Ivo Silveira
Ivo Silveira

Advogado, natural de Palhoça/SC. Governador do Estado e Deputado Estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, no século XX. Secretário de Estado e Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado catarinense, entre outras importantes funções exercidas.

Informações Gerais

Filiação
Vicente Silveira de Sousa Júnior e de Lídia Sanceverino Silveira
Nascimento
26/03/1918
Local de nascimento
Palhoça/SC
Falecimento
02/08/2007
Local de falecimento
Florianópolis/SC
Formação
Direito
Profissão
Advogado
Partido
Partido Social Democrático (PSD) e Aliança Renovadora Nacional (ARENA)

Ivo Silveira

Nasceu em 26 de março de 1918, em Palhoça/SC. Filho de Vicente Silveira de Sousa Júnior e de Lídia Sanceverino Silveira. Casado com Zilda Luchi Silveira, com quem teve os filhos: Ivo Silveira Filho, Elisabeth, Renato e Carlos Roberto.

Cursou os estudos primários (atual Ensino Fundamental 1) e o ginasial (Fundamental 2) na Escola Complementar Wenceslau Bueno, em Palhoça, parte do estudo secundário (Ensino Médio) realizou na antiga Escola Normal Regional e concluiu-o no Colégio Catarinense em Florianópolis/SC.

Em 1940, concluiu o curso complementar Pré-Jurídico também no Colégio Catarinense. Nesse mesmo ano passou no concorrido vestibular da Faculdade de Direito de Santa Catarina, onde teve aulas com os professores Henrique Rupp Júnior, Urbano Salles, Nereu Ramos e Henrique Stodieck, entre outros.

Ainda em 1940, o Interventor (Governador) do Estado, Nereu Ramos, nomeou-o Adjunto de Promotor Público do município de Palhoça.

Em 1943, foi Contador na Prefeitura de Palhoça.

Acadêmico e Patrono da Cadeira número 7 da Academia de Letras de Palhoça.

Em Palhoça, foi nomeado Prefeito Municipal (em 14 de fevereiro de 1946) e Delegado Adjunto da Delegacia da Ordem Política e Social.

No ano de 1947, pelo Partido Social Democrático (PSD), foi eleito Prefeito de Palhoça.

Nomeado Consultor Jurídico do Estado (1950).

Pelo PSD, elegeu-se quatro vezes Deputado Estadual à Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC) e participou das seguintes Legislaturas;

- Legislatura (1951-1955), eleito com 2.912 votos;

- Legislatura (1955-1959), obteve 3.479 votos;

- Legislatura (1959-1963), alcançou 5.535 votos e foi líder do Governo de Celso Ramos na Assembleia;

- Legislatura (1963-1967), recebeu 6.328 votos no pleito e foi Presidente da Assembleia Legislativa, de 1963 a 1965.

Também pelo PDS, concorreu ao cargo de Governador do Estado de Santa Catarina tendo por Vice Francisco Dall’Igno, do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Foram eleitos nas eleições de 3 de outubro de 1965, com 328.480 votos. Tomou posse como Governador para mandato de 1966 a 1971. 

Durante o mandato, realizou inúmeras obras, das quais se destacam:

  • Expansão da rede elétrica, por meio de investimentos nas linhas alimentadoras e reformas na distribuição, e das redes de distribuição até o interior do Estado;
  • construção da Av. Rubens de Arruda Ramos (Beiramar Norte), em Florianópolis (Capital) ;
  • construção do Manicônio Público;
  • estabeleceu o Plano Estadual de Educação e construiu 100 escolas em todo Estado;
  • implantou a atual sede das Centrais Elétricas de Santa Catarina (CELESC);
  • implantou a atual sede do Laboratório Central de Saúde Pública;
  • determinou a construção do presídio e das primeiras delegacias de Florianópolis;
  • construção do prédio da Imprensa Oficial do Estado de Santa Catarina (IOESC);
  • implementou a Escola da Polícia Militar;
  • iniciou as obras da ponte Colombo Salles, na Capital;
  • lançou a pedra inaugural do Palácio Barriga Verde - sede da Assembleia Legislativa.

Com a instauração do Ato Institucional nº2 (AI2), de 27 de outubro de 1965, que extinguiu o pluralismo partidário e introduziu o bipartidarismo no Brasil, coordenou no Estado a estruturação da Aliança Renovadora Nacional (ARENA).

Durante o mandato de Governador, seu Vice, Francisco Dall'Igna, foi cassado por decreto da Presidência da República em 19 de julho de 1966. 

Presidiu o Conselho  de Desenvolvimento do Extremo Sul (CONDESUL), em 1967. 

Em 1971, foi exonerado do cargo de Consultor Jurídico do Estado e passou a atuar como Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Nas eleições de 1974, concorreu à vaga ao Senado por Santa Catarina, pela ARENA, recebeu 473.473 votos, mas foi vencido por Evelásio Vieira, do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), que conquistou 535.850 votos.

Em 1982, foi Secretário de Negócios da Fazenda no Governo de Jorge Konder Bornhausen.

Faleceu em 2 de agosto de 2007, em  Florianópolis.

Mandatos

Imagens
Referências

ACADEMIA DE LETRAS DE PALHOÇA (Santa Catarina). Ivo Silveira. Disponível em: <https://goo.gl/kwpfA6>. Acesso em: 6 mar. 2017.

ACHE CEP. Ivo Silveira. Disponível em: <https://goo.gl/8Bmk2t>. Acesso em: 6 mar. 2017.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA. Coordenadoria de Informações. Fichas Datilografadas/Digitalizadas das Legislaturas: de 1945 a 2018.

E.E.B. GOV. IVO SILVEIRA (Santa Catarina). Inauguração do Horto Florestal Ivo Silveira. 2013. Disponível em: <https://goo.gl/P2PgKu>. Acesso em: 6 mar. 2017.

ESCOL.AS. Eeb Gov Ivo Silveira. Disponível em: <https://goo.gl/WR2dpM>. Acesso em: 6 mar. 2017.

PAULO CLÓVIS SCHMITZ (Santa Catarina). Sessão solene, exposição e novo livro marcam os cem anos de nascimento de Ivo Silveira : Ele foi deputado em quatro legislaturas (a partir de 1951) e governou Santa Catarina entre 31 de janeiro de 1966 e 15 de março de 1971 [..] - Leia mais em https://ndonline.com.br/florianopolis/noticias/sessao-solene-exposicao-e-novo-livro-marcam-os-cem-anos-de-nascimento-de-ivo-silveira. Notícias do Dia. Florianópolis, 25 mar. 2018. , p. 1-1. Disponível em: <https://goo.gl/eDEoQ4>. Acesso em: 8 out. 2018.

PEREIRA, Moacir. Presidentes: O Legislativo na República. Florianópolis: Editora Insular, 2013. 192 p.

PIAZZA, Walter F. Dicionário Político Catarinense. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1994. 714 p.

PIAZZA, Walter F. O Poder Legislativo Catarinense: das suas raízes aos nossos dias 1834-1984. Florianópolis: Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1984. 800 p.

QEDU. Eeb Governador Ivo Silveira. Disponível em: <https://goo.gl/7fmzaV>. Acesso em: 8 out. 2018.

SANTA CATARINA. Agencia AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Alesc realiza sessão em homenagem aos cem anos de nascimento de Ivo Silveira. 2018. Disponível em: <https://goo.gl/m7sBt3>. Acesso em: 25 mar. 2018.

SANTA CATARINA. Agencia AL. Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Legados do pai e do político. 2018. Disponível em: <https://goo.gl/2x7kFu>. Acesso em: 27 jun. 2018.

Secretaria de Estado da Fazenda. Memorial. Disponível em: <https://goo.gl/zYi3G7>. Acesso em: 6 mar. 2017.

STOETERAU, Lígia De Oliveira. A Trajetória do Poder Legislativo Catarinense.. Florianópolis: IOESC, 2000. 446 p.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL. Resenha Eleitoral - Eleições Catarinenses 1945-1998. 2001. Disponível em: <https://goo.gl/STRfht>. Acesso em: 30 nov. 2017.

Como citar este documento
Referência

MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA. Biografia Ivo Silveira. 2018. Disponível em: <http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/410-Ivo_Silveira>. Acesso em: 12 de dezembro de 2018.

Citação com autor incluído no texto

Memória Política de Santa Catarina (2018)

Citação com autor não incluído no texto

(MEMÓRIA POLÍTICA DE SANTA CATARINA, 2018)

Memória Política de Santa Catarina