Luiz de Vasconcellos
Luiz de Vasconcellos

Militar, negociante, hoteleiro, escrivão e tabelião, natural de Baturité/CE. Prefeito em São Bento do Sul/SC, Deputado Constituinte (1910 e 1928) e sete vezes Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, no século XX.

Informações Gerais

Filiação
Antônio Pinto de Vasconcellos e Maria Jordelina de Vasconcellos
Nascimento
01/11/1874
Local de nascimento
Baturité/CE
Falecimento
05/05/1944
Local de falecimento
Rio de Janeiro/RJ
Formação
Secundária e militar
Profissão
Militar, negociante, hoteleiro, escrivão e tabelião
Partido
Partido Republicano Catarinense (PRC)

Luiz de Vasconcellos

Nasceu em 1º de novembro de 1874, em Baturité/CE. Filho de Antônio Pinto de Vasconcellos e de Maria Jordelina de Vasconcellos.

Realizou os estudos primários na terra natal e os secundários em Fortaleza/CE, onde residiu de 1890 a 1896, trabalhou em jornal, desde tipógrafo até redator. 

Por perseguição política transferiu-se para o Rio de Janeiro/RJ, depois, para o Espírito Santo/ES e para Santa Catarina/SC. 

No sul catarinense, morou em Tubarão, ficou doente e se deslocou para São Bento do Sul (1897), região norte da província, onde fixou residência, foi negociante, hoteleiro, escrivão (1899) e tabelião, fundou o jornal O Catarinense (1914). 

Em 16 de fevereiro de 1901, casou com Maria Linzmeyer de Vasconcellos, com quem teve oito filhos, entre eles Alice, Iracema, Milton e Osny. A esposa era filha de Theresia Zipperer (natural de Oxford, localidade de São Bento do Sul) e de Josef Linzmeyer (cervejeiro em São Bento do Sul).

Foi promovido a Tenente-Coronel, em 8 de outubro de 1919. 

Foi Superintendente (atual cargo de Prefeito) de São Bento do Sul, nos períodos de 1915-1917 e de 1919-1926. Na eleição de 1930, buscou a reeleição ao cargo, recebeu 94% dos votos e não tomou posse, por causa da Revolução de 1930, que começou no Rio Grande do Sul e levou Getúlio Vargas ao poder em 3 de novembro de 1930. Assim, foram nomeados interventores para comandarem os governos estaduais e municipais, sendo designado para o executivo de São Bento do Sul, Reinaldo de Almeida Groth.

Partido Republicano Catarinense (PRC), elegeu-se sete vezes Deputado Estadual ao Congresso Representativo de Santa Catarina (Assembleia Legislativa) e exerceu os seguintes mandatos:

  • Legislatura (1910-1912), eleito com 5.780 votos, foi Deputado Constituinte de 1910;
  • Legislatura (1913-1915);
  • 10ª Legislatura (1916-1918), recebeu 1.854 votos;
  • 11ª Legislatura (1919-1921), foi 2º Secretário da Mesa Diretora nesse período;
  • 12ª Legislatura (1922-1924), eleito com 8.222 votos;
  • 13ª Legislatura (1925-1927), obteve 15.693 votos na eleição;
  • 14ª Legislatura (1928-1930), conseguiu 18.301 votos, foi Deputado e 1º Secretário da Assembleia Constituinte de 1928.

No exercício dos mandatos, integrou a Mesa Diretora do Parlamento como 2º Secretário (1918, 1919-1921, 1922-1923) e como 1º Secretário (1924, 1925-1927, 1928-1929). 

Faleceu em 5 de maio de 1944, no Rio de Janeiro/RJ. Seus restos mortais foram transportados para São Bento do Sul, no ano de 1950.

Homenagens

  • Biblioteca Pública Municipal Luiz de Vasconcellos, Centro, São Bento do Sul/SC. Criada pelo Decreto Municipal nº 151, de 5 de novembro de 1968.
  • Praça Luiz de Vasconcellos, São Bento do Sul.

Imagens

Foto - Residência de Luiz de Vasconcellos (à direita), em São Bento do Sul , de 15 de junho de 1905, paisagem com neve
Fonte: São Bento do Sul em Fotos.
Foto - Constituintes Estaduais de 1928
Legenda: Luiz de Vasconcellos é o terceiro da esquerda para a direita (sentado)
Foto - Família Vasconcellos na inauguração da Praça Luiz de Vasconcellos, a Praça dos Correios, em 23 de setembro de 1953
Fonte: Arquivo Histórico. SÃO BENTO NO PASSADO.

Mandatos

Referências

Municipio de São Bento: Historia. O Estado: Jornal independente e de maior circulação de Santa Catarina. Florianópolis, 21 mai. 1920. n. 1514, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTUzMTk=>. Acesso em: 27 out. 2017.

Partido Republicano Catharinense. Republica: Orgam do Partido Republicano Catharinense. Florianópolis, 22 nov. 1924. n. 1816, p.1, Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTE3NDA=>. Acesso em: 3 jul. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Centro de Memória. Arquivos das Legislaturas: de 1835 a 2018.

BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL LUIZ DE VASCONCELLOS (São Bento do Sul, SC). Histórico. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTUzNzQ=>. Acesso em: 27 out. 2017.

BUSCA CEP. Praça Luiz de Vasconcellos. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTUyOTk=>. Acesso em: 27 out. 2017.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

RODRIGUES, Natália. Revolução de 1930. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNDIyMDA=>. Acesso em: 18 dez. 2017.

SÃO BENTO DO SUL EM FOTOS. Prédios Demolidos. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTUzNjE=>. Acesso em: 27 out. 2017.

SÃO BENTO NO PASSADO. História e Genealogia: Quem foi Osny Vasconcellos? – Parte I. 2014. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTUzMzU=>. Acesso em: 27 out. 2017.

SÃO BENTO NO PASSADO. Luiz de Vasconcellos. 2012. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNTUzNDg=>. Acesso em: 27 out. 2017.

STOETERAU, Lígia de Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Luiz de Vasconcellos. 2020. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/628-Luiz_de_Vasconcellos>. Acesso em: 05 de junho de 2020.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2020)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2020)

Memória Política de Santa Catarina