Fernando Viegas
Fernando Viegas

Oficial da Aeronáutica e professor, natural de Santos/SP. Deputado Constituinte de 1967, Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e Deputado Federal, representando os catarinenses, no século XX.

Informações Gerais

Nome completo
Fernando Brüggemann Viegas de Amorim
Filiação
Narbal Viegas de Amorim e Helyetti Brüggemann Viegas de Amorim
Nascimento
01/08/1925
Local de nascimento
Santos/SP
Falecimento
08/09/1987
Local de falecimento
Florianópolis/SC
Formação
Militar
Profissão
Militar e professor
Partido
União Democrática Nacional (UDN), Aliança Renovadora Nacional (ARENA) e Partido Democrático Social (PDS)

Fernando Viegas

Nasceu em 1o de agosto de 1925, em Santos/SP. Filho de Narbal Viegas de Amorim e de Helyetti Brüggemann Viegas de Amorim. Casou com Bernadete Garofallis Viegas de Amorim, com quem teve Rita de Cássia e Maria Fernanda.

Fez os estudos primários no Grupo Escolar Lauro Müller, o curso secundário concluiu no Colégio Catarinense, ambos na capital catarinense, Florianópolis. Na Escola de Aeronáutica de Campos dos Afonsos, no Rio de Janeiro/RJ, realizou o curso Prévio de Aeronáutica (1950-1951), e formou-se Aviador Militar, no ano de 1953. Fez cursos de aperfeiçoamento nos Estados Unidos da América.

Desempenhou funções e atribuições de caráter técnico-militar, de 1946 a 1950. Foi Professor de História Geral e do Brasil no Instituto Estadual de Educação e no Colégio Estadual “Dias Velho”, em Florianópolis, entre 1957 e 1958.

Em 1958, disputou vaga de Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, pela União Democrática Nacional (UDN), com 4.028 votos, ficou Suplente e foi convocado para a Legislatura (1959-1963), ocupou a função de Vice-líder e Líder da bancada do partido, entre 1959 e 1962.

Concorreu para o cargo de Prefeito Municipal de Florianópolis, pela UDN, no pleito de 1959, ficou na segunda colocação.

Para a Legislatura (1963-1967), elegeu-se Deputado Estadual ao legislativo catarinense, pela UDN, com 6.503 votos. Durante o mandato, com a instauração do bipartidarismo no Brasil, Fernando ingressou na Aliança Renovadora Nacional (ARENA), sendo Líder da bancada na Assembleia, no ano de 1966.

Pela ARENA, concorreu à vaga de Deputado ao mesmo Parlamento, eleito com 11.717 votos, integrou a Assembleia Constituinte Estadual de 1967 e a  Legislatura (1967-1971), exerceu o cargo de 1º Secretário da Mesa Diretora da Casa, em 1968.

Em 1969, teve o mandato cassado pelo Regime Militar e os seus direitos civis suspensos por 10 anos.

Impedido de ocupar cargos públicos, exerceu diversas atividades: Superintendente da Financeira de Santa Catarina (FINASC) (1969-1970); Gerente do Grupo Financeiro Áurea, de Florianópolis (1970-1972); Diretor do Conselho Administrativo da Pátria Companhia Brasileira de Seguros Gerais (1974-1976); Fundador do Instituto de Cooperativas Habitacionais de Santa Catarina (1976); e Presidente Executivo da Reflorestadora Santa Catarina (REFLORESC), em 1976 e 1983.

Com a promulgação da Lei da Anistia, em 1979, readquiriu seus direitos. Ocupou os cargos de Presidente do Banco do Estado de Santa Catarina (BESC) e de Delegado do Ministério da Educação em Santa Catarina.

Nas eleições de 1982, disputou vaga de Deputado Federal por Santa Catarina, filiado ao Partido Democrático Social (PDS), obteve 29.979 votos, ficou na suplência e foi convocado para a 47ª Legislatura (1983-1986). Representou a Câmara dos Deputados na 76ª Conferência Interparlamentar, realizada em Buenos Aires, Argentina, no ano de 1986.

Faleceu em 8 de setembro de 1987, em Florianópolis/SC.

Em sessão especial ocorrida em 13 de agosto de 2019, a Assembleia Legislativa catarinense restituiu, de modo simbólico, o mandato do Deputado Fernando Viegas e de outros que tiveram seus mandatos cassados pelo regime militar na década de 1960.  

Homenagens e Comendas

  • Escola Básica Municipal Fernando Brüggemann Viegas de Amorim, em Biguaçu/SC.
  • Rua Deputado Fernando Viegas, Ponta das Canas, em Florianópolis.
  • Medalha Militar da Campanha do Atlântico Sul.
  • Medalha dos 150 anos do Poder Legislativo de Santa Catarina.
  • Recebeu da Assembleia Legislativa catarinense, em 1999, in memoriam, homenagem pelas legislaturas exercidas.

Imagem

Assinatura do Deputado Fernando Brüggemann Viegas de Amorim
Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina - 1945 a 2018.

Mandatos

Referências

ARAUJO, Camilo Buss. OS POBRES EM DISPUTA: Urbanização, política e classes populares no Morro da Caixa d’Água, Florianópolis – anos 1950 e 1960. 2006. 170 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de História, Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTk3MTU=>. Acesso em: 11 set. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

CEP/CORREIOS. busca "Fernando Viegas". Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTk2NzM=>. Acesso em: 27 dez. 2018.

ESCOL.AS. EB Mun Fernando Brüggemann Viegas de Amorim. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTk2ODY=>. Acesso em: 27 dez. 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SANTA CATARINA. Agência Alesc. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Mandatos cassados no regime militar são restituídos pela Alesc. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTE5NTg=>. Acesso em: 14 ago. 2019.

SANTA CATARINA. ALESC. Diário da Assembleia: nº 4.683. 1999. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzUwMTY=>. Acesso em: 18 set. 2018.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: nº 5.256. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTk2OTk=>. Acesso em: 27 dez. 2018.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa. Constituição Estadual de 1967. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjkzNjM=>. Acesso em: 16 mar. 2017.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Fernando Viegas. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/269-Fernando_Viegas>. Acesso em: 28 de fevereiro de 2021.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2020)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2020)

Memória Política de Santa Catarina