Ada de Luca
Ada de Luca

Advogada, natural de Criciúma/SC. Deputada Estadual na Casa Legislativa, século XXI. Uma das fundadoras do PMDB Mulher, a primeira Deputada eleita pela legenda no Parlamento Catarinense e autora do projeto que instituiu a Delegacia Virtual da Mulher no Estado.

Informações Gerais

Nome completo
Ada Lili Faraco de Luca
Gênero
Feminino
Filiação
Addo Vânio de Aquino Faraco e Nely Firmino Faraco
Nascimento
19/04/1949
Local de nascimento
Criciúma/SC
Formação
Direito
Profissão
Advogada
Partido
Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e Movimento Democrático Brasileiro (MDB)
Base Eleitoral
Sul

Ada de Luca

Nasceu em 19 de abril de 1949, em Criciúma/SC. Filha de Nely Firmino Faraco e de Addo Vânio de Aquino Faraco. Seu pai foi Vereador em Criciúma, Secretário de Estado e Deputado Estadual na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, sendo o primeiro parlamentar cassado pelo Regime Militar no Estado. 

Ada é bisneta do padre italiano Rafael Faraco, estabelecido no Brasil no ano de 1861, Deputado Provincial e Estadual em Santa Catarina, e neta de Addo Caldas Faraco, três vezes Prefeito de Criciúma. 

Casou com Walmor Paulo de Luca, quatro vezes Deputado Federal por Santa Catarina e Constituinte de 1988, com quem teve Fabiana e Giovana.

Graduada em Direito pelo Centro Universitário de Brasília, com especialização em Políticas Penitenciárias. Foi Assessora Jurídica da Câmara dos Deputados por 39 anos. 

Participava ativamente na adolescência de grêmios estudantis na região de Criciúma, onde foi uma das primeiras mulheres filiadas ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Militante por vários anos, participou dos movimentos pela anistia e pelas Diretas Já, ao lado de grandes nomes da política nacional, como Ulysses Guimarães. 

Integrou campanhas eleitorais em Santa Catarina e concorreu ao cargo de Vice-Governadora do Distrito Federal. Em 1985, foi uma das fundadoras do projeto para a ala feminina do Partido do Movimento Democrático Brasileiro, o PMDB Mulher, posteriormente, presidiu o PMDB Mulher de Santa Catarina.

Foi eleita quatro vezes Deputada para a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (ALESC), as três primeiras pelo PMDB, e tomou posse à:

  • 16ª Legislatura (2007-2011), com 30.192 votos, foi a primeira mulher eleita pela legenda ao Parlamento catarinense e a única mulher a compor a Mesa Diretora da Casa, entre 2009 e 2010, na função de 4ª Secretária;
  • 17ª Legislatura (2011-2015), recebeu 41.906 votos, licenciou-se do mandato, entre 2011 e 2014, e assumiu o cargo de Secretária de Estado da Justiça e Cidadania;
  • 18ª Legislatura (2015-2019), com 47.813 votos, licenciou-se novamente, entre 2015 e 2018, e reassumiu a Secretaria da Justiça e Cidadania;
  • 19ª Legislatura (2019-2023) conquistou 34.501 votos, pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), iniciando o seu quarto mandato no Legislativo catarinense. Exerceu as seguintes atividades parlamentares: presidente da Comissão de Direitos Humanos; coordenadora da Frente Parlamentar de Combate à Violência Doméstica; membro da Bancada do Sul; integrante da Bancada Feminina, sendo coordenadora dessa Bancada do início da Legislatura até o final do primeiro semestre de 2021; e procuradora da Procuradoria Especial da Mulher da Alesc, criada em 2021.

Foi vice-presidente da Comissão Especial da ALESC (constituída pelo Ato da Presidência-DL 23/2020, de 22/9/2020) responsável pela análise e emissão de parecer sobre a denúncia por crime de responsabilidade, contra o Governador do Estado, Carlos Moisés, nos seguintes fundamentos: irregularidades na compra dos 200 respiradores junto à Veigamed; prestação de depoimento falso à CPI dos Respiradores; destinação de crédito extraordinário e simultâneo lançamento de Edital viciado para instalação e operação de hospital de campanha em Itajaí/SC e omissão na adoção de procedimentos administrativos para responsabilizar os ex-secretários de Estado da Saúde e da Casa Civil; sigiloso e ilegal empenho de verba de equivalência aos procuradores do Estado; retirada imotivada do projeto de Reforma da Previdência; e tentativa de supressão do duodécimo pelo Executivo; e contra a Vice-Governadora, Daniela Reinehr, nos seguintes fundamentos: negligência à conservação do patrimônio público catarinense, na supervisão do planejamento e do sistema de orçamento, e à arrecadação das rendas, impostos e taxas, nos casos de acompanhamento/fiscalização do processo que resultou na compra dos 200 respiradores; e omissão quanto ao pagamento da verba de equivalência aos procuradores do Estado, na tentativa de contratação do hospital de campanha em Itajaí/SC, na retirada, pelo Executivo, da Reforma da Previdência e na supressão do duodécimo do Executivo. A Deputada Ada presidiu a reunião de instalação da referida Comissão - REP Nº 0002.6/2020 – Processo Nº 6919/2020 - segundo impeachment: tramitou de 10/8/2020 a 7/5/2021.

A Deputada é autora do projeto que "dispõe sobre o registro de ocorrências relacionadas a todos os casos que envolvam violência contra a mulher por meio da Delegacia Virtual da Polícia Civil de Santa Catarina, em razão da pandemia da COVID-19" (PL./0207.3/2020), que foi aprovado pela Assembleia em 12/08/2020. 

Conheça todas as proposições apresentadas pela Deputada Ada de Luca na Assembleia Legislativa catarinense, no seguinte endereço: https://bit.ly/3E7hr9H

Participação em Comissões Permanentes na Casa Legislativa

  • Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente: Titular (2018);
  • Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência: Titular (2014);
  • Direitos e Garantias Fundamentais, de Amparo à Família e à Mulher: Presidente (2007-2008);
  • Direitos Humanos: Titular (2018), Presidente (2019);
  • Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia: Titular (2007-2008 e 2019);
  • Educação, Cultura e Desporto: Titular (2007-2008);
  • Legislação Participativa: Titular (2009);
  • Prevenção e Combate às Drogas: Titular (em 2009 e 2019);
  • Relacionamento Institucional, Comunicação, Relações Internacionais e do Mercosul: Titular (2007 e 2018-2019);
  • Saúde: Titular (2019);
  • Segurança Pública: Titular (2019);
  • Trabalho, Administração e Serviço Público: Titular (2018) e
  • Turismo e Meio Ambiente: Titular (em 2014 e 2018).

Homenagem

A parlamentar foi homenageada nas Comemorações dos 50 anos do PMDB de Santa Catarina, na Assembleia Legislativa, 2016.

Imagens

Fonte: Agência AL
 
Fonte: Agência AL

Mandatos

Referências

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

BACK, Alexandre. Assembleia presta homenagem ao PMDB pelos 50 anos de história. 2016. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjQ5MjY=>. Acesso em: 23 abr. 2018.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Biografia: Walmor de Luca. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzc1OTA=>. Acesso em: 29 mar. 2019.

DEPUTADA ESTADUAL ADA FARACO DE LUCA. Biografia: Ada Faraco De Luca. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzc1NjQ=>. Acesso em: 29 mar. 2019.

LUCIANO, Denis. Um ano sem Walmor de Luca. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTg3Mjc=>. Acesso em: 9 nov. 2020.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Criação da Procuradoria da Mulher é destaque na sessão desta terça. 2021. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTkxMTU=>. Acesso em: 14 jul. 2021.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Na estrada com a Deputada Ada de Luca. 2022. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTAyMTAx>. Acesso em: 3 mar. 2022.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Plenário aprova composição da comissão do segundo pedido de impeachment. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rOTc5NDk=>. Acesso em: 22 set. 2020.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Procuradoria da Mulher busca ampliar estrutura a todos os municípios do estado. 2022. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTAyMzAz>. Acesso em: 24 mar. 2022.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Vice-presidentes e secretários também foram eleitos e empossados na sessão de hoje. 2009. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzc2MDM=>. Acesso em: 29 mar. 2019.

SANTA CATARINA. Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania. Ada Faraco de Luca é empossada como Secretária de Estado da Justiça e Cidadania. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzc1Nzc=>. Acesso em: 29 mar. 2019.

TODA POLÍTICA. Eleições 2018: Candidatos a Deputado Estadual eleitos de Santa Catarina. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNzQ4MDg=>. Acesso em: 9 mar. 2019.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Ada de Luca. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1291-Ada_de_Luca>. Acesso em: 24 de junho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina