Manoel Pinto de Lemos
Manoel Pinto de Lemos

Militar e comerciante, natural de Campos de Goytacazes/RJ. Presidente interino da Província de Santa Catarina e Deputado na Assembleia Legislativa Provincial, Constituinte de 1895 e Deputado na Assembleia Legislativa Estadual catarinense, no século XIX.

Informações Gerais

Filiação
Manoel Pinto de Lemos e Josefa Maria das Neves
Ano nascimento
1823
Local de nascimento
Campos de Goytacazes/RJ
Falecimento
20/10/1899
Local de falecimento
Florianópolis/SC
Formação
Militar
Profissão
Militar e comerciante
Partido
Partido Conservador

Manoel Pinto de Lemos

Nasceu em 1823, na Vila de São Salvador, mais tarde elevada à cidade de Campos de Goytacazes/RJ. Filho de Manoel Pinto de Lemos e Josefa Maria das Neves. Mudou-se para a região de São José/SC, na década de 1840, onde foi comerciante.

Casou com Matilde Firmina Vieira de Melo e tiveram os filhos: Ana, Mariana, Joaquim, Matilde e Manoel Pinto de Lemos Júnior.

Na carreira militar chegou a Tenente-Coronel (nomeado em 6 de agosto de 1867), atuando como Chefe do Estado Maior do Comando Superior da Guarda Nacional de São José e de outros municípios anexados, e a Coronel (5 de julho de 1879), comandando a Guarda Nacional de São José e de São Miguel (atual Biguaçu).

Pelo Partido Conservador foi eleito Vereador à Câmara de São José, exercendo a vereança entre os anos de 1857 a 1861. Foi Delegado de Polícia na mesma freguesia.

Nomeado Cavaleiro da Ordem de Cristo, em 1867.  

Era Vice-Presidente da Província catarinense (nomeado por carta imperial de 26 de julho de 1879) e assumiu interinamente a Presidência em três ocasiões:

1ª) de 10 de maio a 7 de julho de 1880, substituindo Antônio de Almeida e Oliveira;

2ª) de 27 de janeiro a 28 de fevereiro de 1883, em substituição a Antônio Gonçalves Chaves; e

3ª) 22 a 28 de junho de 1885, quando substituiu o Presidente José Lustosa da Cunha Paranaguá.

Concorreu a Deputado para a Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, à 22ª Legislatura (1878-1879), ficou suplente e foi convocado.

Encerrado o período Imperial e inaugurado o da República, ocorreram eleições para a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina e foi eleito Deputado Estadual para a: Legislatura (1892-1893); Legislatura (1894-1895), sendo Constituinte de 1895; e Legislatura (1896-1897).

Faleceu no dia 20 de outubro de 1899, em Florianópolis/SC.

Mandatos

Referências

ALESC. Constituição Estadual de 1895. Disponível em: <https://goo.gl/mqjP4n>. Acesso em: 16 mar. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia De Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Manoel Pinto de Lemos. 2018. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/653-Manoel_Pinto_de_Lemos>. Acesso em: 12 de dezembro de 2018.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2018)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2018)

Memória Política de Santa Catarina