Adir Gentil
Adir Gentil

Administrador, natural de Florianópolis/SC. Vereador na terra natal, Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e Senador, representando os catarinenses, no final do século XX e início do século XXI.

Informações Gerais

Nome completo
Adir Cardoso Gentil
Filiação
Adir da Silva Gentil e Zenite Cardoso Gentil
Nascimento
04/09/1958
Local de nascimento
Florianópolis/SC
Formação
Administração de Empresas
Profissão
Administrador
Partido
Partido da Frente Liberal (PFL), Partido Democrático Social (PSD) e PODEMOS
Base Eleitoral
Grande Florianópolis

Adir Gentil

Nasceu em 4 de setembro de 1958, em Florianópolis/SC. Filho de Adir da Silva Gentil e de Zenite Cardoso Gentil. Casou com Eduvirgem Cardoso, com quem teve quatro filhos.

Na terra natal, estudou no Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Santa Catarina. Formou-se em Administração de Empresas pela Fundação Universidade do Rio Grande, em Rio Grande/RS.

Foi Diretor da Sopesca Ltda., Procurador da Inglestur Ltda. e Diretor Administrativo Financeiro do Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (CIASC).

Em Florianópolis, foi Secretário Municipal de Relações Institucionais, de Infraestrutura e de Transportes e Obras Públicas (1992) e duas vezes Vereador na Câmara Municipal: eleito em 1982, pelo Partido Democrático Social (PSD), para mandato de 1983-1988, sendo 2º Secretário da Mesa Diretora da Casa; e em 1988, eleito pelo Partido da Frente Liberal (PFL), para o período de 1989-1992, presidiu o Legislativo municipal e o Diretório de seu partido na Capital. Licenciou-se para concorrer a cargo Estadual.

Nas eleições de 1990, pelo PFL, disputou vaga de Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, obteve 11.725 votos, ficou Suplente e foi convocado para a 12ª Legislatura (1991-1995).

No pleito de 1994, ficou na posição de segundo suplente de Vilson Kleinübing, eleito Senador por Santa Catarina, pelo PFL, com 914.799 votos. Com o falecimento de Kleinübing (23.10.1998), assumiu o primeiro suplente, Geraldo Althoff, que se licenciou em maio de 2002, quando Adir Gentil assumiu o mandato para a 51ª Legislatura (1999-2003). Entre suas propostas, está o Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo a instituir Programa Nacional de Apoio ao Desenvolvimento do Setor Artesanal, que acabou sendo arquivado ao final da legislatura. Participou de Comissões técnicas, entre elas, a Comissão de Educação, Cultura e Esporte e a Comissão de Meio Ambiente.

Em 1998, concorreu a uma das vagas ao Legislativo Estadual catarinense, recebeu 5.485 votos e não foi convocado.

Em 2007, participou da implantação do Shopping Capim Dourado, em Palmas/TO. Em 2012, coordenou com sucesso a campanha do candidato a Prefeito, Carlos Amasth, e presidiu a Comissão de Transição de Governo.

Foi subprefeito da Região Sul de Palmas, Secretário Municipal e presidiu o Partido PODEMOS no Tocantins.

Em 2018, candidatou-se a Deputado Federal pelo Paraná, mas desistiu durante a campanha e não foi eleito.

Imagem

Foto - Adir Gentil quando eleito Deputado Estadual
Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina - 1945 a 2018.

Mandatos

Referências

AGÊNCIA SENADO. Adir Gentil assume no lugar de Althoff. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjE5NTM=>. Acesso em: 8 fev. 2018.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

CÂMARA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS. Legislaturas anteriores. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjE5MTQ=>. Acesso em: 8 fev. 2018.

GAZETA DO POVO. Eleições 2018 - Candidato Adir Gentil. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjIwMDU=>. Acesso em: 7 jan. 2019.

JORNAL OPÇÃO. Com 10 mil servidores, Palmas tem excesso de funcionários. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjE5OTI=>. Acesso em: 8 fev. 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

PREFEITURA DE PALMAS. Subprefeitura da Região Sul. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjE5NjY=>. Acesso em: 8 fev. 2018.

REDAÇÃO JM NOTÍCIA. dir Gentil comenta ingresso no Podemos e fala em palanque de 2018. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjE5Nzk=>. Acesso em: 8 fev. 2018.

Senado Federal. Adir Gentil. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjE5Mjc=>. Acesso em: 8 fev. 2018.

Senado Federal. Projeto de Lei do Senado n° 233. 2002. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjE5NDA=>. Acesso em: 8 fev. 2018.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Adir Gentil. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/21-Adir_Gentil>. Acesso em: 17 de setembro de 2019.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina