Leodegar Tiscoski
Leodegar Tiscoski

Engenheiro civil e professor, natural de Sombrio/SC. Deputado Constituinte de 1988, Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e Deputado Federal por SC, no final do século XX e início do XXI. Secretário de Estado em Santa Catarina, entre outras importantes funções exercidas.

Informações Gerais

Nome completo
Leodegar da Cunha Tiscoski
Filiação
José Tiscoski e Celina da Cunha Tiscoski
Nascimento
02/10/1948
Local de nascimento
Sombrio/SC
Formação
Engenharia Civil
Profissão
Engenheiro civil e professor
Partido
Partido Democrático Social (PDS), Partido Progressista Reformador (PPR), Partido Progressista Brasileiro (PPB), Partido Progressista (PP)
Base Eleitoral
Sul Catarinense

Leodegar Tiscoski

Nasceu em 2 de outubro de 1948, em Sombrio/SC. Filho de José Tiscoski e de Celina da Cunha Tiscoski. Casou com Maria Elizabeth Pelegrini Tiscoski, com quem teve Leonardo e Gabriela.

Formou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 1974. Durante a graduação, presidiu o Diretório Central dos Estudantes (DCE), de 1973 a 1974. 

Entre 1971 e 1975, lecionou Física na Academia do Comércio de Santa Catarina, e Topografia na Escola Técnica Federal de Santa Catarina (atual IFSC). 

Ocupou o cargo de Chefe Regional do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), em Florianópolis/SC, de 1976 a 1982, e foi Engenheiro Coordenador da Região Sul do DER, em Tubarão/SC, entre os anos de 1982 e 1986.

Ingressou em 1986, no Partido Democrático Social (PDS), liderou o diretório estadual catarinense e no pleito realizado no mesmo ano, elegeu-se Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, com 23.775 votos, para a composição da 11ª Legislatura (1987-1991). Integrou a Assembleia Constituinte de 1988 (assinada em 5 de outubro de 1989), e as seguintes Comissões Permanentes:

  • Defesa do Consumidor;
  • Viação, Obras Públicas e Comunicações;
  • Finanças e Tributação.
  • Viação, Transportes, Desenvolvimento Urbano e Rural.

Nas eleições de 1990, renovou mandato na Assembleia Legislativa catarinense, eleito com 12.045 votos, pelo PDS, tomou posse à 12ª Legislatura (1991-1995). Licenciou-se, entre 1992 e 1994, assumiu o cargo de Secretário de Estado da Casa Civil, nomeado pelo Governador Vilson Kleinübing. Durante este período, ingressou no Partido Progressista Reformador (PPR) e participou das seguintes Comissões Permanentes:

  • Trabalho, Administração e Serviços Públicos;
  • Viação, Transportes, Desenvolvimento Urbano e Rural.

Com 21.247 votos, conquistou novo mandato de Deputado Estadual nas eleições de 1994 e integrou a 13ª Legislatura (1995-1999) do Parlamento catarinense, eleito pelo PPR. Em 1995, filiou-se ao Partido Progressista Brasileiro (PPB). Participou das seguintes Comissões Permanentes:

  • Redação de Leis (Presidente);
  • Constituição e Justiça (Titular);
  • Viação, Transportes, Desenvolvimento Urbano e Rural (Titular).

Em 1998, candidatou-se à vaga de Deputado Federal por Santa Catarina, eleito com 83.622 votos, pelo PPB, foi empossado à 51ª Legislatura (1999-2002). Licenciou-se do mandato parlamentar, entre 1999 a 2002, e exerceu o cargo de Secretário de Estado dos Transportes e Obras de Santa Catarina, na gestão do Governador Esperidião Amin.

Reelegeu-se Deputado Federal, filiado ao Partido Progressista (PP), com 102.777 votos, compondo à 52ª Legislatura (2003-2006) da Câmara. Durante este mandato, integrou as seguintes Comissões Permanentes:

  • Desenvolvimento Urbano e Interior (Suplente);
  • Fiscalização Financeira e Controle (Titular e Suplente);
  • Legislação Participativa (Titular);
  • Minas e Energia (Titular e Suplente);
  • Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (Suplente);
  • Viação e Transportes (2º Vice-Presidente, Titular, Suplente);
  • Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (Suplente).

Disputou a vaga de Deputado Federal nas eleições de 2006, recebeu 67.873 votos, ficou Suplente e não obteve convocação. Em 2018, concorreu ao mesmo Parlamento, com 34.190 votos, ficou na suplência dos Progressistas.

Entre 2007 e 2014, exerceu o cargo de Secretário Nacional de Saneamento Ambiental, órgão ligado ao Ministério das Cidades. 

Assumiu a Secretaria de Habitação e Saneamento Ambiental do município de Florianópolis, em 2016. 

Foi Secretário Executivo de Habitação e Regularização Fundiária, na Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação de Santa Catarina, de 2017 a 2018.

Durante a atuação no Legislativo catarinense e na Câmara dos Deputados, o Deputado Leodegar Tiscoski apresentou diversas proposições que poderão ser verificadas nos endereços a seguir: 

Outras atividades na Câmara dos Deputados

  • ALCA - Área de Livre Comércio das Américas (Suplente);
  • Reforma Política (Titular);
  • PEC nº 002/03, Lotação Servidor Público (Suplente);
  • PEC nº 3/99, Mandato Eletivo (Suplente);
  • PEC nº 101/03, Reeleição da Mesa (Titular);
  • PEC nº 106/99, Elegibilidade de Cônjuge e Parentes (Titular);
  • PEC nº 333/04, Câmara de Vereadores (Titular);
  • PEC nº 533/06, Competência do STF (Perda de Mandato) (Titular);
  • PEC nº 534/02, Guardas Municipais (Suplente);
  • PEC nº 574/02, Percentual Despesas Legislativo Municipal (Titular);
  • PEC nº 603/98, Terrenos de Marinha (Titular);
  • PEC nº 632-A/98, Serviço Militar Voluntário (Suplente);
  • PEC nº 140-A/92, Prazo de um ano para Promulgação da Lei Orgânica de Municípios que vierem a ser Criados (Suplente);
  • PEC nº 250-A/95, Extinção da Realização do Segundo Turno nas Eleições para Presidente da República, Governador e Prefeito (Titular);
  • PL nº 203/91, Resíduos de Serviços de Saúde (Suplente);
  • PL nº 203/91, Política Nacional dos Resíduos (Suplente);
  • PL nº 2.109/99, Patrimônio Incorporações Imobiliárias (Titular);
  • PL nº 3.337/04, Agências Reguladoras (Suplente);
  • CPI: Investigar a Devastação da Floresta Amazônica (Suplente).

Homenagens e condecoração

  • Título de Cidadão Tubaronense.
  • Recebeu da Assembleia Legislativa catarinense, em 1999, homenagem pelas legislaturas exercidas.
  • Homenageado como Deputado Constituinte de 1989, em sessão especial da Assembleia Legislativa, em 2019, nas comemorações de 30 anos da Carta Constitucional catarinense.

Imagem

Assinatura  do Deputado Leodegar Tiscoski
Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina - 1945 a 2018.

Mandatos

Referências

ABENÇOADO CIDADE AZUL. Leodegar da Cunha Tiscoski. 2016. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjg5NjE=>. Acesso em: 6 fev. 2019.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

CÂMARA DOS DEPUTADOS. Biografia: Leodegar Tiscoski. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjg5NzQ=>. Acesso em: 6 fev. 2019.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete Biográfico Leodegar Tiscoski. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjg5ODc=>. Acesso em: 6 fev. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS. Leodegar Tiscoski assume Habitação. 2016. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjkwMDA=>. Acesso em: 6 fev. 2019.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Alesc celebra os 30 anos da Constituição Estadual. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTQxNzk=>. Acesso em: 2 out. 2019.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa. Constituição Estadual de 1989. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjkzNzY=>. Acesso em: 16 mar. 2017.

SANTA CATARINA. Tribunal Regional Eleitoral. Resultado de Eleições 2002 em Santa Catarina: 1º Turno. 2018. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDY1ODY=>. Acesso em: 12 set. 2018.

SANTA CATARINA. TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resultado de Eleições 2006 em Santa Catarina. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDY1NDc=>. Acesso em: 15 out. 2018.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Leodegar Tiscoski. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/603-Leodegar_Tiscoski>. Acesso em: 26 de setembro de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina