Cid Campos
Cid Campos

Advogado, natural de Desterro/SC. Deputado Constituinte de 1935 e Deputado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, no século XX. Secretário de Estado do Interior e Justiça e da Fazenda no mesmo Estado.

Informações Gerais

Filiação
Leonardo Jorge de Campos Júnior e Cândida de Oliveira Campos
Nascimento
29/03/1893
Local de nascimento
Desterro/SC
Formação
Direito
Profissão
Advogado
Partido
Partido Republicano Catarinense (PRC)

Cid Campos

Nasceu em 29 de março de 1893, em Desterro (atual Florianópolis/SC). Filho de Leonardo Jorge de Campos Júnior e de Cândida de Oliveira Campos. Casou com Olga Garofallis, filha de Leopoldina e de Constantino Garofallis.

Cid Campos estudou no Colégio Catarinense, na terra natal, depois prosseguiu a formação no Colégio Nossa Senhora da Conceição, em São Leopoldo/RS, e na Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, onde cursou Direito e se formou em 1916.

De volta à Santa Catarina, atuou como Delegado Auxiliar (1917-1918), Oficial de Gabinete do Governador Hercílio Luz, e Inspetor Escolar em Lages.

Foi Chefe de Polícia do Estado, de 28 de setembro a 31 de dezembro de 1926, e Secretário de Estado de duas pastas: do Interior e Justiça (de 1º de janeiro de 1927 a 14 de maio de 1930) e da Fazenda, interino, em diversas oportunidades.

Duas vezes eleito Deputado Estadual ao Congresso Representativo de Santa Catarina (Assembleia Legislativa), pelo Partido Republicano Catarinense (PRC), para as seguintes Legislaturas: 11ª Legislatura (1919-1921), eleito com 655 votos, tomou posse e renunciou para assumir como Juiz de Direito da Comarca de Canoinhas; e 12ª Legislatura (1922-1924), obteve 8.317 votos, exerceu o mandato e foi Suplente de Secretário da Mesa Diretora nos anos de 1923 e 1924.

Novamente eleito Deputado Estadual ao Parlamento catarinense pela coligação “Por Santa Catarina”, com 35.547 votos, assumiu para a Legislatura (1935-1937) e foi Deputado Constituinte de 1935.

Mandatos

Referências

Hospedes e Viajantes: Dr. Cid Campos. República: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 9 out. 1918. p.4, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDY5ODc=>. Acesso em: 17 set. 2017.

Na Capital. Gazeta do Commercio. Joinville, 3 fev. 1917. Cartões Postaes, p.5, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDcwMTA=>. Acesso em: 17 set. 2017.

MENSAGEM APRESENTADA AO CONGRESSO REPRESENTATIVO EM 22 DE JULHO DE 1921 PELO ENGENHEIRO CIVIL, HERCÍLIO PEDRO LUZ, VICE GOVERNADOR, NO EXERCÍCIO DO CARGO DE GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATHARINA. Florianópolis, 22 jul. 1921. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDY5Njc=>. Acesso em: 17 set. 2017.

ALESC. Constituição Estadual de 1935. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjkzMzc=>. Acesso em: 16 mar. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Cid Campos. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/187-Cid_Campos>. Acesso em: 17 de setembro de 2019.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina