Francisco da Silva Ramos Júnior
Francisco da Silva Ramos Júnior

Militar e comerciante, natural de São José/SC. Vereador na terra natal, Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina e Prefeito de Desterro/SC, século XIX.

Informações Gerais

Filiação
Francisco da Silva Ramos e Jesuína Cândida Vieira de Mello
Nascimento
08/10/1845
Local de nascimento
São José/SC
Falecimento
06/05/1910
Local de falecimento
Florianópolis/SC
Formação
Militar
Profissão
Militar e comerciante
Partido
Partido Liberal

Francisco da Silva Ramos Júnior

Nasceu em 8 de outubro de 1845, em São José/SC, e foi batizado em 15 de novembro do mesmo ano. Filho de Jesuína Cândida Vieira de Mello e do Coronel Francisco da Silva Ramos.

Seu pai foi Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina e Vereador em São José/SC. Seu irmão, João da Silva Ramos Júnior, igualmente foi Deputado na mesma Assembleia Provincial.

Na carreira militar, Francisco alcançou as seguintes promoções: Alferes (nomeado em 20 de fevereiro de 1867), atuando na 1ª Cia. do 1º Batalhão de Infantaria de São José; Tenente (a partir de 19 de agosto de 1868), servindo na mesma Cia.; Capitão (após 16 de dezembro de 1870), trabalhando na 3a Cia. do mesmo Batalhão; e Tenente-Coronel (nomeação de 13 de julho de 1880), Comandando o 1º Batalhão de Infantaria de São José e de São Miguel/SC. Além de ser militar ativo, dedicou-se ao comércio.

Em 10 de setembro de 1871, casou com Ana Vieira de Mello (filha de João Vieira da Rosa) e tiveram as filhas: Maria Carolina, Alice, Alexínia e Adolphina, todas “da Silva Ramos”.

Eleito Vereador à Câmara Municipal de São José, exerceu mandatos nos períodos de: 1873-1877; 1877-1881 e 1887-1890.

Candidato eleito pelo Partido Liberal, com 580 votos, tornou-se Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina e tomou posse para a 27ª Legislatura (1888-1889). No biênio foi Suplente de Secretário da Mesa Diretora da Casa.

No Executivo, já filiado ao Partido Republicano Catarinense (PRC), foi Presidente da Intendência de Desterro/SC (hoje Florianópolis), atual cargo de Prefeito Municipal, em duas ocasiões:

  • de 11 de fevereiro de 1891 a 5 de março de 1891 - Presidente interino, e
  • de 31 de dezembro de 1891 a 24 de novembro de 1892 - Presidente nomeado pelo Governo Estadual. 
Faleceu em 6 de maio de 1910, em Florianópolis/SC.

Mandatos

Referências

Eleição Provincial. Regeneração: Orgam do Partido Liberal. Desterro, 9 mar. 1888. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzEyODM=>. Acesso em: 10 jul. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

GENEALOGIEONLINE. Francisco da Silva Ramos Júnior. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzEyNTA=>. Acesso em: 10 jul. 2017.

GENEANET. Francisco da Silva Ramos Júnior. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzEyMzc=>. Acesso em: 10 jul. 2017.

GENI. Francisco da Silva Ramos Júnior. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzEyNjM=>. Acesso em: 10 jul. 2017.

GENOVEZ, Felipe. Nomes Ilustres de Chefes de Polícia, Oficiais da Guarda Nacional d Delegados de Polícia no Estado de Santa Catarina - Século XIX. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjc1MQ==>. Acesso em: 13 set. 2016.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Francisco da Silva Ramos Júnior. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/284-Francisco_da_Silva_Ramos_Junior>. Acesso em: 07 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina