Paulo Melro
Paulo Melro

Engenheiro, natural de Blumenau/SC. Deputado Federal representando os catarinenses, século XX. Diretor e presidente da CELESC e coordenador do planejamento energético estadual e de eletrificação rural.

Informações Gerais

Nome completo
Paulo Affonso de Freitas Melro
Filiação
Luís de Freitas Melro e Elsa Schneider de Freitas Melro
Nascimento
07/03/1928
Local de nascimento
Blumenau/SC
Falecimento
12/02/2011
Local de falecimento
Blumenau/SC
Formação
Engenharia
Profissão
Engenheiro
Partido
Partido Democrático Social (PDS) e Partido da Frente Liberal (PFL)
Base Eleitoral
Vale do Itajaí

Paulo Melro

Nasceu em 7 de março de 1928, em Blumenau/SC. Filho de Luís de Freitas Melro e de Elsa Schneider de Freitas Melro. Casou com Araci Moellman, com quem teve cinco filhos. Depois do falecimento da primeira esposa, casou com Elisiana Haverrot.

Concluiu o primário no Colégio Santo Antônio, em Blumenau. O ginasial realizou no Colégio Catarinense, em Florianópolis/SC, e no Colégio Bom Jesus, em Joinville/SC. Fez o curso científico no Colégio Itajubá e formou-se em Engenharia pelo Instituto Eletrotécnico de Itajubá, atual Escola Federal de Engenharia de Itajubá/MG, (1952). 

Ainda em 1952, retornou ao Estado natal e passou a integrar a Empresa Força e Luz de Santa Catarina. Presidiu a Comissão de Energia Elétrica de Santa Catarina (1961) e coordenou o planejamento energético estadual e o de eletrificação rural. Nas Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. (CELESC) foi diretor e presidente. Desenvolveu uma série de atividades profissionais, de classe e públicas listadas mais adiante.

No ano de 1982, elegeu-se Deputado Federal por Santa Catarina, pelo Partido Democrático Social (PDS), recebeu 44.702 votos, tomou posse à 47ª Legislatura (1983-1986). Na Câmara coordenou a Bancada do Partido da Frente Liberal (PFL) em 1985, e participou das seguintes Comissões Permanentes:

  • Minas e Energia - Titular, em 1983, e 1º Vice-Presidente em 1985;
  • Trabalho e Legislação Social - Suplente (1983).
  • Finanças - Membro, em 1985.
  • Transportes - Suplente, em 1985.

Integrou a Comissão Mista do Congresso encarregada de analisar o I Plano de Desenvolvimento da Nova República (I PND-NR) e foi membro da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que discutiu a política nacional de mineração sobre a concessão de alvarás para a extração e a comercialização de minerais estratégicos.

Em 1986, concorreu à reeleição de Deputado Federal por Santa Catarina, pelo PFL, obteve 14.503 votos, ficou suplente e não foi convocado.

Faleceu em 12 de fevereiro de 2011, em Blumenau/SC.

Atividades profissionais desempenhadas e cargos públicos ocupados

  • Chefe, Departamento de Distribuição da Empresa Força e Luz Santa Catarina S.A., 1952;
  • Conselheiro Econômico do COETEL/SC;
  • Superintendente, SUDESUL (Superintendência do Desenvolvimento do Sul), Minter/RS, 1967-1979;
  • Membro das Comissões de Planejamento, Controle e Orçamento do Estado de Santa Catarina, 1961-1967;
  • Presidente, Comissão de Coordenação Regional do Sul, Minter, 1970;
  • Membro, Comissão Estadual de Energia, 1979-1982;
  • Membro, Comissões de Desenvolvimento Regional e Coordenação do Minter;
  • Membro, Comissão Executiva do Projeto Noroeste do Paraná, Acordo Governo Brasileiro e OEA e da Comissão Nacional da Bacia do Prata;
  • Representante de Santa Catarina na Comissão Interestadual da Bacia do Paraná, Uruguai, 1961-1967;
  • Representante do Governo Federal na Comissão Mista Brasileiro-Uruguaia para o Desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim, 1972;
  • Presidente (1980) e Membro do Conselho de Administração (1979-1982), da Companhia de Energização Rural de Santa Catarina;
  • Diretor-Presidente, CELESC, 1979-1982;
  • Diretor Regional da Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem;
  • Presidente das Centrais Elétricas do Sul do Brasil (ELETROSUL), 1987.

Atividades sindicais representativas de classe associativas e conselhos

  • Presidente, do Conselho-Diretor do Projeto Noroeste do Paraná e dos Conselhos de Administração, CELESC, 1979-1982;
  • Presidente da Usina de Gaseificação do Vale S.A. e da Usina de Gás do Sul S.A., 1980;
  • Membro dos Conselhos Consultivos do Departamento de Engenharia de Obras de Saneamento (SC);
  • Membro da Sociedade Termoelétrica do Capivari/SC, 1961-1967;
  • Membro dos Conselhos de Desenvolvimento da Comercialização, 1981, de Desenvolvimento Industrial, 1971 e Agropecuário, 1976, do Rio Grande do Sul;
  • Membro do Conselho de Administração da Companhia Catarinense de Água e Saneamento, 1979-1982;
  • Membro do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) da 10ª Região, Florianópolis/SC;
  • Membro da Sociedade dos Engenheiros do Rio Grande do Sul;
  • Membro da Associação dos Engenheiros do Vale do Itajaí, Blumenau/SC; Membro da Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem do Rio de Janeiro.

Mandatos

Referências

Falecimento. Jornal da Celos. Florianópolis, 1 fev. 2011. n. 173, p.6, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODM3Mzc=>. Acesso em: 28 abr. 2019.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Biografia: Paulo Melro. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODM3MTc=>. Acesso em: 28 abr. 2019.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete Biográfico: Paulo Afonso Freitas de Melro. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODM3MDQ=>. Acesso em: 28 abr. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Paulo Melro. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1276-Paulo_Melro>. Acesso em: 01 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina