Indalécio Arruda
Indalécio Arruda

Advogado, jornalista e escritor, natural de Lages/SC. Prefeito na terra natal. Deputado Constituinte de 1928 e Deputado Estadual no Parlamento Catarinense, século XX.

Informações Gerais

Nome completo
Indalécio Domingues de Arruda
Filiação
José Maria Domingues de Arruda e Águeda Dolores de Aguiar Arruda
Nascimento
12/07/1884
Local de nascimento
Lages/SC
Falecimento
03/05/1972
Local de falecimento
Lages/SC
Formação
Direito
Profissão
Advogado, jornalista e escritor
Partido
Partido Republicano Catarinense (PRC)

Indalécio Arruda

Nasceu no dia 12 de julho de 1884, em Lages/SC. Filho de José Maria Domingues de Arruda e de Águeda Dolores de Aguiar Arruda.

“Seu pai ficou conhecido como "Coronel dos Coronéis da Coxilha Rica". Filho caçula de José Domingues de Arruda, José Maria demarcou a Fazenda Guarda Mor e fez seu primeiro registro no Cartório de Curitibanos. No levantamento de verbas pelos franciscanos ele doou 3 lingotes de ouro para construção da Catedral de Lages”. (SCHNEIDER, 2013)

A família Arruda teve importantes representantes na cidade de Lages e em Santa Catarina, parentes de Indalécio: Telmo Ramos Arruda (Deputado Estadual), filho de Alfeu José de Oliveira Ramos e de Celina Arruda Ramos; Henrique de Arruda Ramos (Deputado Estadual) e Rubens de Arruda Ramos (jornalista atuante, homenageado com o nome na Avenida Beira Mar Norte, em Florianópolis/SC), filhos de Vidal Ramos Neto e de Maria Arruda Ramos.

Realizou os estudos primários com o professor Simplício dos Santos Sousa, na terra natal, e os secundários fez no Colégio Nossa Senhora da Conceição (1898-1903), em São Leopoldo/RS.

Ainda no Rio Grande do Sul, matriculou-se na Escola de Odontologia de Porto Alegre, mas não chegou a cursar. Depois, ingressou na Faculdade de Direito de São Paulo e se formou em 1910.

Casou duas vezes: a primeira, com Carolina Ramos Arruda e tiveram os filhos Zita, Anita e Sálvio; a segunda foi com Eulália Andrade Arruda.

Em Lages, foi Promotor Público por quase dois anos e fundou o jornal A Notícia, no ano de 1912. Em Campos Novos/SC, assumiu como Juiz de Direito, em 1922, porém, exerceu o cargo por apenas alguns meses.

Pelo Partido Republicano Catarinense, elegeu-se duas vezes Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina para a: 13ª legislatura (1925-1927), eleito com 15.603 votos, e 14ª Legislatura (1928-1930), recebeu 18.644 votos, foi Deputado Constituinte de 1928.

Em 21 de outubro de 1939, com a aquisição do maquinário pertencente ao antigo Correio de Lages, os amigos Indalécio Arruda, João Ribas Ramos e Almiro Lustosa Teixeira de Freitas imprimiram a primeira edição do Correio Lageano, que por doze anos circulou semanalmente.

Foi também duas vezes Prefeito Municipal de Lages, nomeado pelo Governador do Estado, Nereu Ramos, exerceu de 5 de janeiro de 1938 a 14 de maio de 1941 e de 29 de outubro de 1945 até 31 de janeiro de 1946.

Faleceu em 3 de maio de 1972, em Lages/SC.

Obras

  • Lages (1960).
  • Revivendo o Passado (1972).

Homenagens

  • Rua Indalécio Domingues Arruda, Promorar, Lages/SC.
  • Homenageado com Placa Comemorativa pelos relevantes serviços prestados ao Município de Lages e ao Estado de Santa Catarina, in memoriam, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em 2000, representado pelo Vereador Aristorides Machado Melo. 

Mandatos

Referências

A Politica de lages: A acta da reunião do eleitorado. Republica: Orgão do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 28 dez. 1920. n. 662, p.2, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTE5MzA=>. Acesso em: 2 mar. 2017.

Partido Republicano Catharinense. Republica: Orgam do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 19 nov. 1924. n. 1813, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTE5NTM=>. Acesso em: 2 mar. 2017.

Partido Republicano Catharinense. Republica: Orgam do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 22 nov. 1924. n. 1816, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTE3NDA=>. Acesso em: 3 jul. 2017.

ACHE CEP. Indalécio Domingues de Arruda. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTE4Njg=>. Acesso em: 2 mar. 2017.

ARRUDA, Indalécio D.. Lages. Florianópolis: Imprensa Oficial do Governo do Estado de Santa Catarina, 1960. 1 p.

ARRUDA, Indalécio D.. Revivendo o Passado. Rio de Janeiro: Grupo Planejamento Gráfico, 1972. 1 p.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

CORREIO LAGEANO ONLINE. Correio Lageano, 75 Anos de Histórias. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTE5Njk=>. Acesso em: 27 nov. 2018.

MARQUES, Paulo. Todos os Prefeitos de Lages. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzA2NDE=>. Acesso em: 22 ago. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: nº 4.799. 2000. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDcyOTU=>. Acesso em: 7 nov. 2018.

SCHNEIDER, Ismênia Ribeiro. Família Arruda na Política de Lages e de Santa Catarina. 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTE5ODI=>. Acesso em: 2 mar. 2017.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Indalécio Arruda. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/399-Indalecio_Arruda>. Acesso em: 29 de junho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina