Luís Alves Leite de Oliveira Belo (Filho)
Luís Alves Leite de Oliveira Belo (Filho)

Advogado e promotor público, natural de Niterói/RJ. Vereador, Deputado Provincial e Deputado Federal pelo Rio de Janeiro, Presidente das Províncias de Sergipe/SE, Paraná/PR e Santa Catarina/SC.

Informações Gerais

Filiação
Luís Alves Leite de Oliveira Belo e Eulália Pulquéria de Oliveira Bulhões
Nascimento
05/03/1849
Local de nascimento
Niterói/RJ
Falecimento
23/05/1915
Local de falecimento
Rio de Janeiro/RJ
Formação
Direito
Profissão
Advogado e promotor público
Partido
Partido Liberal

Luís Alves Leite de Oliveira Belo (Filho)

Nasceu no dia 5 de março de 1849, em Niterói/RJ. Filho de Luís Alves Leite de Oliveira Belo e de Eulália Pulquéria de Oliveira Bulhões. 

Casou com Leôncia de Sousa Breves, com quem teve oito filhos: Eulália Justina; Regina; Luiz; Joaquim; José Manuel; Francisco; Maria Luiza e Maria Margarida. A esposa era filha do Comendador Joaquim José de Souza Breves e de Maria Isabel de Moraes Breves.

Bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito de São Paulo, em 1871, e foi membro do Partido Liberal.

Promotor Público em Baependi/MG. Mudou-se para o Rio de Janeiro/RJ, onde foi várias vezes Deputado Provincial na Assembleia Provincial, lutou pelo ensino obrigatório e por aberturas de escolas e estradas.

Foi Chefe de Polícia e Diretor do Diário Oficial, no Paraná/PR.

Nomeado por Carta Imperial, foi Presidente das seguintes Províncias brasileiras:

  • Sergipe - governou de 28 de julho de 1880 a 5 de abril de 1881;
  • Paraná - administrou de 3 de setembro de 1883 a 5 de junho de 1884, preocupou-se com a instrução pública e a libertação dos escravos;
  • Santa Catarina - governou de 19 de julho a 17 de novembro de 1889. Recebeu o cargo de Abdon Batista. Com a Proclamação da República, em 15 de novembro de 1889, foi substituído no Estado pela Junta Governativa catarinense de 1889, formada por João Batista do Rego Barros Cavalcanti de Albuquerque, Alexandre Marcelino Bayma e Raulino Horn.

Retornou ao Rio de Janeiro em 1896, onde foi Vereador e Deputado Federal eleito por esse Estado (1900-1902). 

Faleceu em 23 de maio de 1915, no Rio de Janeiro/RJ.

Obras publicadas

- Os Farrapos (1877) - romance.
- Conferências da Escola da Glória.
- História da Imprensa Nacional.
- Discursos na Maçonaria em São Paulo (1872).
- A Igreja Perante a História (1873).
- A Educação Nacional (1873).
- O Espírito do Século XIX (1874).
- Política Geral – discurso na Assembleia do Rio de Janeiro (1874).
- Ensaio da Tribuna Popular (1875).

Imagens

Imagem - Assinatura de Luís Alves de Oliveira Belo (Filho)
Fonte: CORRÊA, 1983, p. 65.
 
Foto - Família Oliveira Belo
Fonte: BREVESCAFÉ - História do Café no Brasil Imperial.
 
Retrato - da esposa Leôncia de Souza Breves
Fonte: BREVESCAFÉ - História do Café no Brasil Imperial.

Mandatos

  • Executivo/Estadual

    Governador

    Partido Liberal
    Presidente da Província
Referências

BREVES CAFÉ. Os Oliveira Belo. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODk2MTQ=>. Acesso em: 11 jun. 2019.

CORRÊA, Carlos Humberto Pederneiras. Os Governantes de Santa Catarina de 1739 a 1982. Florianópolis: Editora da UFSC, 1983. 356 p.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete Biográfico: Luís Alves Leite de Oliveira Belo. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODk1ODg=>. Acesso em: 11 jun. 2019.

GENI. Luiz Alves Leite de Oliveira Bello, Filho. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODk2MDE=>. Acesso em: 11 jun. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Luís Alves Leite de Oliveira Belo (Filho). 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1364-Luis_Alves_Leite_de_Oliveira_Belo_Filho>. Acesso em: 22 de agosto de 2019.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina