Anastácio Silveira de Sousa
Anastácio Silveira de Sousa

Militar, juiz de paz, procurador municipal e Secretário de Instrução Pública da Província. Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, por duas Legislaturas, no século XIX.

Informações Gerais

Filiação
Narciso José da Silveira e Maria Joana de Jesus
Nascimento
21/03/1809
Local de nascimento
Desterro/SC
Falecimento
05/03/1880
Local de falecimento
Desterro/SC
Formação
Militar
Profissão
Militar, Juiz de Paz, Procurador da Câmara de Desterro, Secretário de Instrução Pública da Província
Partido
Partido Liberal

Anastácio Silveira de Sousa

Nasceu em 21 de março de 1809, em Desterro/SC (atual Florianópolis). Filho de Narciso José da Silveira e Maria Joana de Jesus.

Iniciou a carreira militar como Praça Voluntário em 24 de julho de 1824. Depois foi nomeado: Cabo (em 12 de outubro de 1824), Furriel (em 1o de novembro de 1825), 2º Sargento (em 16 de janeiro de 1826), 1º Sargento (1º de outubro de 1831), Sargento Quartel Mestre (15 de maio de 1832), Major do 1º Batalhão de Infantaria da Guarda Nacional (11 de setembro de 1840). Oficialmente, foi reformado Tenente-Coronel da Guarda Nacional em 10 de abril de 1863.

Casou com Jacinta Rosa da Silveira e tiveram filhos(as).

Esteve na Campanha de Montevidéu, de 1826 a 1828.

Após a extinção do 1º Batalhão de Caçadores, integrou o 2º Corpo de Artilharia de Posição de 1ª Linha do Exército.

Foi 1º Juiz de Paz, da Paróquia de Desterro, cargo que exerceu por dezesseis anos ininterruptos.

Em 1853, era Vereador na Câmara de Vereadores de Desterro 1.

Participou da aprovação dos Estatutos da Caixa Econômica estabelecida na Capital da Província catarinense. Seu nome consta no Decreto No 1.427, de 6 de setembro de 1854.

Candidatou-se pelo Partido Liberal a Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina e elegeu-se com 113 votos, integrou a 16ª Legislatura (1866-1867) e compôs a Comissão de Estatística - uma comissão importante que tratava da criação de freguesias, elevação de freguesias à categoria de vilas, limites de unidades político-administrativas, judiciárias e eclesiásticas da Província catarinense.

Novamente candidato, recebeu 161 votos e foi eleito para a 17ª Legislatura (1868-1869), na mesma Assembleia, sendo Suplente de Secretário da Mesa Diretora no ano de 1869.

Procurador da Câmara de Desterro por doze anos, exonerado em 1869, por questões políticas.

Era Secretário de Instrução Pública da Província quando faleceu, no dia 5 de março de 1880, em Desterro, com mais de 70 anos.


1 (http://fortalezas.org/midias/arquivos/2077.pdf)

Mandatos

Referências

Anastácio Silveira de Souza. A Regeneração: Orgam do Partido Liberal. Desterro - SC, 7 mar. 1880. v. 19, p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjc4NA==>. Acesso em: 26 out. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Decreto nº 1.427, de 6 de Setembro de 1854. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjgwMA==>. Acesso em: 26 out. 2017.

CONTEÚDO ABERTO. IN: WIKIPÉDIA: A ENCICLOPÉDIA LIVRE. "Anastácio Silveira de Sousa". Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjI1NQ==>. Acesso em: 3 mai. 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Anastácio Silveira de Sousa. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/61-Anastacio_Silveira_de_Sousa>. Acesso em: 22 de outubro de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina