Miguel Francisco Fernandes
Miguel Francisco Fernandes

Padre, natural de Desterro/SC. Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, por duas vezes, no século XIX.

Informações Gerais

Filiação
José Francisco Fernandes e Rosa Antônia de Jesus
Local de nascimento
Desterro/SC
Ano falecimento
1857
Local de falecimento
Desterro/SC
Formação
Eclesiástica
Profissão
Padre

Miguel Francisco Fernandes

Nasceu na Freguesia de Nossa Senhora do Desterro/SC (hoje Florianópolis). Filho de José Francisco Fernandes e de Rosa Antônia de Jesus.

Fez os estudos de latim com o Deputado e Padre Joaquim Gomes de Oliveira e Paiva, conhecido como Padre Paiva. Em 1848, frequentou curso no Seminário São José, no Rio de Janeiro/RJ, preparatório para ser sacerdote católico. No mesmo ano passou a Subdiácono (17 de dezembro) e a Diácono (em 21 de dezembro). Ordenou-se Padre em 28 de janeiro de 1849.

Em Santa Catarina, atuou como Vigário de Nossa Senhora da Lapa do Ribeirão (de 1849 a 1853) e Vigário interino em Laguna/SC (1850). Em 1853, perdeu a irmã Leonida Rosa Fernandes, vítima da febre amarela, na Capital Desterro. Foi Coadjutor na Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Lages/SC, em 1854.

Nas eleições de 6 de setembro de 1849, elegeu-se Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, com 88 votos, e integrou a Legislatura (1850-1851). Em abril de 1851, abriu mão de receber os subsídios de Deputado, em benefício dos cofres da Província.

Anos mais tarde, eleito com 82 votos, novamente assumiu vaga na Assembleia catarinense e participou da 11ª Legislatura (1856-1857) até 9 de março de 1857, quando se licenciou do mandato.

Faleceu em Desterro/SC, em agosto de 1857.

Mandatos

Referências

Ao Respeitável Publico. O Argos: da província de Santa Catharina. Cidade do Desterro, 6 fev. 1858. p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTA2NjA=>. Acesso em: 7 jul. 2017.

Eleições. O Conciliador Catharinense: Jornal Official, Noticioso e Litterario. Desterro, 6 out. 1849. p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTAwNTU=>. Acesso em: 22 mai. 2017.

Lei de 7 de Maio de 1849. O Conciliador Catharinense: Jornal Official, Noticioso e Litterario. Desterro, 2 jun. 1849. p.1-2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTA2ODM=>. Acesso em: 7 jul. 2017.

Noticia Diversa. A Revelação: Revista Religiosa e Litteraria. Santa Catarina, 18 jun. 1853. p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTA2MTQ=>. Acesso em: 7 jul. 2017.

S. P. D.: São Pedro de Alcantara. O Correio Catharinense: Jornal Commercial, Noticioso, e Litterario. Desterro, 11 mai. 1853. p.4, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTA1OTE=>. Acesso em: 7 jul. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

VIANNA, Antonio Francisco. Ao Publico. O Novo Iris: Jornal Politico, Literario, Industrial e Mercantil. Desterro, 17 dez. 1850. p.4, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTA2Mzc=>. Acesso em: 7 jul. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Miguel Francisco Fernandes. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/704-Miguel_Francisco_Fernandes>. Acesso em: 28 de novembro de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2020)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2020)

Memória Política de Santa Catarina