Carlos Chiodini
Carlos Chiodini

Empresário e gestor público, natural de Jaraguá do Sul/SC. Deputado na Assembleia Legislativa e Deputado Federal representando os catarinenses, século XXI. Secretário de Estado.

Informações Gerais

Nome completo
Carlos Alberto Chiodini
Filiação
Angelo Chiodini e Itamar Vailatti
Nascimento
08/03/1982
Local de nascimento
Jaraguá do Sul/SC
Formação
Secundária (atual Ensino Médio)
Profissão
Empresário e gestor público
Partido
PMDB e MDB
Base Eleitoral
Vale do Itapocu/SC

Carlos Chiodini

Carlos Chiodini nasceu no dia 8 de março de 1982, em Jaraguá do Sul/SC.

Seu avó, João Vailatti, apaixonado por política e ligado às causas sociais, foi uma grande liderança em Jaraguá do Sul. Esta paixão foi passada aos seus filhos, Ita Vailatti, sua mãe e grande incentivadora; e seus tios, Odair Vailatti, que foi o vereador mais votado no município com apenas 18 anos em 1972, e Osmar Vailatti, candidato a prefeito em 1976. Em 10 de dezembro de 1980 estes jovens, acompanhados do saudoso ex-governador Luiz Henrique da Silveira, fundaram o MDB em Jaraguá do Sul. Em menos de 24 horas conquistaram mais de 500 filiações.

Seus pais, Ângelo e Ita, trabalhavam como comerciantes e desde cedo transmitiram valores marcantes na educação do filho, como simplicidade, disciplina e o amor pelo trabalho.

Suas memórias de infância são de momentos importantes para a política nacional, como quando Ulysses Guimarães declarou promulgada a nova Constituição, em 1988, e quando Fernando Collor tomou posse como primeiro presidente eleito pelo povo na pós-ditadura, em 90.

Chiodini ingressou na política muito jovem, aos 17 anos se filiou ao PMDB. Quando tinha 19 anos, nasceu o Enzo, seu filho, o que lhe deu maturidade logo cedo para trabalhar e exercer a vida pública.

Vida pública

Em 1999, aos 17 anos, Carlos Chiodini ingressou na vida política, filiando-se ao PMDB. Em 2005, assumiu a presidência do PMDB de Jaraguá do Sul e também ocupou funções de coordenador regional do PMDB de Jaraguá do Sul, Schroeder, Guaramirim e Massaranduba, municípios catarinenses.

Com o objetivo de formular propostas que representassem o interesse coletivo, Carlos Chiodini candidatou-se a deputado estadual em 2006. Nessa eleição, obteve cerca de 25 mil votos, tornando-se o mais votado no Vale do Itapocu e superando em quase sete mil votos o segundo colocado.

Em 2007, assumiu a diretoria administrativa do Porto de São Francisco do Sul. No mesmo ano, Chiodini assumiu a presidência da Juventude do PMDB (JPMDB) de Santa Catarina, onde permaneceu por dois anos. Na oportunidade, pode ampliar seu destaque pelo Estado, sempre na defesa de uma nova maneira de representar os anseios e as reivindicações da sociedade.

Em 2008, Carlos Chiodini assumiu pela primeira vez como deputado estadual, no lugar do titular licenciado. De janeiro a agosto de 2009 ocupou novamente o cargo de diretor do Porto de São Francisco do Sul/SC, até desligar-se para cumprir novo mandato como deputado.

Elegeu-se deputado estadual em 2010, com 40.241 votos. Em seu mandato, foi presidente das comissões de Educação, Cultura e Desporto, e de Agricultura e Política Rural. Chiodini também atuou nas comissões de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia; Educação, Cultura e Desporto; Transporte e Desenvolvimento Urbano; Direitos da Criança e do Adolescente.

Com 49.233 votos, 23% a mais que na eleição anterior, reelegeu-se deputado estadual em 2014. No fim do mesmo ano, ele recebeu o convite para mais um desafio, o de comandar a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS). Desafio aceito e hoje Carlos Chiodini concentra suas ações em ajudar Santa Catarina a continuar trilhando pelo caminho de uma economia forte, com apoio ao setor produtivo, valorizando o meio ambiente e investindo na inovação como diferencial.

Além de secretário da SDS, hoje Carlos Chiodini é presidente da Fundação Ulysses Guimarães, presidente do Conselho Estadual de Meio Ambiente de Santa Catarina (CONSEMA), presidente do Conselho Estadual de Saneamento de Santa Catarina (CONESAN), membro do Conselho Superior do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (SEBRAE/SC), membro do Conselho Administrativo do Sapiens Parque, membro do Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC) e membro do Conselho de Administração da Agência de Fomento de Santa Catarina (BADESC).

*Texto enviado pela assessoria do Deputado Carlos Chiodini.

Atualizações

Nas eleições de 2018, Carlos Chiodini foi eleito Deputado Federal por Santa Catarina, pelo MDB, com 97.613 votos, tomou posse para a 56a Legislatura (2019-2023).

Participação em Comissões na Câmara dos Deputados

  • CPI - Práticas Ilícitas no âmbito do BNDES, Titular, desde 26/03/2019.
  • Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, Titular, desde 13/03/2019.
  • Comissão do Esporte, Suplente, desde 13/03/2019.
  • Comissão de Minas e Energia, Suplente, desde 12/03/2019.

Imagens

Foto: Solon Soares/Agência AL

Foto: Agência AL

Mandatos

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Carlos Chiodini. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/963-Carlos_Chiodini>. Acesso em: 01 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina