Udo Deeke
Udo Deeke

Engenheiro, natural de Blumenau/SC. Interventor Federal em Santa Catarina, no século XX. Secretário da Viação e Obras Públicas e da Agricultura de Santa Catarina, entre outros cargos ocupados.

Informações Gerais

Nome completo
Udo Arthur Deeke
Filiação
Caetano Arthur Deeke e Rosália Deeke
Nascimento
29/12/1905
Local de nascimento
Blumenau/SC
Falecimento
23/09/1985
Local de falecimento
Blumenau/SC
Formação
Engenheiro Civil
Profissão
Engenheiro
Partido
Partido Social Democrático (PSD)

Udo Deeke

Nasceu em 29 de dezembro de 1905, em Blumenau/SC. Filho do agrimensor Caetano Arthur Deeke e de Rosália Deeke. Casou com Olga Weickert Deeke, com quem teve filhos.

Fez os estudos primários na terra natal. Em Florianópolis/SC, estudou no Colégio Catarinense, onde cursou o secundário e concluiu o ginasial em 1922. Continuou a formação no Rio de Janeiro/RJ, onde se diplomou Engenheiro Civil pela Escola Politécnica, no ano de 1928. 

Trabalhou na empresa International Machinary Company (1929-1930). Depois desempenhou as seguintes funções: Chefe do Serviço Técnico da Diretoria de Terras e Colonização do Estado de Santa Catarina (1930-1932); Chefe da Seção Técnica da Inspetoria de Estradas e Rodagem e Minas do Estado (1932); Diretor de Obras Públicas e Serviços de Água e Esgoto e Luz e Força de Florianópolis. (1933-1945); e Professor do Instituto Politécnico em Florianópolis (1932), lecionando as disciplinas de Hidráulica Técnica e Aplicada e Geometria. 

Nos anos de 1945 e 1946, foi Secretário da Viação e Obras Públicas e da Agricultura de Santa Catarina.

Nomeado pelo governo Federal, assumiu como Interventor Federal no Estado catarinense e exerceu as funções de 5 de fevereiro de 1946 a 26 de março de 1947. Substituiu Luiz Gallotti, e transmitiu a administração para o Governador eleito, Aderbal Ramos.  

Presidiu a Comissão de Energia Elétrica do Estado e foi Diretor Administrativo Regional da mesma Comissão, em Blumenau.

Nas eleições de 1950, concorreu ao cargo de Governador em Santa Catarina, pelo Partido Social Democrático (PSD), recebeu 119.667 votos, na disputa vencida por Irineu Bornhausen.

Integrou o Conselho Fiscal da Associação Catarinense de Engenheiros.

Faleceu em 23 de setembro de 1985, em Blumenau/SC.

Homenagem e condecoração

  • Rua Engenheiro Udo Deeke, Salto Norte, Blumenau/SC.
  • Diploma de Honra ao Mérito da Agricultura de Santa Catarina.

Imagem

Assinatura de Udo Deeke
Fonte: CORRÊA, 1983, p. 136.

Mandatos

Referências

ACHE CEP. Engenheiro Udo Deeke. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODg2ODQ=>. Acesso em: 2 jun. 2019.

CORRÊA, Carlos Humberto Pederneiras. Os Governantes de Santa Catarina de 1739 a 1982. Florianópolis: Editora da UFSC, 1983. 356 p.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Udo Deeke. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1343-Udo_Deeke>. Acesso em: 17 de setembro de 2019.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina