Ivens Bastos de Araújo
Ivens Bastos de Araújo

Advogado, promotor público, procurador e jornalista, natural de Manaus/AM. Deputado Constituinte de 1935 e Deputado Estadual no Parlamento Catarinense, século XX. Três vezes Secretário de Estado.

Informações Gerais

Filiação
Alfredo Porfírio de Araújo e Amália Bastos de Araújo
Nascimento
15/03/1903
Local de nascimento
Manaus/AM
Falecimento
14/02/1967
Local de falecimento
Petrópolis/RJ
Formação
Direito
Profissão
Advogado, promotor público, procurador e jornalista
Partido
Partido Liberal Catarinense (PLC)

Ivens Bastos de Araújo

Nasceu em 15 de março de 1903, em Manaus/AM. Filho de Alfredo Porfírio de Araújo e de Amália Bastos de Araújo.

Realizou os estudos primários na terra natal e mudou para Belém do Pará/PA, em 1909. Concluiu o curso ginasial no Colégio Catarinense, em Florianópolis/SC, em 1921. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade do Rio de Janeiro/RJ, em 1926.

Casou com Antônia Júlia de Sousa Menezes e Araújo, com quem teve Roberto Ivens e Maria de Lourdes. Sua esposa era filha de Rodrigo Inácio de Sousa Menezes e de Maria Amélia de Mascarenhas Menezes

Redigiu o jornal A Noite, colaborou com o jornal O País, do Rio de Janeiro/RJ, e com o Correio Paulistano, de São Paulo/RJ. 

Em Santa Catarina foi aprovado em concurso para Agente Fiscal (1921), Promotor Público das Comarcas de Laguna, nomeado a 3 de dezembro de 1930, e de Tijucas, onde pediu exoneração do cargo, em 1932. 

Assumiu como Secretário da Interventoria no Governo de Aristiliano Ramos, e exerceu a função de abril de 1933 a março de 1935. 

Integrou a Sociedade Catarinense Protetora dos Animais (1934). 

Pelo Partido Liberal Catarinense (PLC), ao qual era filiado desde 1930, elegeu-se Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, com 35.754 votos, para a Legislatura (1935-1937). Nesta legislatura, foi Deputado Constituinte de 1935, Líder da maioria na Assembleia em todo o período e Relator Geral da Comissão de Constituição.

Foi Secretário de Estado da Segurança Pública (1938-1941) e Secretário de Estado do Interior, Justiça, Educação e Saúde, de 9 de novembro a 24 de dezembro de 1945. 

Membro do Conselho Nacional do Trabalho (1942-1945) e da Ordem dos Advogados do Brasil, além de Assessor da Delegação Brasileira na Conferência Pan-Americana para medidas policiais e jurídicas na defesa do Continente (1942). 

Procurador do Estado do Rio de Janeiro (1949-1964). 

Ocupou a cadeira 9 da Academia Catarinense de Letras e integrou o Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina (após 1935).

Faleceu em 14 de fevereiro de 1967, em Petrópolis/RJ.

Homenagens e Comendas

  • Agraciado com a Comenda da Ordem da Coroa da Itália.
  • Condecorado pela Medalha da Ordem do Rio Branco, do Governo Brasileiro.
  • Recebeu da Assembleia Legislativa catarinense um troféu, in memoriam, em 1999, pela legislatura exercida.

Mandatos

Referências

Concurso de Agentes Fiscais. O Estado. Florianópolis, 4 ago. 1921. p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjAyMTI=>. Acesso em: 5 out. 2017.

Edital. O Estado. Florianópolis, 23 abr. 1935. p.4, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjAxODk=>. Acesso em: 5 out. 2017.

Exames: Gimnasio Catharinense. República: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 10 dez. 1919. p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjAyODE=>. Acesso em: 5 out. 2017.

Instituto Histórico e Geográphico. O Estado. Florianópolis, 25 nov. 1935. p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjAyNTg=>. Acesso em: 5 out. 2017.

Sociedade Catharinense Protetora dos Animais. O Estado. Florianópolis, 4 set. 1934. p.3, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjAyMzU=>. Acesso em: 5 out. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SANTA CATARINA. Constituição de 1935. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjMwNDM=>. Acesso em: 7 nov. 2016.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. . Diário da Assembleia: nº 4.683. 1999. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzUwMTY=>. Acesso em: 18 set. 2018.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Ivens Bastos de Araújo. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/405-Ivens_Bastos_de_Araujo>. Acesso em: 06 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina