Carlos Duarte Silva
Carlos Duarte Silva

Comerciante, natural de Desterro/SC. Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, por quatro vezes, entre outras funções exercidas no século XIX.

Informações Gerais

Filiação
Carlos Maria Duarte Silva e Custódia Bernardina da Luz Duarte Silva
Nascimento
17/03/1827
Local de nascimento
Desterro/SC
Falecimento
06/01/1876
Local de falecimento
Desterro/SC
Profissão
Comerciante
Partido
Partido Liberal

Carlos Duarte Silva

Nasceu em 17 de março de 1827, em Desterro/SC (atual Florianópolis). Filho de Carlos Maria Duarte Silva e de Custódia Bernardina da Luz Duarte Silva. Seu pai foi parlamentar em Santa Catarina, de 1840 a 1849.

Seu avô paterno, Diogo Duarte Silva, português radicado em Desterro/SC, defendeu a independência brasileira, foi o primeiro Constituinte catarinense na Assembleia Geral do Império e Conselheiro Geral da Provincial de Santa Catarina, de 1833-1834. 

Carlos casou com Maria Leopoldina Marques e tiveram filhos. A esposa era filha de Manoel Marques Guimarães e de Ana Alexandrina de Abreu Guimarães. O sogro de Carlos era Tenente da 1ª Companhia do 2º Regimento de Infantaria de Milícias e exerceu mandato na Assembleia catarinense,  entre os anos de 1850 e de 1871. Seu cunhado, José Marques Guimarães, irmão de sua mulher, também foi parlamentar na mesma Assembleia, de 1864-1871. 

Em Desterro, foi candidato a Juiz de Paz (1856) e Vereador eleito para a Câmara Municipal (1859). Na Vereança apresentou projeto para calçamento de vias no centro da cidade e melhoramentos na capital da Província.

Para a Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina foi eleito Deputado quatro vezes, atuou nas seguintes Legislaturas: 10ª (1854-1855), escolhido 2º Secretário da Mesa Diretora, no ano de 1855; 11ª (1856-1857), trabalhou na Comissão de Câmaras Municipais, que emitiu 23 pareceres; 13ª (1860-1861), ficou Suplente de Secretário, em 1861; e 16ª (1866-1867), recebeu 89 votos no pleito, novamente escolhido para a Suplência de Secretário (1866) e 2º Secretário, no ano de 1867.

Exerceu as funções de Vice-Cônsul da Espanha e de Cônsul interino da Itália em Santa Catarina.

Em 1861, representava (como Procurador) a Irmandade do Senhor Jesus dos Passos, estabelecida em Desterro.

Faleceu a 6 de janeiro de 1876, em Desterro/SC.

Mandatos

Referências

Estabelecimento do escriptorio: de enfardamento 5 de agosto de 1853. O Correio Catharinense: Jornal Commercial, Noticioso, e Litterario. Desterro, 10 ago. 1853. Communicado, p. 2-3. Disponível em: <https://goo.gl/DZsKju>. Acesso em: 25 mai. 2018.

Governo da Província: expediente de Julho. O Correio Official: de Santa Catharina. Desterro, 31 jul. 1861. , p. 2-3. Disponível em: <https://goo.gl/8n2YDR>. Acesso em: 25 mai. 2018.

para Juizes de paz. O Argos: da província de Santa Catharina. Cidade do Desterro, 6 mai. 1856. Publicações a pedido, p. 4-4. Disponível em: <https://goo.gl/yRNBWc>. Acesso em: 25 mai. 2018.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

STOETERAU, Lígia De Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Carlos Duarte Silva. 2018. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/165-Carlos_Duarte_Silva>. Acesso em: 12 de dezembro de 2018.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2018)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2018)

Memória Política de Santa Catarina