Jesuíno Lamego - Almirante Lamego
Jesuíno Lamego - Almirante Lamego

Militar, natural de Laguna/SC. Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, Deputado Geral e Senador representando os catarinenses, no século XIX. Almirante Lamego e II Barão de Laguna.

Informações Gerais

Nome completo
Jesuíno Lamego da Costa
Filiação
Nicolau José Lamego e Joaquina Antônia de Jesus
Nascimento
13/09/1811
Local de nascimento
Laguna/SC
Falecimento
16/02/1886
Local de falecimento
Rio de Janeiro/RJ
Formação
Militar
Profissão
Militar
Partido
Partido Conservador

Jesuíno Lamego - Almirante Lamego

Nasceu no dia 13 de setembro de 1811, em Laranjeira, Laguna/SC. Filho de Nicolau José Lamego e de Joaquina Antônia de Jesus. Irmão de Firmino e José, que também fizeram carreira na marinha. Jesuíno casou com Leonor Auta de Oliveira da Costa e tiveram a filha Joaquina Rosa de Oliveira da Costa. 

Com sete anos de idade foi estudar no Rio de Janeiro/RJ. Aos quinze se alistou na Marinha e seu batismo de fogo foi nas Campanhas Navais do Rio da Prata. 

Vida militar

Na carreira militar recebeu as promoções de: 2º Tenente (18 de dezembro de 1826); 1º Tenente (7 de setembro de 1837); Capitão-Tenente (15 de março de 1840); Capitão de Fragata (14 de março de 1849); Capitão de Mar e Guerra (3 de março de 1952); Vice-Almirante (1874); Reformado Almirante da Armada (15 de dezembro de 1876).

 Trajetória na Marinha:

  • Habilitação de Piloto (1829).
  • Comandante da Corveta Dona Amélia (Navio de Guerra à vela), em 23 de julho de 1930, quando tinha 19 anos.
  • Comandante Militar da Vila de Santa Maria de Belém de Icatu, no Pará, (2 de novembro de 1839).
  • Comandante da Divisão do Rio da Prata (de 9 de agosto de 1852 a 14 de outubro de 1854, e a partir de 26 de maio de 1857).
  • Comandante Chefe da Divisão do Rio da Prata (1874).
  • Comandante da Estação Naval do Rio de Janeiro (13 de março de 1855).
  • Chefe da Estação Naval do Rio de Janeiro (2 de dezembro de 1856).
  • Encarregado do Quartel General da Marinha (28 de setembro de 1861).
  • Inspetor do Arsenal da Marinha (15 de abril de 1863).
  • Chefe de Esquadra (21 de janeiro de 1867).
  • Comandante do 1º Distrito Naval do Rio de Janeiro (16 de dezembro de 1873).
  • Conselheiro de Guerra.

Vida política

Representando a Província de Santa Catarina, pelo Partido Conservador, assumiu como Deputado na Assembleia Geral do Império (atual cargo de Deputado Federal) à 10ª Legislatura (1857-1860), após a morte de Jerônimo Francisco Coelho, como suplente convocado. 

Pelo mesmo partido, elegeu-se Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina para a 12ª Legislatura (1858-1859) e como suplente à 16ª Legislatura (1866-1867).

Eleito Deputado Geral mais duas vezes, pelo Partido Conservador, tomou posse à 14ª Legislatura (1869-1872) e à 15ª Legislatura (1872-1875). Nesta última, afastou-se do cargo para disputar vaga de Senador.

Foi eleito Senador do Império por Santa Catarina à 15ª Legislatura (1872-1875), pela chapa conservadora, após o falecimento do segundo colocado na lista tríplice, Joaquim Xavier Neves, sendo escolhido pela Regente Princesa Isabel, no dia 11 de dezembro de 1872. Permaneceu no cargo nas seguintes legislaturas: 16ª Legislatura (1877-1878); 17ª Legislatura (1878-1881); 18ª Legislatura (1882-1884); 19ª Legislatura (1885); e 20ª Legislatura (1886-1889).

Faleceu em 16 de fevereiro de 1886, no Rio de Janeiro/RJ.

Condecorações

  • Barão de Laguna - por Decreto Imperial de 12 de maio de 1871.
  • Veador de Sua Majestade a Imperatriz.
  • Oficial da Ordem do Cruzeiro Oficial (3 de março de 1852).
  • Cavaleiro da Imperial Ordem da Rosa (1841).
  • Cavaleiro da Ordem Real de S. Estanislau, na Rússia (1872).
  • Dignatário da Ordem da Rosa.
  • Oficial da Legião de Honra da França, nomeado em 1866.
  • Comendador da Ordem de Nossa Senhora de Vila Viçosa, em Portugal (1866).
  • Comendador da Ordem de Carlos III, na Espanha (15 de janeiro de 1867).
  • Comendador da Ordem Holandesa do Leão Neerlandez (1868).
  • Comendador da Ordem Francesa da Legião de Honra.
  • Comendador da Ordem Portuguesa da Conceição de Vila Viçosa.
  • Comendador da Ordem Espanhola de Carlos III.
  • Grã-Cruz da Ordem de São Bento de Aviz (1876).
  • Grã-Cruz da Ordem Russiana de Santo Estanislau.
  • Medalha de Ouro da Cia. do Rio da Prata, pelo combate na passagem de Tonelero.

Obras publicadas

  • Descrição a cerca dos portos de Dom Pedro II e Antonina pela comissão composta pelo Barão de Iguatemi, Barão da Laguna e Engenheiro Jeronymo Rodrigues de Moraes Jardim, no Rio de Janeiro, de 1875.
  • Relatos da viagem da Fragata a Vapor Affonso, abrindo a navegação do Paraguai.

Homenagens

  • Biblioteca Almirante Lamego - na Delegacia da Capitania dos Portos de Laguna (2014).
  • Conjunto Educacional Almirante Lamego (hoje Escola de Ensino Médio), em Laguna (1964).
  • Rua Almirante Lamego, Campo de Fora, em Laguna.
  • Rua Almirante Lamego, Centro, Florianópolis/SC.
  • Rua Almirante Lamego, Bairro Guanabara, em Joinville/SC.

Imagens

Pintura - Juramento Constitucional da Princesa Isabel
Fonte: Reprodução/ Museu Histórico Nacional.
Pintor: Francisco Tirone.
*Jesuíno Lamego é que está de frente para o pintor.
 
Foto - Escola de Ensino Médio Almirante Lamego, em Laguna
Fonte: Reprodução / Blog Valmir Guedes.

Mandatos

Referências

Eleição Geral. O Despertador. Desterro, 25 jan. 1867. n. 420, p.4, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTEwMTI=>. Acesso em: 29 jun. 2019.

ABREU, Luís Claudio Joaquim. 11 - II Barão de Laguna: Um pouco sobre Almirante Lamego. 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTEwMjg=>. Acesso em: 29 jun. 2019.

ACHE CEP. Almirante Lamego. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTA5MTk=>. Acesso em: 28 jun. 2019.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

BLAKE, Augusto Victorino Alves Sacramento. Diccionario Bibliographico Brazileiro 1827-1903. Rio de Janeiro: Conselho Federal de Cultura, 1970. 7 v.

BRASIL. Senado Federal. Senadores: Barão de Laguna Ii. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTA5NTg=>. Acesso em: 28 jun. 2019.

GUEDES, Valmir. A filha da “Árvore de Anita”. 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTA4ODc=>. Acesso em: 28 jun. 2019.

GUIA FÁCIL. Almirante Lamego. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTA5MzI=>. Acesso em: 28 jun. 2019.

GUIA MAIS. Almirante Lamego. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTA5NDU=>. Acesso em: 28 jun. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SILVA, Francisco de Assis dias da. Delegacia da Capitania dos Portos em Laguna inaugura a Biblioteca “Almirante Lamego”. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTA5NzE=>. Acesso em: 28 jun. 2019.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

ULYSSÉA, Ruben. Laguna: Memória Histórica. Brasília: Editora Letra Ativa, 2004. 310 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Jesuíno Lamego - Almirante Lamego. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/421-Jesuino_Lamego_Almirante_Lamego>. Acesso em: 27 de outubro de 2021.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2020)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2020)

Memória Política de Santa Catarina