José Mendes da Costa Rodrigues
José Mendes da Costa Rodrigues

Militar, comerciante e advogado provisionado, natural de Desterro/SC. Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, por duas vezes, no século XIX.

Informações Gerais

Filiação
Joaquim Rodrigues Pereira Mendes e Mariana Benedita da Costa
Ano nascimento
1821
Local de nascimento
Desterro/SC
Falecimento
25/06/1905
Local de falecimento
Porto Belo/SC
Profissão
Militar, comerciante, advogado (entre outras ocupações)
Partido
Partido Conservador

José Mendes da Costa Rodrigues

Nasceu em Desterro/SC (atual Florianópolis), em março de 1821. Filho de Joaquim Rodrigues Pereira Mendes e Mariana Benedita da Costa. Casou com Constância Zeferina Borges, em Porto Belo/SC, a 24 de maio de 1848, e tiveram o filho Francisco.

Inicialmente trabalhou como ferreiro, depois ingressou no Exército. Recebeu a patente de Sargento Quartel Mestre do 3º Batalhão da Guarda Nacional, transferido para Laguna/SC, onde serviu nos anos de 1839 e 1840.

Em 1847, com Agostinho Alves Ramos, José Mendes fundou o Partido Conservador em Itajaí (na época, pertencia à Porto Belo).

Elegeu-se Deputado para a Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, integrou a Legislatura (1848-1849), e participou da Comissão de Estatísticas, responsável pela criação de Freguesias, delimitação das unidades político-administrativas, jurídicas e eclesiásticas, além de elevação das freguesias à vilas, entre outros assuntos. Nas eleições ocorridas em 19 de outubro de 1851, recebeu 69 votos e foi reeleito para a Legislatura (1852-1853), da mesma Assembleia.

Em 13 de junho de 1860, aconteceu a instalação da sede do governo e a posse dos Vereadores da Câmara de Tijucas, entre eles, José Mendes da Costa Rodrigues (Secretário).

A partir de 14 de abril de 1853, passou a trabalhar como Agente dos Correios, em Porto Belo. Na mesma localidade foi Juiz de Paz, a partir de 28 de agosto de 1859, e Advogado provisionado (não formado, mas com autorização para exercer).

Alugou uma casa de sua propriedade para a administração instalar a Cadeia em Porto Belo, de 1870 a 1880, mas tinha outras em seu patrimônio.

Atuou como Delegado do Termo de São Sebastião de Tijucas/SC (hoje Tijucas), nomeado em 21 de outubro de 1887, e Conselheiro Municipal de Tijucas, no ano de 1896.

Faleceu no dia 25 de junho de 1905, em Porto Belo/SC.

Mandatos

Referências

A HISTÓRIA DO LEGISLATIVO: 1860 – 2012. Itajaí: Câmara de Vereadores de Itajaí, 2012. 92 p. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODg0OA==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

Eleição Provincial. O Novo Iris: Jornal Politico, Literario, Industrial e Mercantil. Desterro, 5 dez. 1851. p.2-3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODc1OQ==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

Governo da Província: Administração do Exm. Sr. Dr. Francisco José Rocha. Conservador. Desterro, 28 out. 1887. Parte Official, v. 232, p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODc4Mg==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

Governo da Província: extracto do expediente do dia 7 de maio de 1883. A Regeneração: Orgam Democrático. Desterro, 13 mai. 1883. Parte Official, p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODYwOA==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

Governo da Província: Posturas. A Regeneração: Orgam Democrático. Desterro, 24 mai. 1883. Parte Official, p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODYzMQ==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

Notícia Importantíssima: Mudança. O Argos: da província de Santa Catharina. Cidade do Desterro, 17 set. 1859. O Argos, p.1-3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODcyMw==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

Para membros da Assembléa Legislativa Provincial de Santa Catharina. O Despertador. Desterro, 1 set. 1863. A Pedido, p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODY3Nw==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

Publicações a pedido. O Despertador. Desterro, 1 mai. 1863. p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODY1NA==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

BOITEUX, José; FONSECA, Thiago da. Almanach Catharinense: para 1896. Florianópolis: Typographia da República, 1896. 239 p. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODg4NQ==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

CÂMARA DE VEREADORES DE TIJUCAS. História. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODU2Nw==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

CONTEÚDO ABERTO. IN: MAFRA: GENEALOGIA/FAMILYGROUP. “José Mendes da Costa Rodrigues”. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODU1NA==>. Acesso em: 1 jul. 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

RODRIGUES, José Mendes da Costa. Remessa epistolar aos Srs. Carlos Galdino de Souza, e Augusto Galdino de Souza. O Despertador. Desterro, 25 out. 1864. Publicações a pedido, p.4, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODcwMA==>. Acesso em: 31 mai. 2018.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia José Mendes da Costa Rodrigues. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/572-Jose_Mendes_da_Costa_Rodrigues>. Acesso em: 28 de novembro de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2020)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2020)

Memória Política de Santa Catarina