Anacleto José Pereira da Silva
Anacleto José Pereira da Silva

Comerciante e militar, natural de Portugal. Vereador em Desterro/SC, Conselheiro Geral da Província e Deputado na Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina, século XIX.

Informações Gerais

Nascimento
03/01/1780
Local de nascimento
Portugal
Falecimento
31/05/1849
Local de falecimento
Desterro/SC
Profissão
Comerciante e Militar

Anacleto José Pereira da Silva

Nasceu em 3 de janeiro de 1780, em Portugal.

A data que chegou à Ilha de Santa Catarina ainda é incerta, tal como as razões que o fizeram migrar. 

Na Província catarinense foi um abastado comerciante e, com o sócio Agostinho Alves Ramos (também Deputado na Assembleia Legislativa Provincial), fez carreira exitosa no comércio de farinha, entre outras mercadorias que entravam e saíam dos portos de Santa Catarina.

Em 31 de agosto de 1818, foi promovido a Tenente, atuando na 2ª Cia. do 1º Regimento de Milícias do Desterro/SC (hoje Florianópolis). Em 1823 passou a Capitão, servindo na 2ª Cia. de Granadeiros de 1º Regimento de Infantaria de 2ª Linha.

Em 1831, quando Anacleto casou com a catarinense Ana Francisca da Costa e Silva, correu a notícia que o noivo ainda possuía vínculo com a primeira mulher, Francisca Matildes da Silva Paiva, que teria sido abandonada em Portugal. O caso chegou ao conhecimento das autoridades eclesiásticas. Em defesa, Anacleto declarou que era viúvo e que havia agido com “boa fé” ao se casar. A Igreja considerou o delito como adultério e o segundo matrimônio com Ana foi revalidado somente em 2 de novembro de 1844, na presença das testemunhas Ministro Manoel José de Siqueira Rocha e Domingos do Espírito Santo.

Conforme Alessandra da Silva Silveira (2002), "a presença de casados que se concubinavam ou se casavam pela segunda vez, mesmo quando o primeiro cônjuge ainda estava vivo, o que os tornavam bígamos, foi um elemento importante na história da imigração portuguesa para o oriente e para o Brasil".

Conselheiro no Conselho Geral da Província de Santa Catarina, por duas vezes, atuando na Legislatura (1829-1832), recebeu 21 votos na eleição; e na Legislatura (1833-1834), obteve 26 votos nas urnas.

Vereador e Presidente da Câmara de Desterro/SC (1831-1835), ao mesmo tempo em que era Conselheiro. Era permitido na época, mas com frequência pediam dispensa de uma das funções. 

Suplente de Deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina para a Legislatura (1835-1837), convocado, tomou posse e licenciou-se em 25 de abril de 1834, reassumindo no ano de 1836. 

Nas eleições seguintes, novamente suplente de Deputado na mesma Assembleia, foi convocado e tomou posse para a Legislatura (1838-1839). Para a Legislatura (1840-1841), foi eleito e exerceu mandato na Assembleia Legislativa Provincial catarinense.

Conforme o Arquivo de Blumenau, em 1839, Anacleto “requereu terras nas margens do Itajaí, no lugar Salto, contígua às que pedira Agostinho A. Ramos (Reg. de informações de terras da Câmara de P. Belo)”.

Faleceu dia 31 de maio de 1849, em Desterro/SC.

Mandatos

Referências

ARQUIVO DE BLUMENAU. “Anacleto José Pereira da Silva”. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjIzMTg=>. Acesso em: 22 jun. 2016.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

CORRÊA, Carlos Humberto. História da Cultura Catarinense: O Estado e as ideias. Florianópolis: Editora da UFSC, 1997. 20 p.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SILVA, Sandra Oenning da. Estado Monárquico (Des)Centralizado: a dinâmica política em torno da formação dos conselhos provinciais de Santa Catarina (1824/1834). 2013. 173 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de História, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMTI2MA==>. Acesso em: 1 jun. 2017.

SILVEIRA, Alessandra da Silva. Casando em segredo: um estudo sobre os casamentos de consciência, Bispado do Rio de Janeiro, século XIX. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 14., 2002, Caxambu - MG. Trabalho... . Caxambu: Abel, 2002. p. 1 - 158. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMjIzNTg=>. Acesso em: 22 jun. 2016.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Anacleto José Pereira da Silva. 2022. Disponível em: <https://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/60-Anacleto_Jose_Pereira_da_Silva>. Acesso em: 01 de dezembro de 2022.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2022)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2022)

Memória Política de Santa Catarina