José Fritsch
José Fritsch

Professor e dirigente sindical, natural de Ipumirim/SC. Prefeito em Chapecó/SC e Deputado Federal representando os catarinenses, final do século XX e início do XXI. Secretário de Aquicultura e Pesca.

Informações Gerais

Filiação
Vilibaldo Fritsch e Ereda Ludwig Fritsch
Nascimento
06/08/1954
Local de nascimento
Ipumirim/SC
Formação
Estudos Sociais e Teologia
Profissão
Professor e dirigente sindical
Partido
Partido dos Trabalhadores (PT)
Base Eleitoral
Oeste

José Fritsch

Nasceu em 6 de agosto de 1954, em Ipumirim/SC. Filho dos pequenos agricultores Vilibaldo Fritsch e Ereda Ludwig Fritsch. Casou com Ivone Klock Fritsch, com quem teve os filhos Santiago, Patricia, Daniela e Luana Fritsch.

Concluiu os estudos primários no Seminário Diocesano de Chapecó. Formou-se em Estudos Sociais pela Fundação Universitária do Desenvolvimento do Oeste (FUNDESTE), em 1976. Cursou Teologia no Instituto Teológico de Santa Catarina (ITESC), entre 1977 e 1979. 

Foi professor no Colégio Bom Pastor, de Chapecó/SC, de 1974 a 1977; Assessor da Comissão Pastoral da Terra, Diocese de Chapecó, de 1979-1987; membro da Comissão de Justiça e Paz na defesa dos presos políticos catarinenses durante a ditadura militar; dirigente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) de Santa Catarina e do Movimento de Oposição Sindical dos Trabalhadores Rurais; organizador do movimento dos atingidos por barragens do Rio Uruguai (1981-1982).

Em 1983, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT), participou do Diretório Municipal deste em Chapecó até o ano de 1985 e do Congresso de fundação da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em São Paulo. 

Concorreu a uma das vagas de Deputado Federal por Santa Catarina, em 1986, recebeu 31.227 votos - o mais votado do partido, mas não se elegeu. 

De 1989 a 1991, foi Chefe de Gabinete na Prefeitura Municipal de Campo Erê/SC.

Concorreu a Senador pelo mesmo Estado, em 1990, na coligação do PT com o Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido Comunista Brasileiro (PCB) e o Partido Comunista do Brasil (PCdoB). A chapa recebeu 158.993 votos e não foi eleita. 

Presidiu o Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina, de 1991-1994.

Nas eleições de 1994, pelo PT, elegeu-se Deputado Federal por Santa Catarina, com 39.581 votos, tomou posse à 50ª Legislatura (1995-1999). 

Em 1996, licenciou-se do mandato para concorrer a Prefeito de Chapecó; recebeu 28.257 votos, assumiu mandato em 1997. Reelegeu-se para a mesma função em 2000, licenciou-se do cargo em 2002 para concorrer ao posto de Governador de Santa Catarina. Nas eleições, recebeu 834.385 votos, ficou na terceira colocação.

Assumiu como Secretário Especial de Aquicultura e Pesca, durante o governo do  Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e exerceu funções de 2003 a 2006. 

No pleito de 2006, concorreu novamente a Governador de Santa Catarina, recebeu 468.302 votos e ficou mais uma vez na terceira colocação.

Nas eleições municipais de 2008, disputou o cargo de Prefeito de Chapecó, mas não se elegeu. Depois assumiu como Conselheiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Em 2016, foi nomeado Administrador do Terminal Pesqueiro de Laguna, no Sul catarinense.

Conheça as proposições apresentadas pelo Deputado José Fritsch na Câmara dos Deputados, no endereço a seguir: https://bit.ly/2ll9Zoa

Condecoração

Medalha de Honra do Centenário de Chapecó, em 2017.

Atividade Parlamentar na Câmara dos Deputados

Comissões Permanentes de:

  • Agricultura e Política Rural: Primeiro-Vice-Presidente (1995-1996), e Titular (1995-1997);
  • Seguridade Social e Família: Suplente (1995-1996).

Comissões Especiais:

  • PEC nº 4/95, Concessão e Distribuição do Gás Canalizado: Titular, 1995;
  • PEC nº 17/95, Fixa o Número de Deputados por Estado: Titular, 1995-1997;
  • PEC nº 89/95, Número de Vereadores: Suplente, 1996-1997;
  • PEC nº 169/93, Sistema Único de Saúde: Suplente, 1995-1997;
  • PEC nº 175/95, Altera o Capítulo do Sistema Tributário Nacional: Suplente, 1995-1997;
  • PL nº 1.325/95, Cria CNRPC;
  • PL nº 1.457/96, Institui a Lei de Proteção de Cultivares: Titular, 1996-1997.

Comissões Externas:

  • Situação das Famílias na Fazenda Safra: Titular, 1995;
  • Situação dos Trabalhadores na Fazenda Saudades, PR: Coordenador e Titular, 1995.

Mandatos

Referências

BRASIL. Câmara dos Deputados. Biografia: José Fritsch. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODYzMzY=>. Acesso em: 17 mai. 2019.

CLICRDC. Ex-Prefeitos de Chapecó são homenageados durante a EFAPI. 2017. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODYzNjI=>. Acesso em: 17 mai. 2019.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete Biográfico: José Fritsch. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODYzMjM=>. Acesso em: 17 mai. 2019.

JORNAL DE LAGUNA. Terminal Pesqueiro: José Fritsch é o novo administrador. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODYzNDk=>. Acesso em: 17 mai. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia José Fritsch. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1246-Jose_Fritsch>. Acesso em: 26 de junho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina