciante Alcino Zanatta e de Eleonora Martins Zanatta. 

Casou com Altair Guidi, falecido aos 81 anos, em 23 de janeiro de 2018, que foi duas vezes Prefeito de Criciúma, entre os anos de 1977 e 1982, e Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. 

É mãe de Andréa e de Ricardo Guidi, (também foi Deputado Estadual no Parlamento catarinense  e atualmente é Deputado Federal por Santa Catarina). 

Na terra natal, diplomou-se em dois cursos superiores pela Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina (UNESC): Ciências Biológicas (1973) e Pedagogia (1986). Possui Pós-graduação em Genética Humana (1979), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com sede em Porto Alegre/RS.

Atuou como professora do ensino fundamental e médio por 23 anos e presidiu a Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (de 1977 a 1982 e de 1989 a 1992).

Iniciou a vida política candidatando-se ao cargo de Vereadora para a Câmara Municipal de Criciúma, em 1988, pelo Partido da Frente Liberal (PFL), ficou na posição de Suplente e não foi convocada.

Em 1990, concorreu a uma vaga no Senado Federal por Santa Catarina, pelo Partido Democrático Social (PDS), conquistou a segunda suplência do Senador eleito Esperidião Amin, com 981.963 votos. 

Com o afastamento do titular e o falecimento do primeiro Suplente Dilso Cecchin, ocorrido em 06/02/1995, foi convocada e assumiu o cargo em 29 de agosto de 1996 para a 50ª Legislatura (1995-1999), exercendo a função como titular durante no ano de 1999. Foi a segunda mulher catarinense a assumir cadeira no Senado Federal, a primeira foi Maria Shirley Donato.

No mandato, a Senadora Sandra participou das Comissões Permanentes de: Educação; Constituição e Justiça; e de Ação Social. 

Participou ainda das seguintes Comissões:

  • Comissão Especial Externa “Hospital N. S. Nazaré” (Titular);
  • Comissão Especial “Código Civil” (Titular);
  • Comissão Especial “Habitat 2” (Titular);
  • Comissão Especial “Dívida Interna Pública” (Titular);
  • Comissão Especial “Nordeste” (Suplente); e
  • Comissão Parlamentar Mista de Inquérito “Trabalho Infantil” (Suplente).

Depois do Parlamento Federal, exerceu a função de Consultora Educacional da Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina em 2003, a convite do Governador Luiz Henrique da Silveira, e a de Secretária de Desenvolvimento Social e de Habitação, de Criciúma, em 2007. 

Filiou-se ao Partido Popular Socialista (PPS) em 2007. No ano seguinte, concorreu novamente ao cargo de Vereadora para a Câmara Municipal de Criciúma, obteve a posição de suplente, mas não foi convocada.

Desde 2017, Sandra Guidi é membro titular do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina (CEE).

Imagem

Foto - A Senadora Sandra Guidi tomando posse no Conselho de Educação de SC
Fonte: DENIS, Luciano.

Mandatos

Referências

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete: Biografia. Sandra Guidi. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjg2NzU=>. Acesso em: 5 fev. 2018.

DENIS, Luciano. Educação: Sandra Guidi toma posse no Conselho de Educação. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjg2NjI=>. Acesso em: 19 jul. 2018.

MENDONÇA, Eliane Cunha. A Participação das Senadoras na Produção Legislativa: 49ª (1991/1995) e 52ª (2003/2007) Legislaturas. 2009. 74 f. TCC (Graduação) - Curso de Adminstração Legislativa, , Universidade do Legislativo Brasileiro - UNILEGIS, Brasília, DF, 2009. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDc0NTM=>. Acesso em: 1 nov. 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SANTA CATARINA. CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO. Institucional: Estrutura Organizacional. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjg2NDk=>. Acesso em: 19 jul. 2018.

SANTA CATARINA. TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Sandra Guidi. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjg3MDE=>. Acesso em: 19 jul. 2018.

SENADO FEDERAL. Perfil: Sandra Guidi. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjg2ODg=>. Acesso em: 5 fev. 2018.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Sandra Guidi. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1105-Sandra_Guidi>. Acesso em: 03 de dezembro de 2021.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2020)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2020)

Memória Política de Santa Catarina