Casildo Maldaner
Casildo Maldaner

Advogado e empresário, natural de Carazinho/RS. Vereador em Modelo/SC. Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Deputado Federal e Senador, representando os catarinenses. Governador de Santa Catarina.

Informações Gerais

Nome completo
Casildo João Maldaner
Filiação
Andreas Maldaner e Érica Braun Maldaner
Nascimento
02/04/1942
Local de nascimento
Carazinho/RS
Formação
Direito
Profissão
Advogado e empresário
Partido
Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e União Democrática Nacional (UDN)
Base Eleitoral
Oeste

Casildo Maldaner

Nasceu em 2 de abril de 1942, em Carazinho/RS. Primogênito de nove filhos do casal Andreas Maldaner e Érica Braun Maldaner. 

Casildo é irmão de Celso Maldaner, que foi três vezes Prefeito de Maravilha/SC e está em seu quarto mandato de Deputado Federal por Santa Catarina. 

Mudou com a família aos dois anos de idade para Chapecó/SC, onde iniciou os estudos primários (Escola Isolada Engenho Braun), concluindo-os no Instituto Sagrada Família, em Maravilha/SC. O curso ginasial realizou no Seminário da Sagrada Família, em Santo Ângelo/RS. Bacharelou-se em Direito pela Universidade de Brasília (UnB) e fez especialização na Sociedad de Estudios Internacionales, em Madri, Espanha.

Serviu o Exército Brasileiro e exerceu atividades profissionais no comércio.

Casou com Ivone Gruber Maldaner, com quem teve: Josaine Ivone, Jandrey Casildo e Janiara.

Iniciou a vida política aos vinte anos de idade, eleito Vereador à Câmara Municipal de Modelo/SC, para o período de 1963 a 1967, pela União Democrática Nacional (UDN).

Com a instauração do bipartidarismo no Brasil, filiou-se em 1966, ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido pelo qual se elegeu duas vezes Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina e tomou posse à:

  • Legislatura (1975-1979), eleito com 17.041 votos, integrou as Comissões de Finanças e Orçamentos (Vice-Presidente), e de Ciência e Tecnologia, Agricultura, Economia e Desenvolvimento (Presidente);
  • Legislatura (1979-1983), recebeu 19.434 votos no pleito, foi membro das Comissões de: Finanças, Contas e Orçamento; Ciência e Tecnologia, Agricultura, Economia e Desenvolvimento; e Constituição e Justiça. 

Ingressou no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), em 1980, resultado da reestruturação partidária no Brasil, no ano seguinte, foi Vice-Líder desta legenda na Assembleia Legislativa catarinense.

Nas eleições de 1982, elegeu-se Deputado Federal à Câmara dos Deputados, pelo PMDB, com 84.041 votos, para a 47ª Legislatura (1983-1986), participou das Comissões Permanentes de Educação e Cultura, e de Agricultura e Política Rural, além da Subcomissão da Pesca.

Em 1986, foi eleito para o cargo de Vice-Governador de Santa Catarina, na chapa encabeçada por Pedro Ivo Campos (PMDB), após receberem 886.414 votos. Deixou a Câmara Federal ao término da legislatura e tomou posse como Vice-Governador em março de 1987. Com o falecimento do Governador Pedro Ivo Campos, Casildo assumiu o Governo do Estado e administrou de 27 de fevereiro de 1990 até 15 de março de 1991.

Com 682.252 votos, elegeu-se Senador por Santa Catarina nas eleições de 1994, pelo PMDB, e participou da 50ª Legislatura (1995-1999) e 51ª Legislatura (1999-2003). Neste período, participou das seguintes Comissões: Assuntos Sociais (Titular); Relações Exteriores e Defesa Nacional (Titular); Constituição, Justiça e Cidadania (Suplente); e Assuntos Econômicos (Suplente). Foi relator da CPI das Obras Inacabadas, instaurada em 1995.

Após o término do mandato no Senado, assumiu a presidência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), de 2003 a 2004, função que voltou a exercer, entre 2007 e 2008. No BRDE, ocupou o cargo de Diretor de Acompanhamento e Recuperação de Créditos, de 2004 a 2007, e o de Diretor Financeiro, entre 2007 e 2011.

Em 2006, na condição de 1º Suplente, integrou a chapa vitoriosa encabeçada por Raimundo Colombo, do Partido da Frente Liberal (PFL), na disputa ao Senado, com 1.734.794 votos. Assumiu a cadeira por quase quatro meses em 2008, e integrou a 53ª Legislatura (2007-2011), devido à licença concedida ao titular. Com a posterior renúncia de Raimundo Colombo, eleito Governador de Santa Catarina, Casildo assumiu em definitivo a cadeira no Senado durante toda a 54ª Legislatura (2011-2015).

Conheça mais sobre Casildo Maldaner, acessando o link: https://goo.gl/qQ5Jnp

Ao longo da carreira no Senado, Casildo Maldaner apresentou diversas proposições que poderão ser verificadas no endereço a seguir: https://goo.gl/49WjmD​​​​​​​

Homenagens e condecorações:

- Presidente de Honra do PMDB.
- Recebeu da Assembleia Legislativa catarinense homenagem pelas legislaturas exercidas, em 1999.
- Título de Cidadão Catarinense, em 2009.
- Comenda do Legislativo Catarinense, em 2013.
- Homenageado pelo PMDB, na comemoração dos 50 anos de fundação do partido em Santa Catarina, em 2016.
 
Imagem - Assinatura do Deputado Casildo Maldaner
​​​​​​​
Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina - 1945 a 2018.

Mandatos

Referências

Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Vídeo: Fragmentos da História - Casildo Maldaner - 08/11/13. 2013. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjc1OTg=>. Acesso em: 28 dez. 2018.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

BLOG DO PRISCO. As comemorações pelos 50 anos do PMDB. 2016. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjYxMjM=>. Acesso em: 21 jan. 2019.

CPDOC. Fundação Getúlio Vargas. Verbete Biográfico: Casildo Maldaner. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjc2MjQ=>. Acesso em: 28 jan. 2019.

LIDERANÇAS. Casildo Maldaner. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjc2Mzc=>. Acesso em: 28 jan. 2019.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: n° 4.683. 1999. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rMzE3MQ==>. Acesso em: 15 mai. 2018.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: Nº 6.063. 2009. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjc2NjM=>. Acesso em: 26 jan. 2019.

SANTA CATARINA. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Diário da Assembleia: Nº 6.661. 2014. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjc2NzY=>. Acesso em: 26 jan. 2019.

SANTA CATARINA. Secretaria Executiva da Casa Militar. Casildo Maldaner – 1990 a 1991. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjc2NTA=>. Acesso em: 28 jan. 2019.

STOETERAU, Lígia De Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/rNjI2OQ==>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Casildo Maldaner. 2019. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/176-Casildo_Maldaner>. Acesso em: 19 de junho de 2019.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2019)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2019)

Memória Política de Santa Catarina