Otacílio Costa
Otacílio Costa

Fazendeiro, militar, advogado provisionado, promotor público, jornalista e escritor, natural de Lages/SC. Prefeito na terra natal, duas vezes Deputado Constituinte (1910 e 1928) e Deputado Federal Constituinte de 1946 representando os catarinenses, século XX.

Informações Gerais

Nome completo
Otacílio Vieira da Costa
Filiação
João José Teodoro da Costa e Ana Domingues Vieira da Costa
Nascimento
02/12/1883
Local de nascimento
Lages/SC
Falecimento
13/09/1950
Local de falecimento
Lages/SC
Formação
Militar
Profissão
Fazendeiro, militar, advogado provisionado, promotor público, jornalista e escritor
Partido
PSD (Partido Social Democrático)

Otacílio Costa

Nasceu em 2 de dezembro de 1883, em Lages/SC. Filho de Ana Domingues Vieira da Costa e de João José Teodoro da Costa. Seu pai foi Deputado Constituinte de 1891 e Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Casou com Adélia Ramos da Costa (filha de Belisário Ramos), com quem teve sete filhos, entre eles, Belisário Ramos da Costa, que se tornou Desembargador em Santa Catarina, e Licurgo Ramos da Costa, jornalista e funcionário do Itamaraty, autor da obra historiográfica O Continente das Lagens (COSTA, 1982), e da biografia Otacílio Costa, uma vida a serviço da comunidade (COSTA, 1983).

Após iniciar os estudos em Lages, na escola Luz e Confiança, Otacílio se mudou para a Capital do Estado de Santa Catarina, Florianópolis/SC, e estudou no Colégio Lapegesse. Em 1897, transferiu-se para São Leopoldo/RS, onde frequentou o Colégio Nossa Senhora da Conceição. Depois seguiu para Porto Alegre/RS, concluiu a formação e retornou para Santa Catarina, onde prestou exame no Tribunal de Justiça e passou a ser advogado provisionado (sem formação, mas com autorização para exercer a função).

Foi Superintendente de Lages (atual cargo de Prefeito), em dois períodos: de janeiro de 1911 a agosto de 1914 e de 1º de janeiro de 1923 a outubro de 1926. Durante o mandato promoveu diversas obras e ações, com destaque as da Ponte sobre o Rio Caveiras e o incentivo às atividades econômicas.

Desempenhou funções diversificadas em Lages: fazendeiro (possuía grandes áreas de terras na região que ligava Lages a Curitibanos, onde hoje se localiza o município que tem seu nome - Otacílio Costa); militar (chegou ao posto de Major); Promotor Público; Chefe do Campo de Demonstração; Delegado de Educação e de Centros Educacionais. Como jornalista “fundou e dirigiu vários jornais em Santa Catarina, entre os quais O Clarim, A Notícia, Correio Lageano, O Planalto e Guia Serrano. Escreveu Lajes de outrora, trezentas crônicas em jornais locais, além de livros e folhetos” (FGV/CPDOC).

Em Lages, a 14 de julho de 1920, com outros, fundou o Clube 14 de Junho e foi seu primeiro presidente. Conforme Miranda (2001), o novo clube surgiu porque a chapa de Otacílio perdeu a eleição da presidência do Clube 1º de Julho, comandado por Aristiliano Ramos, filho de Belisário Ramos.

Eleito quatro vezes Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina, participou da:  Legislatura (1910-1912), foi Constituinte de 1910 e exerceu a função de 2º Secretário da Mesa Diretora da Casa durante o mandato; Legislatura (1913-1915); 13ª Legislatura (1925-1927) definido em eleição suplementar; e 14ª Legislatura (1928-1930), foi Constituinte de 1928.

Com o movimento político de 1930 1, as Casas Legislativas foram fechadas. Otacílio se voltou mais para: atividades em suas propriedades (em especial, à pecuária); causas advocatícias; pesquisa e redação de textos, além de fazer oposição política ao novo regime comandado por Getúlio Vargas.

Em fevereiro de 1945, o governo federal estabeleceu data para a realização de eleições e proclamou a anistia geral, com base na Lei Constitucional nº 9. Nas eleições marcadas para 2 de dezembro do mesmo ano, de acordo com o Decreto-Lei nº 7.586, editado em maio, Otacílio foi eleito Deputado Federal, por Santa Catarina, pelo PSD, para a 38ª Legislatura (1946-1951), com prerrogativas de Constituinte, com a missão do Congresso elaborar a Constituição de 1946.

Faleceu em 13 de setembro de 1950, em Lages/SC.

1 "Processo de destituição do presidente Washington Luís (1926-1930) e a ascensão de Getúlio Vargas ao governo do país. Não obstante, ter havido uma alteração no cenário político nacional, não ocorreu uma transformação drástica dos quadros políticos que continuaram a pertencer às oligarquias estaduais. As reformas realizadas eram imperiosas para agregar as oligarquias periféricas ao governo federal. Desse modo, o emprego do termo “Revolução de 1930”, costumeiramente adotado para esse processo político, não é o mais adequado. (RODRIGUES - Infoescola).

Homenagens

  • Otacílio Costa - município de Santa Catarina, emancipado de Lages/SC.
  • Rua Deputado Otacílio Costa, Cachoeira do Bom Jesus, Florianópolis/SC.
  • Rua Cidade de Otacílio Costa, Jarivatuba, Joinville/SC.
  • Rua Otacílio Vieira da Costa, Centro, Lages/SC. 

Mandatos

Referências

ACHE CEP. Otacílio Costa. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzEwNTk=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

COSTA, Major Octacílio Vieira da. Relatório da gestão dos negócios do município de Lages no anno de 1923 apresentado ao Conselho Municipal, em 02 de janeiro de 1924. Florianópolis: Livraria Central, 1924. 10 p. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzExOTg=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. Verbete Biográfico Otacílio Vieira da Costa. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzExMTE=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. Verbete-temático: Assembléia Nacional Constituinte de 1946. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzEwOTg=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

MARQUES, Paulo. Todos os Prefeitos de Lages. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzA2NDE=>. Acesso em: 22 ago. 2017.

MIRANDA, Silmara Luciane. Lages 1940: Discursos e Remodelações Urbanas. 2001. 96 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de História, , Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTQzMA==>. Acesso em: 22 mai. 2018.

NUNES, Sara. A Constituição de um Legado: O Continente das Lagens, de Licurgo Costa. 2017. 254 f. Tese (Doutorado) - Curso de História, Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2017. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzExNDA=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

Prefeitura Municipal de Otacílio Costa. Histórico: Conheça nossa história. 2015. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzEwNzI=>. Acesso em: 24 jul. 2017.

RODRIGUES, Natália. Revolução de 1930. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDIyMDA=>. Acesso em: 18 dez. 2017.

SILVA, Fernando Leocino da. Projetando varões: O Ginásio Diocesano e a educação secundária masculina da serra catarinense (1931 - 1942). 2008. 203 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pedagogia, Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjM5OA==>. Acesso em: 24 mai. 2018.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Tribunal Superior Eleitoral. Assembléia Constituinte de 1946. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzExMjQ=>. Acesso em: 14 jul. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Otacílio Costa. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/767-Otacilio_Costa>. Acesso em: 03 de julho de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina