Wanderley Júnior
Wanderley Júnior

Advogado, jornalista e professor, natural de Curitiba/PR. Deputado Federal representando os catarinenses, século XX.

Informações Gerais

Nome completo
Afonso Guilhermino Wanderley Júnior
Filiação
Afonso Guilhermino Wanderley e Laurinda de Sousa Xisto Wanderley
Nascimento
06/03/1891
Local de nascimento
Curitiba/PR
Falecimento
07/07/1960
Formação
Direito
Profissão
Advogado, jornalista e professor
Partido
Partido Republicano Catarinense (PRC) e União Democrática Nacional (UDN)

Wanderley Júnior

Nasceu em 6 de março de 1891, em Curitiba/PR. Filho de Afonso Guilhermino Wanderley e de Laurinda de Sousa Xisto Wanderley. Sua irmã, Júlia Wanderley, foi professora destacada no magistério paranaense. 

Afonso casou com Cecília Belo Wanderley, com quem teve quatro filhos.

Cursou magistério, lecionou em Ponta Grossa/PR, ingressou na Marinha de Guerra, foi Oficial-Professor da instituição e atuou na Escola de Aprendizes Marinheiro de Santa Catarina, em Desterro/SC (hoje Florianópolis).

Formou-se em Direito na Faculdade de Direito da Universidade do Paraná e lecionou as disciplinas de Direito Comercial, Teorias dos Contratos e Obrigações Comerciais e Direito Internacional na Faculdade de Direito de Santa Catarina.

Um dos fundadores da Faculdade de Direito de Santa Catarina (1932), 15º Patrono da Academia Catarinense de Letras Jurídicas (ACALEJ), Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SC) e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina.

Iniciou a vida política filiado ao Partido Republicano Catarinense. Posteriormente, ajudou a fundar a União Democrática Nacional (UDN) em Santa Catarina.

Como jornalista, destacou-se por lutar a favor da redemocratização do Brasil no período do Estado Novo (1937-1945).

Disputou quatro eleições de Deputado Federal por Santa Catarina, pela UDN, em três exerceu mandato:

  • 38ª Legislatura (1946-1951), recebeu 7.756 votos, ficou suplente e não foi convocado;
  • 39ª Legislatura (1951-1954), eleito com 14.023 votos - o segundo mais votado de seu partido;
  • 40ª Legislatura (1955-1959), obteve 19.723 votos, novamente o segundo na ordem de votação da UDN, tomou posse no dia 2 de fevereiro de 1955;
  • 41ª Legislatura (1959-1963), com 13.746 votos, ficou 1º Suplente, convocado no início de 1959, foi empossado e desempenhou atividades parlamentares.

Faleceu em 7 de julho de 1960. Seu corpo foi velado no Palácio Cruz e Sousa, no Centro de Florianópolis.

Na Câmara foi susbtituído por Celso Ramos Branco.

Homenagens

  • Escola de Educação Básica Wanderley Júnior, São José/SC.
  • Rua Deputado Wanderley Júnior, Bairro Ahú, em Curitiba/PR.
  • Rua Deputado Wanderley Júnior, Bairro Monte Cristo, em Florianópolis/SC.
  • Rua Wanderley Júnior, Bairro Campinas, em São José/SC.
  • Rua Wanderley Júnior, Bairro Senador Vasconcelos, no Rio de Janeiro/RJ.

Mandatos

Referências

Projeto nº 3.184, de 1961. Diário do Congresso Nacional. Capital Federal, 13 fev. 1962. n. 8, p.247, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzY0MDA=>. Acesso em: 19 mar. 2019.

ARAÚJO, Silvete Aparecida Crippa. Júlia Wanderley, Modelo das Professoras Paranaenses (1874 – 1918) . In: X CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO - EDUCERE, 10., 2011, Curitiba. I Seminário Internacional de Representações Sociais, Subjetividade e Educação... . Curitiba: Champagnat, 2011. p. 3280 - 3293. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzYzNDE=>. Acesso em: 18 mar. 2019.

CAROLINA, Ana; JARAMILLO, Daniel. Os mistérios do Palácio Cruz e Souza. 2014. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzYzNTQ=>. Acesso em: 19 mar. 2019.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete Biográfico: Afonso Guilhermino Vanderley Júnior. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzYzODA=>. Acesso em: 19 mar. 2019.

ESCOL.AS. Eeb Wanderley Junior. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzY0MTY=>. Acesso em: 19 mar. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

RODRIGUES, Natália. Estado Novo. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjA0MzI=>. Acesso em: 21 mai. 2017.

SANTA CATARINA. Centro de Ciências Jurídicas - UFSC. Histórico. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzk0OTg=>. Acesso em: 8 out. 2018.

SANTA CATARINA. Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Mais de 10 desembargadores de SC são homenageados pela recém-criada Acalej. 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzYzNjc=>. Acesso em: 18 mar. 2019.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Wanderley Júnior. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1119-Wanderley_Junior>. Acesso em: 01 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina