José Caetano Cardoso
José Caetano Cardoso

Militar e funcionário público, natural de Desterro/SC. Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, por três vezes, no século XIX.

Informações Gerais

Filiação
Manoel Caetano Cardoso e Ana Maria de Jesus
Nascimento
18/09/1811
Local de nascimento
Desterro/SC
Falecimento
06/12/1881
Local de falecimento
Desterro/SC
Formação
Militar
Profissão
Militar e funcionário público
Partido
Partido Liberal

José Caetano Cardoso

Nasceu em 18 de setembro de 1811, em Desterro/SC (atual Florianópolis). Filho de Manoel Caetano Cardoso e Ana Maria de Jesus. Casou com Maria Constância da Silveira Cardoso e tiveram filhos. A esposa dele era filha de Joaquim Inácio da Silveira e de Teresa de Jesus Maria.

Após a criação da Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, foi escolhido um dos primeiros servidores da Casa, ocupando a função de amanuense (escriturário), a partir de 25 de abril de 1835.

Como militar, recebeu as promoções de Tenente, serviu na 3ª Companhia do 1º Batalhão de Infantaria da Guarda Nacional (13 de setembro de 1840), e a de Capitão, trabalhou na 1ª e na 3ª Cia. do 1º Batalhão da Guarda Nacional (2 de dezembro de 1845). Reformado em 13 de setembro de 1855.

Em 1854 era Tesoureiro da Irmandade do Divino Espírito Santo, estabelecida na Capital da Província (Desterro).

Eleito três vezes Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, participou da: 17ª Legislatura (1868-1869), eleito com 153 votos, escolhido 1º Secretário da Mesa Diretora nos dois anos; 22ª Legislatura (1878-1879), novamente eleito 1º Secretário; e 23ª Legislatura (1880-1881), mais uma vez 1º Secretário da Assembleia durante o biênio.

Faleceu em 6 de dezembro de 1881, em Desterro/SC.

Mandatos

Referências

Capitulo Terceiro: Disposições geraes. O Argos : Da Provincia de Santa Catharina. Desterro, 9 jul. 1857. , p. 1-2. Disponível em: <https://goo.gl/FSCKEH>. Acesso em: 18 mai. 2017.

Injustiça. A Regeneração: Jornal da Provincia de Santa Catharina. Desterro, 2 out. 1869. Noticiario, p. 2-2. Disponível em: <https://goo.gl/dz4mjR>. Acesso em: 18 mai. 2017.

Municipio da Capital. A Estrella: Periodico Litterario, Politico e Noticioso. Desterro, 13 jun. 1861. , p. 4-4. Disponível em: <https://goo.gl/7s6SSL>. Acesso em: 18 mai. 2017.

Obtuario do mes de junho de 1862. O Mercantil: Jornal da Provincia de Sancta Catharina. Desterro, 3 jul. 1862. , p. 3-3. Disponível em: <https://goo.gl/Fj36ct>. Acesso em: 18 mai. 2017.

Titulo XIX: Disposições geraes. Gazeta de Joinville: Orgam dos interesses agricolas, mercantis e industriaes desta Provincia e especialmente da Comarca de S. Francisco. Joinville, 29 jun. 1880. , p. 3-3. Disponível em: <https://goo.gl/xG8Zkh>. Acesso em: 18 mai. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

CARDOSO, José Caetano. Annuncios. O Correio Catharinense. Desterro, 10 mai. 1854. , p. 4-4. Disponível em: <https://goo.gl/hWjsFF>. Acesso em: 18 mai. 2017.

CONTEÚDO ABERTO. IN: WIKIPÉDIA: A ENCICLOPÉDIA LIVRE. José Caetano Cardoso. Disponível em: <https://goo.gl/HRJzMd>. Acesso em: 18 mai. 2017.

GENOVEZ, Felipe. Nomes Ilustres de Chefes de Polícia, Oficiais da Guarda Nacional e Delegados de Polícia no Estado de Santa Catarina: Século XIX. 2014. Disponível em: <https://goo.gl/LMCz8H>. Acesso em: 26 abr. 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia De Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia José Caetano Cardoso. 2018. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/526-Jose_Caetano_Cardoso>. Acesso em: 12 de dezembro de 2018.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2018)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2018)

Memória Política de Santa Catarina