Olímpio Adolfo de Sousa Pitanga
Olímpio Adolfo de Sousa Pitanga

Advogado, natural da Bahia/BA. Deputado na Assembleia Legislativa Provincial e Deputado no Congresso Representativo de Santa Catarina, no século XIX.

Informações Gerais

Filiação
João de Sousa Gomes Pitanga e Maria Clara de Jesus Pitanga
Ano nascimento
1836
Local de nascimento
Bahia/BA
Ano falecimento
1906
Local de falecimento
Porto/Portugal
Formação
Direito
Profissão
Advogado
Partido
Partido Liberal e Partido Republicano Federalista (PRF)

Olímpio Adolfo de Sousa Pitanga

Nasceu em setembro de 1836, na Província da Bahia/BA1. Filho de João de Sousa Gomes Pitanga e de Maria Clara de Jesus Pitanga. Bacharel em Direito (1859).

Esteve pelo Espírito Santo/ES.

Casou com Cândida Paulina Ferreira Guimarães Pitanga e tiveram filhos.

Em Santa Catarina, Olímpio foi: Secretário do Governo da Província de Santa Catarina (1860); Fiscal do Tesouro da Fazenda Provincial (1861); Diretor Geral Interino da Instrução Pública (1863); Procurador Fiscal da Tesouraria da Fazenda (1864); e Secretário da Presidência da Província (1865).

Pelo Partido Liberal, foi eleito três vezes Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina e atuou na: 16ª Legislatura (1866-1867), escolhido 1º Secretário da Mesa Diretora no biênio; 17ª Legislatura (1868-1869), recebeu 163 votos na eleição; e 23ª Legislatura (1880-1881), durante esse último mandato foi Presidente da Assembleia.

Diretor da Colônia de Itajaí-Brusque, nomeado em 8 de janeiro de 1876, indicado por Luiz Betim Pais Leme, também eleito Deputado na Assembleia Catarinense. Na direção enfrentou diversos problemas: 1.300 imigrantes precisavam se alimentar e se acomodar (as hospedarias estavam lotadas); e constantes alagamentos e problemas de saúde, em especial por disenterias. Deixou a Colônia em novembro de 1877.

No período de 1880 a 1881, presidiu a Câmara de Vereadores do Desterro (atual Florianópolis/SC) e o Diretório do Partido Liberal.

Deputado à Assembleia Geral do Império, para a 21ª Legislatura (1890-1891), que não chegou a se reunir no ano de 1889. 

Ainda em 1889, foi Inspetor dos Consulados Brasileiros na Europa. Mais tarde, assumiu como Cônsul representante do Brasil em Montreal (Canadá), Iquitos (Equador), Southampton (Inglaterra), Montevideo (Uruguai) e Porto (Portugal).

Pelo Partido Republicano Federalista (PRF), ficou na posição de Suplente de Deputado para o Congresso Representativo de Santa Catarina, foi convocado e participou da Legislatura (1892-1893), da era republicana.

Faleceu no mês de outubro de 1906, na cidade de Porto, em Portugal/PT.


1 Conforme Cabral (1958), teria nascido em Pernambuco/PE.

Mandatos

Referências

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

BRUSQUE VIRTUAL. Olímpio Adolfo de Sousa Pitanga Leme. 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTU0NTM=>. Acesso em: 11 jul. 2017.

CABRAL, Oswaldo Rodrigues. Brusque: subsídios para a história de uma colônia nos tempos de Império. Brusque: Edição da Sociedade Amigos de Brusque, 1958. 327 p. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjAyMDc=>. Acesso em: 11 jul. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Olímpio Adolfo de Sousa Pitanga. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/951-Olimpio_Adolfo_de_Sousa_Pitanga>. Acesso em: 18 de setembro de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2020)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2020)

Memória Política de Santa Catarina