Gervásio Maciel
Gervásio Maciel

Funcionário público, técnico em contabilidade, professor, advogado e jornalista, natural de Palhoça/SC. Prefeito de Ituporanga/SC e Deputado Estadual no Parlamento Catarinense, final do século XX e início do XXI. Mentor da Exposição Catarinense de Cebola.

Informações Gerais

Nome completo
Gervásio José Maciel
Filiação
Francisco Walwerd Maciel e Ernestina R. Maciel
Nascimento
28/10/1942
Local de nascimento
Palhoça/SC
Formação
Direito
Profissão
Funcionário Público Estadual, Técnico em Contabilidade e Advogado
Partido
ARENA, PDS, PPR

Gervásio Maciel

Nasceu em Palhoça/SC, em 28 de outubro de 1942. Mudou para Ituporanga/SC, em 1944, acompanhado da família. Seu pai, Francisco Walverd Maciel, foi trabalhar na Colonizadora Catarinense. A família de seu avô havia contraído malária no litoral e o pai, então, resolveu mudar-se com os filhos para Ituporanga. Seus nomes são: Christiane Regina Maciel, Marcelo Adriano Maciel, Josane Mara Maciel e Ana Christina Maciel.

Iniciou na vida pública em 1974, com a candidatura a Deputado Estadual. Quando o governo de Santa Catarina era comandado por Antônio Carlos Konder Reis, foi suplente e assumiu a cadeira durante a legislatura. Em 1978, 1990 e 1994 foi Deputado Estadual eleito. Em 1998 disputou a eleição à Câmara Federal. Foi Prefeito de Ituporanga, entre 1983 e 1988, por seis anos, de 2000 a 2004, foi vice do Prefeito Carlos Hoegen.

Formação:

  1. Curso 1º grau: Escola de Educação Básica Mont’ Alverne de Ituporanga, em 1952.
  2. Curso 2º grau: Curso Técnico em Contabilidade na Escola Técnica de Comércio Santo Estevão de Ituporanga, em 1962.
  3. Curso Superior: Curso de Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade do Vale do Itajaí, em dezembro de 1975.

Cargos públicos exercidos:

  1. Professor de Ensino Primário em Petrolândia/SC, em 1960;
  2. Oficial Maior e responsável pelo expediente do Cartório de Registros de Imóveis de Ituporanga, de 1960 a 1966;
  3. Professor e Secretário da Escola Técnica de Comércio Santo Estevão de Ituporanga, de 1968 a 1970;
  4. Contador e Chefe da Fazenda da Prefeitura de Ituporanga, entre 1966 e 1969;
  5. Contador da Prefeitura de Rio do Sul/SC, entre 1969 e 1971;
  6. Assessor Técnico Instrutivo e Chefe da Secretaria do Corpo Especial do Tribunal de Contas do Estado (TCE), de 1971 a 1973;
  7. Assessor de Planejamento, em Comissão, na Prefeitura de Ituporanga, entre 1973 e 1975;
  8. Chefe da Assessoria de Planejamento, em Comissão, da Secretaria do Governo e Diretor da Biblioteca Pública do Estado, entre 1975 e 1977;
  9. Auditor Substituto de Conselheiro do TCE.

Promovido por acesso para o cargo efetivo de Assessor Técnico Jurídico do Tribunal de Contas do Estado (TCE), depois Auditor do TCE.

Gervásio foi o mentor da antiga EXPOCACE (Exposição Catarinense de Cebola), com a primeira sendo realizada no governo de Antônio Vandresen, em 1976, do qual era Secretário e Chefe de Gabinete. Na época, o presidente da festa foi Léo Muller. Quando prefeito, em 1985, tendo Osni Francisco de Fragas como Presidente da Festa Nacional da Cebola, realizaram uma festa que teve lucro de 155 milhões de cruzeiros, que foram aplicados na compra das 60 hectares de terra em Lageado Águas Negras para a instalação da EMPASC, atual EPAGRI, e o pagamento do Parque Municipal da Cebola.

Gervásio conta que quando deputado notou que a comercialização da cebola era muito monopolizada, ou seja, tinha apenas quatro compradores e isso dificultava o escoamento a preço justo da produção. Na primeira festa, a cidade já havia recebido 12 compradores do produto oriundos de outros estados. A festa ajudou não somente os produtores de cebola, mas outras culturas que aqui eram produzidas e chamaram a atenção de compradores de fora. Lembra ainda que a questão turística também foi levada em conta, especialmente nos moldes do turismo europeu.

Atividades particulares:

  1. Técnico em Contabilidade Comercial e Industrial;
  2. Advogado;
  3. Professor;
  4. Jornalista.

Trabalhos realizados:

  1. Reorganização da Secretaria da Escola Técnica de Comércio, de Ituporanga;
  2. Reforma Administrativa, compreendendo serviço de secretaria, pessoal, contabilidade e tributação, inclusive legislação básica nas prefeituras de Ituporanga, Imbuia, Alfredo Wagner e Rio do Sul;
  3. Elaboração e implantação de sistemas maquinizados de contabilidade, de pessoal e de lançamentos de tributos municipais, para pequenas e médias Prefeituras da região do Alto Vale, Grande Florianópolis e Região Serrana;
  4. Elaboração dos sistemas acima para mecanização eletrônica - Audit  5;
  5. Presidente da AMAVI e da FECAM em 1983;
  6. Vice Presidente do BESC, 1999-2000;
  7. Diretor-Presidente da Rádio Sintonia, 1310 AM de Ituporanga;
  8. Comentarista Político.

* Texto enviado pela assessoria do Deputado Gervásio Maciel.

Atualizações

No pleito de 2020, Gervásio disputou o cargo de Prefeito de Ituporanga, pelo Progressistas (PP), tendo por Vice Geison Kurtz (do Partido Social Liberal - PSL), na coligação "Trabalho e Competência", e foram eleitos com 8.715 votos (60,42%).

Mandatos

Referências

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Gervásio Maciel. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/350-Gervasio_Maciel>. Acesso em: 07 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina