Arnaldo Schmitt Junior
Arnaldo Schmitt Junior

Engenheiro Agrônomo, natural de Itajaí/SC. Duas vezes Prefeito na terra natal, Deputado Estadual na Casa Legislativa e Deputado Federal representando os catarinenses, século XX. Secretário de Estado do Meio Ambiente.

Informações Gerais

Filiação
Arnaldo Schmitt e Ana Molleri Schmitt
Nascimento
27/08/1942
Local de nascimento
Itajaí/SC
Formação
Engenharia Agronômica
Profissão
Engenheiro Agrônomo
Partido
Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e Aliança Renovadora Nacional (ARENA)

Arnaldo Schmitt Junior

Nasceu em Itajaí/SC, em 27 de agosto de 1942, um dos nove filhos de Arnaldo Schmitt e Ana Molleri Schmitt. 

Arnaldo Schmitt Junior fez o curso primário no Colégio São José e cursou o colegial no Salesiano, ambos em Itajaí. Completou o curso Científico no Colégio Catarinense, em Florianópolis. Formou-se Engenheiro Agrônomo na Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel da Universidade Federal de Pelotas, Rio Grande do Sul, em 1966. 

Em 1967 passou no concurso para Engenheiro Agrônomo no IBRA (Instituto Brasileiro de Reforma Agrária), em Brasília/DF. 

Cursou Planejamento Regional no Centro Nacional de Colonização e Reforma Agrária, em Brasília, e pós-graduação em Desenvolvimento Rural e Reforma Agrária no Instituto Interamericano de Ciências Agrícolas do Centro Integrado de Reforma Agrária da Organização dos Estados Americanos, em Bogotá, Colômbia, em 1969. 

Em 1970, foi responsável por projetos de reforma agrária e colonização em Minas Gerais. Em 1972 foi transferido para o IBRA de Santa Catarina e depois nomeado coordenador do INCRA na região (CR 10). Foi coordenador até 1975 e entregou mais de três mil títulos de propriedade rural. 

Em 1975 foi nomeado pelo Governador, Antônio Carlos Konder Reis, Presidente da Eletrificação Rural de Santa Catarina (ERUSC). Seguindo o lema "governar é encurtar distâncias", Schmitt ampliou a rede de distribuição elétrica em mais de 12 mil quilômetros, levando eletricidade às áreas mais recônditas da zona rural catarinense. 

Em 1978, foi eleito como o segundo Deputado Federal mais votado por Santa Catarina. 

Em 1982 foi eleito Prefeito de Itajaí para um mandato de então seis anos. Durante esse período, entre outras coisas, construiu um número recorde de postos de saúde e de contratação de médicos e enfermeiras. Na agricultura, institui a chamada "patrulha mecanizada", uma frota de tratores e equipamentos para aragem e preparação para o plantio, acessível a todos os agricultores do município gratuitamente. 

Depois do seu mandato como Prefeito, foi nomeado Secretário do Meio Ambiente (SEDUMA), período no qual conduziu projeto de despoluição do Rio do Peixe. 

Foi eleito Deputado Estadual, em 1990, e votado Vice-Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (ALESC) pelos seus pares. 

Em 1992 foi novamente eleito Prefeito de Itajaí. Durante o mandato, então de quatro anos, Schmitt se destacou na área da educação e Itajaí passou a ser a primeira cidade do Brasil em que todos os alunos da rede municipal tinham acesso a um computador, um PC para cada duas crianças. Schmitt municipalizou o Porto de Itajaí, fazendo dele o único porto municipalizado do Brasil. Nesse mandato, também construiu uma das maiores ciclovias urbanas contínuas do país. 

Em 1997 foi nomeado Presidente do Banco de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina (BADESC). 

Em 2008, foi nomeado Superintendente do Porto de Itajaí. 

É casado com Iolanda Almeida Schmitt, tem três filhos e três netas.

* Texto enviado pela assessoria do Deputado Arnaldo Schmitt Junior, em 06/12/2018.

Mandatos

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Arnaldo Schmitt Junior. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/123-Arnaldo_Schmitt_Junior>. Acesso em: 01 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina