Jorge Lacerda
Jorge Lacerda

Médico, advogado e jornalista, natural de Paranaguá/PR. Deputado Federal representando os catarinenses e Governador de Santa Catarina, no século XX.

Informações Gerais

Filiação
Komninos Giorgis Lakierdis e Anastácia Joanides Lakierdis
Nascimento
20/10/1914
Local de nascimento
Paranaguá/PR
Falecimento
16/06/1958
Local de falecimento
São José dos Pinhais/PR
Formação
Medicina e Direito
Profissão
Médico, advogado e jornalista
Partido
Partido de Representação Popular (PRP)

Jorge Lacerda

Nasceu em 20 de outubro de 1914, em Paranaguá/PR. Registrado como Jorge Cominos Lacerda. Filho de Komninos Giorgis Lakierdis e de Anastácia Joanides Lakierdis, imigrantes gregos da Ilha de Kastelorizon.

Casou com Kyrana Atherino Lacerda, também de descendência grega, com quem teve Zoé, Irene e Cristina.

Na terra natal, iniciou os primeiros estudos na Escola Paroquial de Paranaguá, anos mais tarde, mudou-se com a família para Florianópolis/SC, onde concluiu o curso ginasial no Colégio Catarinense. Em 1937, formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Paraná. No ano de 1949, bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Niterói/RJ.

Residiu por muitos anos no Rio de Janeiro/RJ, onde atuou no jornalismo cultural e exerceu o cargo de Oficial de Gabinete do Ministro da Justiça, Adroaldo Mesquita da Costa, em 1949. Fundou e dirigiu o caderno literário Letras e Artes, do jornal A Manhã, que contou com a colaboração de escritores e artistas renomados, entre eles, Carlos Drummond de Andrade.

Em 1932, ingressou na Ação Integralista Brasileira (AIB), conviveu com intelectuais da época como: Plínio Salgado (fundador da AIB), San Tiago Dantas, Miguel Reale e Gustavo Barroso. Tornou-se um influente líder integralista no Sul do Brasil. 

Nas eleições de 1945, candidatou-se ao cargo de Deputado Federal por Santa Catarina, pelo Partido de Representação Nacional (PRP), obteve boa votação, mas não foi eleito. 

Pelo PRP, em aliança com a União Democrática Nacional (UDN), elegeu-se Deputado Federal no pleito de 1950, com 17.991 votos - o mais votado da coligação, e tomou posse à 39ª Legislatura (1951-1955). 

Quatro anos mais tarde, foi reeleito para a Câmara Federal, com 20.247 votos, para a 40ª Legislatura (1955-1959). Entre as atividades desenvolvidas no Parlamento, destacou-se por ter apresentado o Projeto de Construção do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e por sua defesa do Plano Nacional do Carvão, do qual foi Relator.

Em 1955, candidatou-se a Governador de Santa Catarina, pelo PRP, novamente em coligação com a UDN. Eleito com 172.548 votos, tomou posse em 31 de janeiro de 1956, recebendo o cargo de Irineu Bornhausen

Jorge Lacerda foi o precursor das audiências públicas na administração, viajava pelo Estado para ouvir da própria sociedade as demandas e toda quinta-feira recebia a população no Palácio do Governo sem agendamento prévio. 

A equipe de governo foi composta por: Hercílio Deeke e Antônio Carlos Konder Reis, (Secretários da Fazenda), Paulo Fontes (Secretário da Saúde e Assistência Social); Rubens Nazareno Neves (Secretário da Educação); Pelágio Parigot (Secretário da Segurança Pública); Aroldo Carneiro de Carvalho (Secretário da Viação e Obras Públicas); e Heitor Ferrari, da área de Planejamento e Obras.

Sua gestão foi marcada pela reestruturação administrativa, quando aconteceu o maior aumento salarial para o funcionalismo público estadual (70%), pelo primeiro levantamento aerofotográfico de Santa Catarina, para auxiliar na expansão das estradas e nos estudos das bacias hidrográficas, e pelos incentivos à cultura, como a reforma do Museu de Arte Moderna no Estado. Entre tantas obras realizadas, destacam-se:

  • Sociedade Termelétrica de Capivari (SOTELCA), hoje Complexo Termelétrico Jorge Lacerda;
  • Construção de 48 escolas, incluindo o Instituto Estadual de Educação (IEE), em Florianópolis, atualmente a maior escola pública da América do Sul;
  • Iniciadas as bases para a construção da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);
  • Criação da Faculdade de Engenharia de Joinville, em 1956;
  • Construção de 50 pontes e 10 estradas, como a conclusão da primeira estrada asfaltada estadual, ligando Blumenau a Itajaí, e a reforma da estrada Dona Francisca, ligação entre a BR-101 e São Bento do Sul.

Seu mandato foi interrompido em 16 de junho de 1958, quando faleceu em São José dos Pinhais/PR, vítima de desastre aéreo, num voo que partiu de Florianópolis. O avião, um Convair CV-440, de matrícula PP-CEP, da Cruzeiro do Sul, acidentou-se durante o pouso, matando dezoito pessoas, entre elas, Nereu Ramos (ex-Presidente da República) e Leoberto Leal (Deputado Federal). 

Foi sucedido pelo Vice-Governador Heriberto Hülse, que permaneceu na função até 31 de janeiro de 1961.

Outras atividades exercidas

  • Chefe de Divisão do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado (IPASE);
  • Médico do Serviço de Assistência aos Menores (SAM);
  • Membro da Associação Brasileira de Imprensa (ABI).

Homenagens

  • O município catarinense de Lacerdópolis recebeu este nome em sua homenagem.
  • Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, em Capivari de Baixo/SC.
  • Diversos logradouros (ruas, avenidas, etc.) e escolas com seu nome no Estado de Santa Catarina.
  • A Assembleia Legislativa de Santa Catarina realizou diversas sessões solenes para homenagear Jorge Lacerda e suas realizações, a última foi na ocasião de seu centenário de nascimento, em 2014 - quando houve exposição comemorativa, lançamento de livro e documentário sobre ele.
  • Jorge Lacerda: Uma vida muito especial, livro de Cesar Luiz Pasold, 1998.
  • O voo da morte, livro de Francisco José Pereira, 1995.
  • Jorge Lacerda: jornalista, humanista e estadista, de Moacir Pereira, em 2014.
  • Jorge Lacerda: Uma luminosa mensagem de cultura, livro de Paulo Sertek, 2015. (Na página seguinte é possível baixar o PDF completo: https://bit.ly/2GZUb2v)
  • Memórias de Jorge Lacerda, documentário, de 2015, com aproximadamente 30 minutos de duração. Disponível em: https://bit.ly/2VDqBYH

Imagens

Foto - Jorge Lacerda, durante inauguração na década de 1950
Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina.
Foto: Reprodução/Arquivo da família.

 

Foto - Jorge Lacerda com a esposa, Kyrana, na residência oficial do Governador
Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina.
Foto: Álbum de família.

Foto - Posse na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em 1956. Ao lado, Braz Joaquim Alves, Presidente do Legislativo catarinense
Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina.
Foto: W. Anacletto/Arquivo.
 
Foto - Jorge Lacerda
Fonte: SERTEK,Paulo.
 
Imagem - Assinatura de Jorge Lacerda
 
Fonte: CORRÊA, 1983, p. 169.

Mandatos

Referências

"Convair" cai em Curitiba.... Jornal do Brasil. Rio de Janeiro, 17 jun. 1958. n. 138, p.14, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODAxMzk=>. Acesso em: 15 abr. 2019.

CORRÊA, Carlos Humberto Pederneiras. Os Governantes de Santa Catarina de 1739 a 1982. Florianópolis: Editora da UFSC, 1983. 356 p.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete Biográfico: Jorge Lacerda. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODQyODQ=>. Acesso em: 30 abr. 2019.

LIDERANÇAS. Jorge Lacerda. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODQyOTc=>. Acesso em: 30 abr. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Assembleia Legislativa celebra centenário de Jorge Lacerda. 2014. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODQzMTA=>. Acesso em: 30 abr. 2019.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Jorge Lacerda protagonizou uma das eleições mais disputadas de SC. 2014. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODQzMjM=>. Acesso em: 30 abr. 2019.

SANTA CATARINA. Agência AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Livros e documentários registram a trajetória de Jorge Lacerda. 2014. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODQzMzY=>. Acesso em: 30 abr. 2019.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: Nº 6.761. 2014. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODQyNzE=>. Acesso em: 17 out. 2017.

SANTA CATARINA. Secretaria Executiva da Casa Militar. Jorge Lacerda – 1956 a 1958 - Vice: Heriberto Hülse. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODQzNjI=>. Acesso em: 30 abr. 2019.

SERTEK, Paulo. Jorge Lacerda : Uma luminosa mensagem de cultura. São Paulo: Cultor de Livros, 2015. 500 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

TVX PRODUÇÕES CULTURAIS. Memórias de Jorge Lacerda. 2015. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rODQ0MDk=>. Acesso em: 30 abr. 2019.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Jorge Lacerda. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/1244-Jorge_Lacerda>. Acesso em: 22 de agosto de 2019.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina