José Eugênio Müller
José Eugênio Müller

Empresário e industrial, natural de Itajaí/SC. Vereador na terra natal e Deputado Federal por Santa Catarina e pelo Rio de Janeiro. século XX.

Informações Gerais

Filiação
Eugênio Luís Müller e Guilhermina Büchele Müller
Nascimento
28/11/1889
Local de nascimento
Itajaí/SC
Falecimento
03/05/1973
Local de falecimento
Rio de Janeiro/RJ
Profissão
Empresário e industrial
Partido
Aliança Liberal, Partido Evolucionista Brasileiro (PEB), Partido Social Democrático (PSD)

José Eugênio Müller

Nasceu em 28 de novembro de 1889, em Itajaí/SC. Filho de Guilhermina Büchele Müller e de Eugênio Luís Müller. Casou com Maria Augusta Amaral Müller, com quem teve cinco filhos.

Seu pai foi Deputado Constituinte de 1910 e Deputado na Assembleia Legislativa, Governador em exercício e Deputado Federal, representando os catarinenses.

Seu tio, Lauro Müller, também foi Governador de Santa Catarina, Deputado Federal, Senador, Ministro da Indústria, Viação e Obras Públicas e Ministro das Relações Exteriores; e o primo de seu pai, Felipe Schmidt que, além de Governador do Estado, representou os catarinenses no Senado Federal e na Câmara dos Deputados.

Na terra natal, José concluiu os estudos iniciais, com os professores João Maria Duarte e João da Cruz e Silva. Aos 14 anos começou a trabalhar no comércio da empresa de importação e exportação Asseburg e Cia.; em 1908, passou a trabalhar com seu pai na agência Lloyd Brasileiro. Nessa época, mudou-se para o Rio de Janeiro/RJ. 

Em 1915, retornou à Itajaí, onde desenvolveu atividades industriais no setor têxtil e foi Vereador à Câmara Municipal (1919-1923). 

Participou da fundação da Aliança Liberal em Santa Catarina e da Revolução de 1930, que destituiu Washington Luís, da Presidência da República. Durante a Revolução Constitucionalista de São Paulo, organizou e comandou o 8º Batalhão de Santa Catarina, em 1932, no intuito de defender o governo provisório de Getúlio Vargas.

Pelo Partido Evolucionista Brasileiro (PEB), elegeu-se Deputado Federal por Santa Catarina, nas eleições de 1934, e participou da 37ª Legislatura (1935-1937), assumiu mandato em maio de 1935, porém, em virtude do golpe que instituiu o Estado Novo, em 1937, Getúlio Vargas fechou o Congresso Nacional e os parlamentares perderam o mandato.

Fixou residência no Rio de Janeiro, onde foi nomeado Prefeito de Nova Friburgo e exerceu funções de 28 de março a 12 de outubro de 1947, fundou o Colégio de Nova Friburgo com Luís Simões Lopes, incorporado à Fundação Getúlio Vargas, em 1950, e Prefeito eleito no mesmo município, de 1951 a 1955.

Em Nova Friburgo montou uma fábrica de raspa de mandioca e investiu em radiodifusão, na área imobiliária e no setor de hotelaria.

Presidiu o Banco do Estado do Rio de Janeiro, de 1954 a 1957.

Nas eleições de 1954, pelo Partido Social Democrático (PSD), concorreu a uma das vagas à Câmara dos Deputados pelo Rio de Janeiro, ficou Suplente, foi convocado para a 40a Legislatura (1955-1959) e exerceu atividades parlamentares entre 1957 e 1958. 

Faleceu em 3 de maio de 1973, no Rio de Janeiro/RJ.

Homenagens

  • Avenida José Eugênio Muller, São João, Itajaí.
  • Rua José Eugênio Muller, Vila Operária, em Itajaí.
  • Rua José Eugênio Muller, Meia Praia, em Navegantes/SC.
  • Rua José Eugênio Muller, Centro, Nova Friburgo.

Mandatos

Referências

José Eugênio Müller, o ex-prefeito que dá nome a paralela da A. Braune. A voz da Serra. Rio de Janeiro, 21 mar. 2018. p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODY2OTc=>. Acesso em: 20 mai. 2019.

ACHE CEP. José Eugênio Muller. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODY3MjY=>. Acesso em: 20 mai. 2019.

CÂMARA DE VEREADORES DE ITAJAÍ. Histórico. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjc5MTQ=>. Acesso em: 11 dez. 2017.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete Biográfico: José Eugênio Müller. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODY3MTM=>. Acesso em: 20 mai. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

RODRIGUES, Natália. Estado Novo. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDQ3NTI=>. Acesso em: 29 out. 2018.

RODRIGUES, Natália. Revolução Constitucionalista de 1932. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDgzNjM=>. Acesso em: 11 nov. 2018.

RODRIGUES, Natália. Revolução de 1930. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDIyMDA=>. Acesso em: 18 dez. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia José Eugênio Müller. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/993-Jose_Eugenio_Mueller>. Acesso em: 29 de junho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina